Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Jacinto2

Família: Liliaceae
Nome comum: Jacinto
Outras variedades: Existem inúmeras variedades de Hyacinthus Orientalis

O Jacinto é uma planta perene que dá flor em estações frias, se forem tomadas precauções aconselháveis na plantação dos bolbos. Dentro de casa perfumam a divisão onde se encontram enquanto mantiverem flor, o que pode durar duas semanas. Cada bolbo dá uma haste central com várias pequenas flores laterais, rodeada por quatro a seis folhas estreitas e compridas que saem da base da planta. Pode plantar-se um bolbo por vaso ou juntar vários bolbos no mesmo recipiente, de preferência da mesma cor ou tonalidade. Existem cerca de 60 espécies disponíveis (cultivares) e que cobrem quase todas as cores conhecidas.
O efeito pode ser espetacular.

Origem: O Jacinto é originário da bacia do Mediterrâneo, desde o Norte da África, à Grécia, Ásia Menor e Síria. Em Portugal é uma planta que só recentemente passou a ser mais conhecida e que se encontra em viveiros e nas floristas no início da estação, muitas vezes com os botões das flores ainda fechados para poderem abrir em casa.

Cultura: Os verdadeiros apreciadores tomarão o cuidado de, por volta do mês de Agosto ou Setembro, visitar os locais da especialidade ou encomendar por catálogo os bolbos de Jacinto, para plantar no iníci da época. Os bolbos em geral e em particular os do Jacinto devem ser plantados até o final do Outono. Qualquer outra época do ano não serve, porque os bolbos devem passar por um período de “dormência” em local frio. in situ, ou seja, no local definitivo, para florirem adequadamente. Portanto, não adquira bolbos noutra época do ano, embora algumas cadeias de supermercados onde se vendem plantas os ponham à venda a preço reduzido a partir de Janeiro. Já é muito tarde para plantá-los e em geral tratam-se de restos de stocks que não devem ser adquiridos porque provavelmente nunca florirão ou, na melhor das hipóteses, se forem sãos e não tratados contra a auto-reprodução, florescem só na época seguinte.

Escolha então os bolbos mais são e fortes, sem “filhos” na base. Enterre-os a cima profundidade que tenha o dobro do seu tamanho, o pico para cima e a base um pouco mais achatada para baixo, de onde sairão as raízes. Se tiver possibilidade, no fundo do buraco antes de assentar o bolbo ponha um pouco de terra solta misturada com areia de construção (sem sal) para que a água das chuvas drene bem.

Um pouco de adubo orgânico no fundo faz maravilhas. Separe os bolbos uns dos outros à distância de pelo menos, um palmo atravessado. Faça primeiro os buracos todos e só depois coloque os bolbos. No fim cubra e calque suavemente a terra para não deixar bolsas de ar. Regue uma única vez.

Luz: No jardim, cubra o bolbo com palha seca ou mesmo folhas de árvores para protegê-lo contra algum animal. Não faça nada durante todo o inverno e quando o tempo começar a aquecer, em meados de Janeiro/Fevereiro, retire a cobertura do solo – a palha ou o que tiver colocado por cima. A partir do momento em que despontam as primeiras folhas, o Jacinto aprecia sol fraco e muita luz indireta, devendo manter-se sempre fresca a terra onde se encontra o bolbo.

Umidade: Durante o inverno os bolbos não são regados. A terra deve estar fresca, mas não excessivamente úmida, para que o bolbo possa alimentar-se e fortalecer sem apodrecer. Quando as folhas começam a aparecer passa-se a regar normalmente uma vez por semana. Evite molhar as flores. O bolbo pode ser retirado do solo durante o verão, para voltar a ser plantado no outono seguinte. Enquanto estiver fora da terra, é guardado em local fresco e seco.

Resistência: Os jacintos gostam de climas frios e por essa razão, são mais fáceis de cultivar, retirando-se o bolbo do chão, depois das folhas ficarem todas castanhas, cortando as pontas a quatro centímetros do bolbo e guardando-o num local seco, fresco e arejado, até o outono seguintes. Já em regiões mais quentes o mesmo bolbo dificilmente volta a florir após o primeiro ano de floração.

Propagação: Nos bolbos de qualidade, nascem “filhos” junto à base dos bolbos mais velhos, que se separam no fim do verão, enquanto a planta ainda está ativa. Se pretende estimular o nascimento destes bolbos menores, faça uma incisão em cruz no bolbo mais velho, antes de guardá-lo para o repouso anual. Estes bolbos menores não dão flor antes de dois ou três anos, por isso terá que ter paciência.

Características: O bolbo do jacinto pode ser alérgico ao contato para algumas pessoas e em circunstância alguma deve ser ingerido (atenção ás crianças mais curiosas) pode causar fortes dores de estômago. O aroma, agradável para muita gente, chega a ser forte demais para outras pessoas, que podem sentir náuseas e dores de cabeça.

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post