Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




lagrimas

A lágrima-de-cristo é uma trepadeira volúvel, perene e semi-lenhosa, originária da  da África Ocidental e pertence à família das Lamiaceaes.

Sua ramagem é longa, podendo atingir mais de 3 m de altura no ramo principal. Suas folhas, de tamanho médio, são fortemente marcadas pelas nervuras, verde escuras e brilhantes.

As inflorescências da lágrima-de-cristo são ramificadas, com muitas flores de cálice branco inflado e corola vermelha expandida. Floresce praticamente o ano todo, mas principalmente na primavera e verão.

Por ter uma ramagem flexível ela se enrola em suportes e outras plantas próximas. São apropriadas para guarnecer grades, treliças, cercas e pórticos, sendo ideal para caramanchões e pérgolas, por produzir sombra no verão e permitir a passagem da luz no inverno.

A planta aprecia sol direto mas em regiões muito quente, deverá ser plantada em locais que receba apenas o sol da manhã. Prefere também ambientes com alta umidade relativa do ar.

lagrima

As podas não são recomendadas, pois podem transmitir doenças que apodrecem as extremidades dos ramos. Retire apenas ramos secos, doentes e mal formados, a época certa é logo após terminada floração.

As regas devem ser somente quando o solo estiver seco, evitando sempre o encharcamento. Deve ser plantada em solo arenoso e rico em matéria orgânica, levemente ácido. Plantada em locais frios, perde as folhas no inverno. Sensível à geadas.

Deve-se plantar a lágrima-de-cristo em solo fértil em material orgânico, como esterco animal e farinha de osso, com acidez moderada, sob sol pleno (embora floresça mais intensamente em lugares levemente sombreados) e drenável. É recomendável molhar o substrato antes de plantá-la e reforçar a rega após o plantio.

lagrima de cristo

As adubações de reforço devem ser feitas preferencialmente no Inverno; deve-se usar tanto adubos orgânicos quanto fertilizantes químicos (NPK com traço 10-10-10).  Não se esqueça de utilizar suportes e amarras para direcionamento. Floresce o ano todo, principalmente na Primavera e no Verão.

Sua multiplicação é feito por estacas retiradas de maio a junho. em solo fértil, rico em matéria orgânica.

0_9a2a7_a79fab54_XXL

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


hortênsia

A Hortênsia tem a sua origem na Ásia, podemos dizer que  dos seguintes países, do Japão e da China.  Por esse motivo é comum ouvir chamá-las de Rosa-de-Japão.

Existe mais de 600 cultivares de vários modos das Hortênsia. Elas possuem  o ciclo de vida perene e é arbustiva podendo chegar a altura de um 1,5 m. Sua florescência acontece em duas épocas do ano, nas estações da primavera e do verão.

As flores da Hortênsia podem variar entre vermelho, branco, lilás, azul, branco, rosa e violeta. São plantas que preferem o frio ou climas amenos. Calor nem pensar.

Como fazer mudas de Hortênsias: Propagação
Só é possível fazer mudas de hortênsias através dos galhos, estacas que devem ser retirados ainda quando estão bem, normalmente, o período é aquele de florescimento da Hortênsia principal.

Outro ponto importante é fazer o corte das estacas com atenção, além de cortá-las em bisel, a medida deve ficar em torno de 1 cm de diâmetro e 20 cm de comprimento.

muda

Fique atento a esses detalhes:
* É recomendado na hora de fazer mudas de hortênsias usar o hormônio enraizador;

* A parte que será aquela enterrada é que deverá ser mergulhada no produto;

* Não espere que surjam raízes antes de dois meses mesmo usando o hormônio enraizador;

* Plante as estacas em pequenos balaios e durante o processo de enraizamento elas devem ficar sob a sombra;

* Você pode usar para fazer a sombra que as estacas precisam: estufas, embaixo de árvores ou em ripados;

