Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




girassol

Nativa da América e de nome científico Helianthus annus (ou flor do sol), o girassol é uma imponente herbácea de cerca de três metros de estatura que apresenta uma flor grande, amarela e com um comportamento característico conhecido como heliotropismo, em que a planta parece sempre olhar para o sol.

Para você que quer cultivar seus girassóis no jardim de sua casa, segue uma pequena dica

Os cuidados do girassol começam com um solo bem drenado e com boa estrutura. Para isso, é recomendado o uso de 2 partes de substrato de jardim junto com uma parte de húmus de minhoca. Também é preciso que a planta esteja em um ambiente com sol, devendo receber pelo menos de 3 a 4 horas de sol por dia, já que a flor não consegue viver em ambientes sombreados.

A flor não pede cuidados especiais. Somente os cuidados comuns com as plantas, que são: regar, adubar e cuidar com carinho e amor. No entanto, vale lembrar que, como o próprio nome da flor diz, ela não consegue sobreviver em outros tipos de luz.

A adubação pode ser feita com N-P-K 4-14-8 a cada 30 dias durante todo o ciclo da planta até a floração. Como se trata de uma planta de ciclo anual, apos a floração, ela seca. Por isso, o replantio deve ser feito anualmente. Como o girassol não pode ser podado, e você não quer uma planta alta, plante os mini-girassóis, que também são uma graça.

As regas dependem do clima, mas o solo deve ser rico em matéria orgânica e mantido úmido. Se estiver fazendo muito calor, é necessário regar muito, até 2 vezes ao dia. O importante é regar bem cedo ou no fim do dia, quando o sol está se pondo. Não se deve regar nas horas mais quentes do dia.

rosas1

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


pimenta-dedo-de-moçapimenteira+dedo-de-moça

Essas plantas de sabor picante usadas na culinária estão cada vez mais presentes em residências, escritórios e outros locais como parte da decoração interna. A pimenteira chama a atenção principalmente pelo jogo de cores entre o vermelho da pimenta e o verde de suas folhas, e atualmente muitas floriculturas já vendem a planta para quem deseja tê-la em casa.

A pimenta também atrai os olhares devido às alterações de cor que se verificam nas fases de amadurecimento da planta e que transitam entre o verde, o laranja e o vermelho vibrante.

No Brasil, a planta é cultivada principalmente pela agricultura familiar. Não suporta não suporta geadas e tem sensibilidade às baixas temperaturas.

Para cuidar da planta, é preciso primeiro saber o quanto regar. As regas devem ser regulares. A pimenteira não gosta de ficar encharcada, mas se deve evitar que a terra fique completamente seca, o ideal e manter a terra sempre úmida.

A planta deve ficar exposta ao sol menos um período do dia, seja manhã ou tarde. O ideal é 4 horas de exposição.

Fique atento: depois de dar frutos, ela começa a murchar cada vez mais. O processo de frutificação exige muita energia da planta e, portanto, após sua frutificação o ideal é realizar o replantio, a poda de galhos e folhas secas ou mortas, adubar e manter as regas diárias.

O cultivo da pimenta deve ser feito em solo fértil, profundo e bastante drenado. Quem for plantar em casa, pode dar preferência para pimenteiras de porte menor e com pimentas vermelhas e o ideal é adquiri-las com produtores se for cultivá-las em vasos.

Entre os cuidados para cultivar pimenta está a necessidade de não se encharcar as plantas quando for irrigar as mudas e também escolher plantas mais resistentes, usar corretamente bactericidas e fungicidas para afastar doenças.

A colheita da pimenteira acontece normalmente de 50 a 55 dias depois que a planta floresce e a poda deve ser feita depois da frutificação.

corujinha

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


Mini Curso de Orquídeas


Descubra o que fazer, para que suas orquídeas voltem a florescer, como cultivá-las e deixá-las sempre lindas.

Domingo, 18 de novembro ás 09 horas

Inscrições Abertas
Mini Curso GRATUITO

Não Percam!!!

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


Begonia

As Begônias para vasos são muito delicadas, plantas tropicais, preferem clima quente (entre 20º e 28º) e não gostam de ventos. As Begônias de canteiros preferem um clima mais ameno e não toleram bem as chuvas de Verão, pois “melam”.

