2018 June 02 - PlantaSonya - O seu blog sobre cultivo de plantas e flores
Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




clerodendumo

As lágrimas-de-cristo são plantas trepadeiras com caule semi-lenhoso e que pertencem à família Verbenaceae por causa de seus longos ramos e flores e folhagens decorativas. Sua origem é da África Ocidental.

São muito bonitas, relativamente fáceis de cuidar gostam de muita incidência do sol e ambientes úmidos. Pode ser cultivada e usada tanto em treliças, quanto em  ambientes internos bem iluminados, quando colocadas em vasos pendentes. Pode também ser mantida como um arbusto, se podada constantemente.

Encontre o local ideal para a lágrima de cristo, levando em consideração que seu ramo principal pode chegar a 3 m de comprimento, vale considerar a possibilidade de deixá-la em um local que ela possa crescer sem limitações.

Esta planta se desenvolve muito bem em estufas e locais semi fechados, desde que tenham incidência do sol por no mínimo quatro horas diárias e circulação de ar.

clerodendron

A lágrima-de-cristo precisa de muita luz solar para que ela se desenvolva bem e apresente flores saudáveis. Ela pode florescer mais em locais com luz difusa mas a planta se desenvolve melhor com luz direta, quando digo a planta falo de toda a sua conjuntura,

Gera flores na primavera e verão, e eventualmente algumas em outras épocas do ano. Suas inflorescências aparecem em grande número, e são muito chamativas, com seus cálices brancos e corolas vermelhas.

A planta não suporta temperaturas muito baixas, sendo bastante sensível a geadas.

Como cuidar
É necessário mantê-la em local bem iluminado, pois possui uma alta exigência de luminosidade, apesar de florescer melhor em locais com muita luz indireta (difusa). Prefere também ambientes com alta umidade relativa do ar (acima dos 60%).

As regas devem ser constantes, visto que ela gosta de solo e ambientes úmidos e é neles que ela se desenvolve melhor, principalmente nos meses mais quentes. O solo deve estar sempre úmido, porém, não encharcado.

Vale a pena colocar um pratinho em baixo do vaso para verificar quando é a hora de regar novamente a sua lágrima de cristo, lembre se de colocar areia grossa nesse pratinho para evitar o acúmulo de água desnecessário e não fazer com que o lugar se torne um berçário de mosquitos da dengue.

Regue bem durante os meses mais quentes, quando ela está em pleno crescimento, mas regue bem menos nos meses mais frios. Procure podar logo após a floração terminar.

lágrima-de-cristo1

A planta precisa de suporte para crescer em jardins. Apropriada para guarnecer grades, cercas e pórticos, sendo ideal para caramanchões e pérgolas, por produzir sombra no verão e permitir a passagem da luz no inverno.

Como reproduzir
Sua multiplicação pode ser feita por estacas, alporquia ou também por sementes. As estacas devem ser cortadas após o florescimento e deixadas enraizar em local protegido (estufas).

A adubação e replantio da lágrima de cristo podem ser feitos juntos e de preferência no período de inverno, anualmente e após o florescimento para que a planta consiga se adaptar ao novo solo.

O a terra do seu vaso ou do solo onde a lágrima de cristo vai ficar deve ser fértil porém ácido. Você pode utilizar o adubo orgânico NPK 10-10-10 (nitrogênio, fósforo e potássio) que podem ser colocados no fundo do vaso para garantir a boa drenagem.

lagrima de cristo

Por ser uma trepadeira muito atraente a lágrima de cristo é a planta ideal para as cercas do seu jardim, desta forma dando ainda mais beleza para ele. Mas lembre-se, esta planta é uma trepadeira, então deve ser apoiada em algum lugar onde ela possa se agarrar, se for plantar a sua lágrima de cristo em vasos coloque sempre algum apoio para ela se agarrar.

Se pretende fazer alguma muda da sua planta prefira fazer durante o período de primavera.

Vale lembrar que é necessária a realização de podas mensais da lágrima de cristo, uma vez que ela pode ser vista como um arbusto invasor por crescer demasiadamente.

chuvarada

viola tricolor

O amor-perfeito é uma flor pequena, multicolorida, que dura dois anos no canteiro ou vaso. Rasteira, de 15 cm de altura,  ideal para jardineiras e vasos rasos.

