Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Saxifraga stolonifera

A barba-de-judeu (Saxifraga stolonífera), é uma das plantas rasteiras mais resistentes. Em parte é justificado pelo fato de pertencer a uma família de plantas, que são na sua maioria alpinas.

O seu nome, Stolonifera, combina duas palavras em latim, que significam “rocha” e “parti”, daí se deduz a resistência do seu sistema de raízes. Elas espalham-se á superfície do solo, facilitando o desenvolvimento de novos estolhos (*), á semelhança do que acontece com os morangueiros. É por isso que em inglês, lhe chamam “strawberry begônia”, ou então “mother of thousands”, pois a partir de uma única planta-mãe, depressa se forma um tapete de novas plantas.

Pertencente á família botânica das Saxifragaceae, este género, Saxifraga, é muito extenso, incluindo plantas anuais, bianuais, e perenes, na sua grande maioria alpinas. Elas vêm de zonas temperadas sub-árticas do Hemisfério Norte e com algumas espécies da Etiópia, México e Ártico. Um dos maiores atrativos destes gêneros de plantas advém desse mesmo fato, a enorme diversidade de habitats em que proliferam, desde montanhas a florestas.

Existem cerca de 480 espécies de Saxifragas, assim como inúmeros híbridos criados para o mercado de jardinagem. Das 480, cerca de 64 espécies, estão na Red List de 1997 da IUCN, por estarem ameaçadas de extinção ou serem já muito raras .

Saxifraga stolonifera
A espécie aqui descrita hoje, é a S. stolonifera Meerb, uma perene originária da China e do Japão.

A planta é ótima para utilizar como planta forrações, ou para plantar na beira de um lago, beiras de lagos, vasos suspensos (devido à forma com que cresce, em cascata) ou até mesmo em canteiros pequenos onde possamos pensar que “nada mais cresce”. Devido á sua resistência, desde que não lhe falte água, ela aguenta até geadas persistentes, e chegando a Primavera, flores não lhe faltará, desde que não esteja muito na sombra. Aí a tendência será  para ter folhas de um verde mais escuro e com poucas flores. O truque está em equilibrar as necessidades de água da planta, de acordo com a exposição á luz solar, mas isso é algo que com o próprio tempo e alguma observação, depressa se conseguirá  A maneira mais fácil de reproduzir é por divisão de touceiras e não importa se o vaso em que a colocar for pouco fundo, pois já que, as suas raízes estendem-se na horizontal .

É uma planta que, pelas listas prateadas em fundo verde e pelas suas flores brancas salpicadas de rosa e amarelo, dá um toque de subtileza e harmonia, a qualquer jardim.

Adubar semanalmente de abril a setembro, prefere luz forte e difusa. Não tolera temperaturas a baixo dos 4ºC
Transplanta-se utilizando qualquer terra de boa qualidade, no início da Primavera.
Seu florescimento se dá na Primavera/Verão. Mantenha o solo sempre úmido.

(*) “Estolho: É um tipo de caule rastejante que emite brotações laterais que em intervalos sucessivos pode criar gemas com raízes e folhas.

1489354rx2fypo7b5

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



2 Responses

  1. #1
    Márcia Valle 
    Sunday, 6. October 2013

    Gostaria muito de uma muda desta plantinha. Há muitos anos eu procuro, mas não consigo. Moro em Juiz de Fora (MG).

  2. #2
    ANA MARLENE 
    Saturday, 17. June 2017

    Amo de paixão a Barba de Judeu .

Comente sobre o post