Se estiver plantada em vaso, atente para transferir para um vaso maior sempre que a planta crescer muito ou dividi-la em vários vasos (nos pequenos suas raízes vão se entrelaçando umas nas outras bloqueando a passagem de água e nutrientes).

Uma hora antes de transplantar regue o vaso para compactar a terra e não prejudicar o torrão.
Semanalmente retire folhas e galhos secos e uma vez por ano, na primavera faça uma poda drástica para incentivar a brotação de novos ramos. Corte sempre acima de uma folha e na diagonal.

São plantas que apreciam bastante luminosidade, por isso evite locais do apartamento mais escuros.

O solo ideal para o seu cultivo deve ser um solo bem drenado. Pode fazer uma mistura com 1/3 de areia, 1/3 de terra comum e 1/3 de húmus, ao qual acrescenta um pouco de adubo para fortalecer a planta. De tempos em tempos reforce a adubação com um pouco de fertilizante NPK rico em fósforo e mais um pouco de adubo orgânico.

A rega deve ser feita de forma a que a planta se mantenha sempre umedecida. Contudo tenha cuidado com os encharcamentos, que podem levar ao apodrecimento da raiz e consequentemente à morte prematura da planta. Apenas o solo deve ser regado. Evite molhar as suas folhas.

Recomendações ao comprar um vaso de begônia
1.
Adquira plantas com alguns dos botões florais ainda fechadas;

2.
Mantenha a planta em ambiente com temperatura entre 20°C e 30°C e com boa luminosidade (luz indireta);

3.
Regue a cada 4 dias para que a terra se mantenha sempre úmida (não use água muito fria). Não deixe a água no pratinho e não molhe flores e folhas.

jerfi

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


Flor-da-fortuna - kalanchoê

A Flor da Fortuna ou Kalanchoe (originária da África.). Os locais indicados para o cultivo são lugares bem iluminados (varandas e jardins), sendo resistente ao calor e a pouca água e apresenta durabilidade.

Não deixe muito tempo exposta ao sol. Mesmo precisando de luz, elas não suportam o sol direto. Por isso, procure deixá-las em um ambiente com a temperatura média de 25°C, onde os raios solares apenas atravessem o vidro da janela.

Elas não precisam de muita água, excesso de água ou água fria causam podridão e manchas nas folhas, por isso evite molhar as folhas e flores, além do mais, não podem ser deixadas em uma terra muito encharcada.
Regue, no Verão, duas ou três vezes por semana. No Inverno, apenas uma. Separe a planta doente das outras e caso essa podridão esteja concentrada em uma folha ou flor, elimine-a e diminua as regas.

A época de florescimento da flor-da-fortuna é no Outono/Inverno, neste período regar uma vez por semana é o suficiente, e duas na Primavera/Verão. Seus tons variam entre vermelho, alaranjado, amarelo, rosa, lilás e branco. Alcança uma altura de até 30 cm.

Num ambiente domiciliar tem fontes de calor, correntes de ar, gases de combustão, luz direta, que devem ser evitados na hora de colocar as plantas. Evite colocá-la em lugares muito escuros, pois as folhas ficam amareladas e as flores murcham.

O melhor vaso para as flores da fortuna é o de barro, com furinhos na base para que a água seja drenada

Lembre-se: Selecione sempre plantas saudáveis, com folhas inteiras, brilhantes, viçosas e sem manchas e/ou insetos e hastes firmes. É importante observar o número de botões, pois plantas que possuem grande número de botões fechados ou pouco abertos provavelmente terão maior durabilidade.

ouvindo-a-chuva

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


foto-flor-gloriosa-05

A Gloriosa é conhecida como uma trepadeira muito diferente das outras, especialmente por suas pétalas. Ela pode ficar com 1,5 a 2,0 m de altura, e possui folhas também ornamentais, que se alongam e se transformam em gavinhas, que permitem a ascensão da planta através de suportes.

Suas pétalas são muito vistosas, com pétalas recurvadas, amarelas e vermelhos em direção à base, formadas no Verão e Primavera. Devido à sua beleza e certa durabilidade, suas flores servem também como flor de corte. Existem também variedades de flores amarelas e de porte anão.