* O sol não pode bater direto na sua muda de hortênsia;

* Como fazer o solo do pequeno balaio: areia fina misturada com terra vegetal, na seguinte proporção: terra duas partes e areia uma parte igual. Deve ser bem misturada;

* Outro detalhe importante é o corte na parte inferior da estaca. Porém, ele deverá ser feito abaixo de uma gema ou de um nó. O mesmo deve repetir-se na parte de cima da estaca;

* Faça o desbaste das folhas na parte de baixo com muito cuidado, mas não retire todas elas, deixe entre 2 ou 3 pequenas que estão posicionadas na parte superior;

* O modo correto de fazer as mudas de hortênsias é no outono. Sendo que é uma planta fácil de ser cuidada não exige muito;

* A dica para deixar as hortênsias mais bonitas é colocar sempre uma boa quantidade de material orgânico. As flores serão mais bonitas;

* O solo deve ser mantido úmido.

mudas-hortensia

Como fazer mudas de hortênsias com cores diferentes
O que faz com que uma Hortênsia tenha uma cor e não outra é o PH do solo. Veja então a diferença de cada um e as cores que eles “produzem”.
* O solo ácido faz com que a Hortênsia seja azul.
* O solo com sulfato de alumínio em grande quantidade faz com que a Hortênsia seja azul violáceo.
* O solo alcalino faz com que a flores sejam rosas.
* Quando é muito alcalinizado o solo as flores nascem brancas.
* A dica para conseguir uma diversidade grande de cores de hortênsias é colocar carbonato de sódio no solo.

A beleza das hortênsias no jardim
Essa planta é usada de várias formas pelos paisagistas para compor um jardim, do solo a plantada em vasos. Também é usada em grupos chegando a criar uma cerca viva ou é colocada em um lugar só seu, um pouco mais isolada.

Outro uso comum das hortênsias em jardins é para fazer maciços ou bordas e vale ressaltar que também podem ser cultivadas em vasos e enfeitarem a parte externa da casa.

Hydrangea

Os cuidados que exigem as hortênsias
Como foi dito anteriormente elas exigem poucos cuidados porque são consideradas plantas rústicas. Porém, é recomendado que o solo para plantá-las tenha bastante matéria orgânica.

Se temos que falar em preferência em tido de solo, podemos afirmar que a das hortênsias é o ácido. Neste tipo de terra ela cresce mais vistosa, com flores bem mais coloridas e flores em maior quantidade.

Não descuide da rega diária das hortênsias no período seco, se ela estiver no período do aparecimento das flores, se torna mais importante ainda.

Assim como no cultivo ela precisa ficar à meia sombra, o mesmo se repete quando a planta já se desenvolveu. O contato direto com o sol não é recomendado em momento nenhum, pior ainda durante o verão.

Somente no sul durante o período mais fresco é que a Hortênsia pode ficar exposta ao solo da manhã.

Outra dica é não plantá-las perto de árvores. É comum nestes casos, que elas percam um pouco da umidade para as árvores. O que é péssimo para o crescimento delas.

muda-hortensia8

Outras dicas sobre cultivo e reprodução das Hortênsias
* A transposição pode ser feita em qualquer momento do ano, preferível evitar o calor em excesso.

* O buraco que irá receber a muda deve ser duas vezes maior que o tamanho da raiz da Hortênsia.

* O nível do chão é o lugar certo que planta deve ficar depois de cultivada.

* Tenha o cuidado de evitar bolsões de ar apertando o solo que está em torno da planta.

* A primavera é o período ideal para adubar a Hortênsia. Prefira os produtos que tenham fósforo e nitrogênio. Ou escolha aqueles que devem ser usados a cada 15 dias.

* O adubo é preferencialmente feito durante o inverno e serve para ajudar no crescimento saudável e mais rápido, mas lembre-se, sem exageros. Se perceber que as flores e folhas são poucas pode ser que você tenha errado para mais.