É uma flor fácil de se manter e que dará uma vivacidade toda especial à sua varanda e jardim. Esta é uma planta perene, quando no seu habitat natural,  porém no nosso país, após o ciclo de germinação, crescimento e floração, de um ano, é comum ela ser replantada. É habitualmente uma planta para bordaduras de canteiros, em parques urbanos.

A flor é dona de grande beleza mas quase sem perfume é uma planta que não apresenta dificuldade no plantio e cultivo, cresce de forma muito rápida e quase não ocupa espaço, desta forma sendo ideal para o cultivo tanto em jardins ou doméstico, de forma decorativa.

Se você mora num apartamento e procura uma flor de aparência agradável para enfeitar o ambiente a flor amor-perfeito se mostra ideal, e quando cultivada sem o uso de agrotóxicos pode ser até comestível, enfeitando não só a sua casa mas os seus pratos também.

Pode-se comprar o amor-perfeito em sementes ou em mudas, neste caso veja como plantar e cuidar a partir da semente.

amorperfeito

Assim que você já tiver a sua semente, monte um vaso utilizando terra fértil, misture com um pouco de areia e adubo, a planta amor-perfeito gosta de solos meio arenosos e com boa fluidez de água.

No fundo do vaso, coloque pedras de jardineira ou cacos de telha, para que não acumule água no fundo do vaso, o que não é bom para a saúde da planta uma vez que isso aumenta a probabilidade de surgirem fungos ou bactérias prejudiciais à saúde do amor-perfeito.

Na terra, coloque as sementes de amor-perfeito e cubra as com cerca de 2 mm de terra, pode parecer pouca coisa mas ao comprar a semente do amor perfeito você vai notar que lá consta a mesma informação e quando começarem a germinar você pode acrescentar mais terra.

Você pode escolher por plantar a amor-perfeito diretamente no vaso ou num recipiente separado, e mais tarde, quando ela atingir cerca de 6cm de altura você pode transplantá-la para o vaso, conservando a raiz.

Além da terra fértil para que o amor-perfeito floresça sem delongas e com lindas flores você também precisa deixá-la no local adequado, com boa incidência de luz solar direta ou indireta, no mínimo quatro horas por dia.

viloa

Gosta de climas quentes e se adapta bem à eles, mas ainda apresenta resistência ás estações mais frias do Brasil.

Deve se regar o amor-perfeito sempre que a terra estiver seca, mas, sem sufocar. Ele se desenvolve bem com terra úmida, logo, a frequência de rega varia de acordo com a temperatura do local onde ele está assim como a quantidade de sol que ele pega por dia.

A recomendação padrão é irrigar uma vez por dia, no início da manhã ou final de tarde.

As flores do amor-perfeito germinam entre 7 e 21 dias depois que ela atinge os seus 15cm de altura, sua altura máxima. A temperatura para o cultivo varia entre 15 a 20 graus e a temperatura ideal para germinar entre 20 e 30C.

Para plantar amor-perfeito (mudas)
A compra pode ser feita com a muda já florida e distribuir pelos seus vasos e jardineiras. Para isso é necessário um vaso, não muito profundo pois essa planta tem raízes superficiais (20 cm é suficiente).

Faça a camada de drenagem inferior do vaso e complete com uma mistura de terra adubada, orgânica, areia média, metade a metade.

O amor-perfeito gosta de terra fértil, com luz solar abundante, no mínimo por quatro horas ao dia. É planta de clima quente mas, sofre se o frio é mais intenso ou se há geadas.

Regar amor-perfeito é obra para sempre que a terra estiver seca. O ideal é manter a terra úmida, sem encharcamento. Regue no início da manhã, ou final da tarde, fora do sol.

violatricolor

Época boa para o amor-perfeito florir
Nas regiões mais frias do Brasil o amor-perfeito vai florir do outono até a primavera e, nas regiões mais quentes e úmidas, somente durante o inverno.

A melhor época para semear é do final do verão ao começo do inverno. As temperaturas acima de 30ºC inibem a germinação das sementes.

borboletas