A gloriosa se desenvolve melhor quando planta sob sol pleno ou à meia-sombra, em solo bem drenado, mantido sempre úmido, mas evitando o encharcamento.

É tolerante às baixas temperaturas de Inverno, quando ela perde suas folhas e entra em dormência. Apesar de preferir temperaturas mais baixas, a gloriosa cresce relativamente bem em regiões tropicais também.

Podemos multiplicá-las separando-se as raízes tuberosas durante o inverno.

Nome popular: Lírio-trepadeira

As plantas lianas ou (trepadeiras) e as epífitas são consideradas por alguns estudiosos, exemplos menos prejudiciais de parasitismo.

As lianas, tal como ocorre com a glicínia, ascende sobre outras plantas enrodilhando o caule em torno de qualquer suporte adequado, subindo mais e mais a cada volta executada. Já o maracujá, diferentemente das anteriores, utiliza-se de gavinhas (caules modificados ou hastes de folhas),  enrolando-se em torno de qualquer apoio. Enroscando-se sobre si mesma, a gavinha vai subindo, soltando novas gavinhas; e assim sobe sem parar.

LANDSCAPE2708A35

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


antúrio

Essa planta de origem colombiana tem uma característica bem curiosa, embora várias pessoas achem que sua estrutura vermelha seja uma flor, na verdade é apenas uma folha modificada para chamar mais a atenção dos insetos polinizadores, as reais flores dos antúrios são os milhares de pontos amarelados que crescem na espiga central da inflorescência da planta.

Essa planta é muito utilizada no Brasil por ser bem adaptada ao clima tropical e possuir um ótimo aspecto, com inflorescências de diversas cores diferentes e uma estatura máxima que dificilmente passa de um metro, podemos encontrá-la comumente em vasos ou em jardins formando grandes moitas com várias inflorescências.

Esta é uma planta de fácil cultivo, sendo bem resistente e apresentando ótimos resultados com um mínimo de cuidado. O mais importante é encontrar um local bem iluminado, mas protegido do sol a pino que pode queimar as folhas da planta (incluindo as inflorescências que também são folhas).

É aconselhável que se plante mudas já grande, cerca de 10 cm de estatura, para que assim elas não sintam um grande impacto pelo seu transplante e já comecem a se desenvolver rapidamente.

Como são nativas de florestas equatoriais, essa planta necessita de uma grande quantidade de matéria orgânica para se desenvolver, aconselhamos que misture cerca de 50% de fertilizante orgânico a seu substrato. Se estiver plantando no seu jardim, lembre-se de cavar uma cova bom tamanho, adicionar um pouco de areia grossa no fundo para melhorar a drenagem e depois preenchê-la com a mistura da terra ao adubo.

Embora não podemos encharcar o solo para não estimular a proliferação de fungos que trazem doenças às plantas, o antúrio necessita de umidade constante, logo regue diariamente, aumentando a dose durante a época de seca, para que o solo nunca fique completamente seco. Adicione um pouco mais de composto orgânico semestralmente para que a planta sempre tenha abundancia de nutrientes e floresça bem. Evite deixá-la em locais com ar condicionado.

Para que sempre estejam bonitos e saudáveis, é aconselhável transplantá-los quando começarem a crescer desordenadamente.

E como fazer esse replantio, e de quanto a quanto tempo se devemos fazê-lo? O ideal é que seja feito preferencialmente a cada dois anos, mas fiquem atento se morarem em alguma região em que o Inverno seja frio e úmido, como nas regiões sudeste e sul do Brasil, deixem para replantar ao final do Inverno ou início de Primavera, pois no Outono e Inverno, as plantas entram em dormência e quando cortadas ficam mais suscetíveis a doenças fúngicas.

Os antúrios são plantas fáceis de se multiplicar, e para isso você pode dividir as touceiras ou fazer estacas dos caules, aproveite a ocasião do replantio para repor a matéria orgânica dos canteiros, para isso acrescente terra vegetal, húmus de minhoca, torta de mamona, farinha de ossos e outros fertilizantes orgânicos.