* A poda deve acontecer logo depois do fim da floração. Os galhos que ficarem sem flores dessa vez darão na próxima, preserve-os.

* O transplante também é melhor que seja feito durante o outono.

* E você pode usar os galhos que foram retirados da poda para fazer novas mudas.

Não esqueça que a água é essencial para que a planta cresça e fique bonita e saudável, mas é mais fácil uma espécie morre pelo excesso do líquido do que pela falta. Antes de regar confira se a terra ainda está úmida ou seca.

38430

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


Euphorbia pulcherrima_2

A poinsétia, também designada pelos nomes de bico-de-papagaio, rabo-de-arara e papagaio, no Brasil, cardeal, flor-do-natal, ou estrela-do-natal é uma planta originária do México, onde é espontânea. Pertence à família Euphorbiaceae

Trata-se de uma planta semi-lenhosa, pode ser considerada uma pequena árvore ou um arbusto, podendo atingir de 1 a 4 m de altura. Tem folhas grandes de 7 a 16 cm de comprimento, cor verde-escura, de consistência fina, em geral decíduas em locais de invernos mais frios.

Na ponta dos ramos formam-se brácteas coloridas de vermelho, ao redor da inflorescência compostas de pequenas flores verdes onde os estames amarelos são a atração. Os cultivares desta planta apresentam brácteas em creme, brancas ou rosa. É uma planta muito utilizada para fins decorativos, especialmente na época do Natal, devido às suas folhas semelhantes a pétalas de flores vermelhas.

Como é uma planta de dia curto, floresce exatamente no solstício de Inverno que coincide com o Natal (no hemisfério norte – o que explicaria porque essa planta não é tão identificada com o Natal no Brasil).

Efetivamente, aquilo que muitas pessoas julgam ser flores, são apenas brácteas modificadas que envolvem as pseudo-umbelas onde estão as pequenas flores, envolvidas por uma camada de tecido verde e uma glândula amarela que nasce apenas num dos lados da flor.

Euphorbia_pulcherrima2

Como cultivar
O solo para cultivo da poinsétia deve ser solto e com boa drenagem, assim que a adição de areia ao canteiro ou substrato para os vasos é essencial. Local ensolarado e regas regulares.

As plantas são de floração em dias mais curtos e em canteiros costumam florescer na primavera, mas os produtores conseguem produzir vasos com pequenas estacas para colocarem no mercado para o Natal, diminuindo a luminosidade do viveiro e produzindo em épocas diferentes. Deixar em local com alta luminosidade e ventilação, regar quando a planta estiver com o substrato seco, dependendo do local, a cada dois dias.

Propagação
A propagação é feita a partir de estacas de até 30 cm retiradas após a floração da planta.

Com plantar
As medidas indicadas para o plantio nas covas, são de 30 cm de diâmetro por 30 cm de profundidade, com espaçamento de 50 cm entre as plantas. Em cada cova, podem ser colocadas três estacas da poinsétia.

Euphorbia pulcherrima

Plantio em vasos
Coloque mais de uma em vaso ou saco com substrato úmido feito à base de areia e composto orgânico, cobrindo para manter a umidade. Se preferir, use enraizador para acelerar a emissão de raízes. Plantar depois em vaso com preparado de composto orgânico e areia em partes iguais.

Não esqueça de colocar brita no fundo do recipiente, também areia para facilitar a drenagem. Para plantio em solo, fazer uma cova maior que o torrão da planta, colocar areia no fundo para garantir a drenagem, adicionar composto orgânico e adubo animal curtido e após acomodar o torrão, preencher as laterais com composto orgânico.