Então façam da seguinte forma, cortem o excesso de folhas e raízes de uma planta alta e feia e plante-a em um vaso maior, afundando o caule, de forma que ele pareça uma planta “nova”, com isso, ela será forçada a produzir novas raízes no caule antigo, que ficará sob a terra, que a deixarão mais bonita e vigorosa.

Veja que se o caule for muito longo e grosso, o corte deve ser em estacas de 20 cm e plantar separadamente, nesse caso, cada estaca vai dar origem a um novo antúrio.

Uma coisa deve ser observada, os antúrios não devem ser podados, o que se pode fazer é a remoção das folhas mortas e doentes, pois as flores dos antúrios são muito duráveis e apropriadas para o corte, prestando-se para a confecção de belos arranjos florais, por exemplo.

Cortem as flores sempre que quiserem, não há uma época específica e o corte não faz mal às plantas, pelo contrário, cortem a haste floral próximo à sua inserção, sempre com cortes diagonais, em bisel, evitando assim que a água acumule sobre o local do corte e favoreça apodrecimentos, para esse trabalho utilizem sempre tesouras bem afiadas e limpas, e tenham cuidado para não cortar flores de plantas doentes e depois usar a tesoura contaminada em plantas sadias, pois assim poderão corre o risco de disseminar a doença entre os antúrios.

janel354

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


photo

Nome Popular: Astrapéia, Dombéia, Astrapéia-rosa, Flor-de-abelha
Origem: Madagascar
Ciclo de Vida: Perene

Com uma aparência impar, por causa da copa larga e as folhas grandes e aveludadas, tornou-se muito popular pelo mundo afora, esta arvoreta ou arbusto de ótimas características ornamentais, se espalhou pelo mundo por sua exuberância e popularidade. Ela apresenta porte pequeno para uma árvore, alcançando cerca de 2 a 5 m de altura.

As folhas são grandes, perenes e de cor verde brilhante. As flores pendentes, com a forma de pompom, têm fragrância delicada e permanecem no pé mesmo depois de secas.

As flores pendentes têm a forma de pompom, com fragrância delicada e suave que lembra o coco. As flores velhas permanecem nos ramos, adquirindo uma cor amarronzada e devem ser removidas para um melhor aspecto da planta. Além disso essas flores velhas podem desprender um odor desagradável e atrair moscas.

Surgem no Outono e Inverno, e são sustentadas por longos pedúnculos, pendentes, globosas e com numerosas flores de cor rosa a avermelhada, ricas em néctar e delicadamente perfumadas.

5797115338_578f8e71a9_z
Seu crescimento é rápido e propicia uma sombra fantástica, já que o porte é relativamente baixo. De baixa manutenção se destaca principalmente em plantios isolados, mas que pode ser parcialmente sombreada por outras árvores ou construções.

Com podas regulares de formação, é capaz de adquirir porte e formato arbustivo. Há diversos híbridos comerciais disponíveis. Deve ser cultivada sob  sol pleno ou meia sombra, em solo fértil, drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado regularmente.

Sendo de clima subtropical, a folhagem da astrapéia não é muito resistente a geadas fortes. Fertilizações na primavera e verão estimulam um crescimento saudável e florações exuberantes. Multiplica-se por sementes e mais facilmente por alporquia e estaquia de ramos semi-lenhosos ou de ponteiros.

kjlki

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


flor de lis

A flor-de-lis é uma planta originária do México e da Guatemala, sendo uma flor bonita e muito ornamental.

Suas flores são muito bonitas e por isso já foram usadas como símbolo diversas vezes, devido a seu formato. A coloração das flores é vermelha e são bem brilhantes. A planta apresenta ainda folhas de formato laminado que só aparecem depois das flores.

Devido a sua grande beleza é uma planta bastante utilizada para fins ornamentais, devido a sua coloração forte e seu formato elegante e diferente.

Cultivo e cuidados
- Esta planta pode ser cultivada em canteiros ou vasos, sendo que a flor-de-lis precisa de terrenos arenosos para se desenvolver plenamente.

- O solo deve ser preparado com 1 parte de terra vegetal para uma parte de terra comum e 2 partes de areia para obter o solo ideal para o plantio da flor-de-lis.