Adubação
Adubações anuais devem ser feitas no início do inverno para preparar a planta para a próxima floração. Use uma mistura de composto orgânico, adubo animal curtido, na proporção de 4:1 e NPK fórmula 10-10-10, 2 colheres de medida para 1 balde de mistura. Revolva bem num balde e coloque ao redor da planta. O restante espalhe no solo do canteiro para as outras plantas. Regue bem a seguir

Euphorbia pulcherrima_44

Florescimento
O florescimento ocorre de junho a agosto, pois se trata de espécie de dia curto, que prefere o inverno para desabrochar. As partes vermelhas da planta não são pétalas, mas, sim, brácteas, folhas modificadas que protegem as verdadeiras flores, pequenas e amarelas, com formato arredondado.

O tom forte dessas grandes brácteas atrai a atenção dos insetos, que, assim, a polinizam. Também existem outras cores de poinsétia, como branco, creme, rosa e salmão, mais comuns no exterior. Há relatos de irritação na pele em pessoas que tiveram contato com a seiva leitosa da planta.

Cuidados
Planta rústica, não requer muitos cuidados. As podas são feitas na altura que o produtor desejar para a planta. A planta pode ser irrigada (sem excesso) quando as estacas estão sendo cultivadas para o enraizamento. Mantenha o solo úmido, mas não encharcado. Em vasos, evite que fique seca. Como possui caule leitoso, o ataque de insetos é raro.

Euphorbia pulcherrima em vaso

Curiosidades sobre as poinsétias
A seiva leitosa da planta, constituída por um tipo de látex irritante, em contacto com a pele e mucosas provoca inflamações, dor e comichão, podendo causar também causar irritação nos olhos, lacrimejamento, inchaço das pálpebras e dificuldades na visão. A sua ingestão pode causar náuseas, vômitos e diarréia.

É falso, no entanto, que possa provocar a morte. A atribuição de propriedades letais à poinsétia terá tido origem num boato que terá começado nos Estados Unidos com a morte de uma criança de dois anos em 1919, depois ter comido uma folha de poinsétia.

Estudos sobre a toxidade desta planta parecem indicar que só após a ingestão de grandes quantidades (mais de algumas centenas das suas folhas) é que a vida de alguém poderia estar em risco. A razão desta crença pode dever-se ao fato de a maioria das euforbiáceas, família de que a poinsétia faz parte, serem altamente venenosas.

465

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


impatiens

A Impatiens walleriana ou também mais conhecida aqui no Brasil como maria-sem-vergonha é uma planta bastante conhecida pelo nome também de beijo-turco.

A espécie veio diretamente do leste da África, trazida por escravos de uma região bem próximo do Quênia e também de Moçambique. É considerada uma planta perene e herbácea que fica em sua fase adulta com o equivalente a 15 a 60 cm máximos de altura, possui folhas bastante grandes semelhantes a laços que possuem uma medida de 3 a 12 cm de comprimento e 2 a 5 cm de largura.

Suas folhas são encontradas de diversas formas, podendo ser opostas perto do topo da planta. As flores da planta contam com cinco pétalas e podem existir em várias cores.

Cultivo
A planta possui suas folhas macias e um caule suculento e verde podendo ser encontrado em diversas variedades. É bastante simples se cultivar, pois não existem cuidados lá muito especiais.

A planta se adaptou muito ao Brasil sendo que é possível se encontrar as plantas até mesmo de forma espontânea em jardins urbanos, matas naturais, sendo ainda considerada em algumas situações daninha, por este motivo é chamada de maria-sem-vergonha.

A planta oferece frutinhos verdes de suculentos, além de serem ocos e com muitas sementes, estão quando estão maduros estouram no seu mais leve toque. Sendo assim a planta é algo excelente para se cultivar com as crianças. Possui um crescimento rápido e gosta muito de umidade preferindo sempre o calor.

Impatiens-walleriana

Com o passar do tempo a planta começa a perder a sua beleza, por este motivo é tratada como uma planta anual. Deve ser replantada frequentemente devido a esta propriedade que oferece uma duração um tanto limitada.