- O plantio é feito através de bulbos, que são colocados na terra previamente adubados. Basta colocar o bulbo em um buraco previamente preparado e cobrir o bulbo com terra, deixando apenas a ponta para fora.

- A terra deve receber material orgânico que pode ser comprado em lojas de jardinagem.

- A rega deve ser espaçada sendo que deve ser iniciada assim que começar o período vegetativo. A frequência ideal para a rega deve ser um dia sim e um dia não, embora seja necessário tomar cuidado para não encharcar a terra, pois do contrário o bulbo pode apodrecer e a planta pode sofrer com o aparecimento de fungos.

O florescimento ocorre em meses quentes e no inverno pode entrar em período de dormência, perdendo todas as suas folhas e apresentando um aspecto sem vida. Quando o tempo esquenta novamente pode voltar a apresentar flores normalmente.

Durante este período de dormência não é aconselhado regar a planta, pois do contrário ela pode apodrecer, pois não absorverá água.

A planta chega a 45 centímetros de altura e pode ser plantada em vasos para ornamentar salas e outras regiões.

Embora seja fácil de cuidar e cultivar, a flor-de-lis é uma planta rara e que dificilmente é encontrada em algumas regiões. No entanto é possível encomendar bulbos em lojas especializadas e depois fazer os próprios bulbos para plantio posterior.

Com essas dicas é possível comprar um bulbo e plantar uma flor-de-lis, fazendo com que a planta se desenvolva de forma saudável e enfeite diversos ambientes.

bird7

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


flores

As flores são elementos decorativos capazes de transformar os cômodos e completar a decoração. Elas levam um pouco da natureza para dentro de casa, exalam perfumes e ainda por cima exibem uma diversidade de cores. No entanto, o trabalho com arranjos florais na hora de decorar precisa ser contido para não cometer exageros.

Além de inovar a proposta de decoração, as flores também são capazes de contribuir com o bem-estar dos moradores. Quem aposta nas flores naturais com certeza terá uma vida mais terna e agradável.

Várias espécies de flores podem ser usadas para montar arranjos, mas para acertar na escolha é necessário avaliar os demais elementos de decoração. É importante tomar cuidado com os ornamentos que exalam um perfume muito forte, afinal, eles não são indicados para decorar áreas muito fechadas.

As flores naturais necessitam de cuidados para permanecerem belas por mais tempo. Desta forma, é válido se preocupar com as condições de umidade, adubo e luz. Para deixar os espaços mais coloridos, vale trabalhar com tons contrastantes na montagem do arranjo. Pode ainda buscar um equilíbrio valorizando as cores que predominam no ambiente através das flores.

Enfeitando cada ambiente com flores
Todos os cômodos podem ser decorados com flores, mas é importante redobrar a atenção na hora de combiná-las aos demais elementos. Confira a seguir algumas sugestões para embelezar a casa com a ajuda dos arranjos:

- Sala de estar: o vaso com flores pode ser posicionado no móvel de canto ou na mesinha de centro, causando um efeito estético delicado na área social da casa. Caso seja conveniente, decore a lareira com flores em garrafas transparentes.

- Sala de jantar: um arranjo floral deixa o ambiente mais delicado e romântico, por isso dá para usá-lo como centro de mesa ou para decorar o aparador.

- Quarto: quando se trata de flores naturais, é necessário tomar muito cuidado com as espécies que são escolhidas para decorar este ambiente. Evite lírios brancos e jasmim porque são flores muito perfumadas e criam uma sensação desconfortável no cômodo. Os arranjos funcionam bem para reforçar uma decoração com estilo romântico.

- Cozinha: evite flores com perfume intenso e prefira os arranjos alegres para decorar esta divisão da casa. Posicione o vaso na bancada, no peitoril da janela ou mesmo no armário.

- Banheiro: use as flores para decorar o lavabo e crie uma atmosfera mais receptiva.

- Hall de entrada: trata-se de um ambiente de passagem dentro da casa, por isso vale a pena ousar um pouco mais na montagem do arranjo.

Aproveite as dicas e inove o interior da casa com as flores.

janel40

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.