Para ser cultivada é preciso que seja utilizada em solos ricos em matérias orgânicas sendo feitas inclusive regas frequentes, em pleno sol ou mesmo em meia sombra. É possível se cultivar a planta em diversos vasos e floreiras, ou mesmo em maciços e bordaduras no jardim.

A planta pode ser reproduzida em grande número através de sementes e também estaquia. Para que se possa a aguar é necessário se deixar o solo dela diariamente úmido e não encharcado.

Os vários tipos da planta
É possível se encontrar principalmente no oriente diversos tipos de plantas que são popularmente chamadas de maria-sem-vergonha, porém as principais são a Impatiens walleriana e Impatiens balsamina (também conhecida como beijo-de-frade).

Impatiens_balsamina_28

Estas duas plantas são originárias da Ásia e consideradas plantas anuais. Suas flores podem ser encontradas em modelos mais simples ou mesmo dobradas, em cores como cores rosa, vermelho, púrpura ou roxo.

Saiba mais
Já a Impatiens walleriana vem originada da África, de Zanzibar, é muito perene e produz suas flores em vários tons de rosa, vermelho, laranja e também em alguns casos brancas. Com os processos de hibridação das plantas é possível se encontrar vários espécimes variados com folhas que combinam verde com tons de amarelo ou branco.

A planta apesar de ser bastante rústica, precisam se utilizar para nutrição de um solo fértil para que aconteça o seu bom desenvolvimento, se for possível ainda é interessante se utilizar de uma boa dose de materiais orgânicos. Já nas regiões que podem ter o clima mais frio é preciso que se plante em lugares onde é possível se receber o sol plano.

Países mais quentes o cultivo ideal é a meia sombra, para que a planta possa se beneficiar muito mais da umidade, que é uma condição fundamental para que possa florescer de forma interessante e abundante.

impat.

A melhor forma para cultivar
Existem duas espécies que se propagam por meio das estacas de caule, para o plantio é a melhor forma de se cultivar a planta, por isso basta apenas se retirar uma haste da planta adulta e também plantar, preferencialmente durante a primavera.

Se por acaso quiser plantar as flores através de sementes é necessário que se faça nas épocas de março a setembro. Procure as plantar através de sementes e o período recomendado vai de março a setembro.

Outra observação interessante é procurar as plantar com sulcos de mais ou menos 3 cm de profundidade e também 10 cm de espaçamentos entre elas.

Já no verão, quanto aos cuidados que devem ser observados deve se proteger do sol muito forte e devem ser regadas diariamente para que tenham uma boa quantidade de umidade para que se possa produzir belas e também abundantes flores, lembrando que a terra jamais deverá estar encharcada.

Uma boa dica para cultivo é um solo que contenha bastante matéria orgânica, o que irá facilitar muito o seu crescimento e também a adubação com fósforo o que estimula a floração, isto é extremamente aconselhável para se fazer uma vez que a planta costuma se destacar quando existem outras flores juntas.

Impatiens walleriana hybrid 2

Para a irrigação as plantas de hábitos tropicais deverão estar sempre úmidas, e por isso procure ter cuidado para que não fiquem encharcadas e possam favorecer a proliferação de fungos.

Depois de alguns anos ela começará a ficar com uma aparência de velha e também murcha, devendo se remover mudas e as replantar ou mesmo comprar novas plantas , já que elas são muito simples de se achar.

A planta é uma excelente alternativa para quem quiser ter canteirinhos nas janelas ou mesmo para se utilizar em jardins de inverno, pois são bastante resistentes, bonitas e coloridas, chamam muito á atenção e dão um clima super delicado e também muito mais leve á sua plantação e também aos seus canteiros de plantas.

Ela costuma ser muito resistente, inclusive a animais que normalmente se alimentam da planta como abelhas e outros pequenos insetos. No mercado é possível se encontrar vasinhos da planta com um valor equivalente ao de R$ 5,00 ou mesmo suas mudas podem ser encontradas por valores muito menores.

00006

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.