Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




lagarta da borboleta cauda-de-andorinha

As lagartas é talvez o maior problema que tem que enfrentar na hora de manter seu jardim em perfeito estado. Estas pequenas larvas alimentam-se das folhas das plantas, destruindo-as rapidamente.

Para acabar com este problema indesejável, há uma grande variedade de produtos químicos de controle de pragas e também alguns remédios caseiros que são mais econômicos.

Neste artigo, alguns conselhos para que saiba como acabar com as lagartas nas plantas para poder assim conservar a beleza de todas as plantas do jardim.

Ainda que possa parecer óbvio, a primeira coisa que deve fazer é observar atentamente suas plantas para verificar e comprovar que, efetivamente, as lagartas são mesmo uma praga.

lagarta

Pode tentar, com a ajuda de uma luva, tirar manualmente as lagartas das folhas das plantas, mas tenha em conta que isto não é suficiente porque alguns tipos de lagartas são muito pequenas e se escondem atrás de folhas grandes ou junto dos caules da planta e pode ser muito difícil encontrá-las a simples vista.

Se não quer utilizar produtos químicos sobre suas plantas, o alho é uma aliado perfeito para acabar com as lagartas graças aos ácidos que contém e que repelem estes insetos.

Como aplicá-lo? Pois o mais cômodo talvez seja misturar em uma garrafa, dois copos de água e duas colheres de sopa de alho em pó, e mais um pouco de sabão para dar consistência. Depois com um pulverizador regue sobre as lagartas e as zonas ao redor.

Além disso, uma boa forma de prevenir outra praga de lagartas é jogar, de vez em quando, pedaços de alho bem cortado sobre a vegetação do seu jardim, para afugentar estes insetos.

Pragas-de-Jardim-1-13

Além do alho, outro dos remédios caseiros mais conhecidos para repelir as lagartas é a pimenta já que, devido às suas propriedades desinfetantes, funciona muito bem como um repelente natural de lagartas nas plantas.

Para utilizá-lo, triture e polvilhe um chili em todas as plantas do jardim ou na grama onde estiverem as lagartas, ou misture dois copos de água com duas colheres de sopa de pimenta caiena e pulverize diretamente sobre o jardim, repetindo esta ação a cada duas semanas.

Também funciona muito bem se cultivar no mesmo jardim plantas aromáticas como hortelã e manjericão. Estas plantas desprendem um cheiro característico que atrai as vespas, as quais comem as lagartas, por isso trata-se de um remédio perfeito.

Existem produtos químicos específicos para combater estas pragas desagradáveis e suas consequências em nossa grama. Por exemplo, as armadilhas impregnadas de feromônios femininos que servem para atrair as lagartas macho, ficando presas na armadilha.

lagarta

Desta forma consegue-se que as lagartas femininas não possam se reproduzir e se acabe assim com a praga. Para isso, coloque várias armadilhas (dependendo do tamanho do seu jardim) ao longo da grama e verá como pouco a pouco, lagartas macho vão caindo na armadilha.

Os inseticidas são talvez a solução mais recorrente que nos vem à mente quando tentamos encontrar a forma ideal para eliminar as lagartas das plantas. Há inseticidas especificamente destinados à eliminação das lagartas. Preste atenção na embalagem antes de comprar o produto e assegure-se de que é o que melhor se adequa ao tipo de praga e que atente o menos possível contra o meio ambiente.

lagartas_no_jardim2

O modo de utilização dos repelentes químicos consiste em aplicar o produto apenas nas plantas afetadas e não ao ar, com o objetivo de contaminar apenas o necessário.

Se for jogar inseticida sobre folhas de plantas que depois pensa utilizar na cozinha, deverá ter cuidado e lavá-las depois muito bem antes do seu uso culinário, para assim eliminar os restos de inseticida que tenham ficado.

3845501551_7950503c54_z

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


hidrangeas

Muito apreciada pelas floradas intensas, oferece ao produtor a opção de vender desde a muda até a flor envelhecida ou seca.

Pouco comum entre as plantas, a cor azul é a característica marcante da hortênsia, flor de cultivo fácil, rápido e simples para produção comercial. Rústica e de boa adaptação a diferentes tipos de solos, a hortênsia ainda se destaca quanto à exuberância dos cachos que possui, os quais são muito utilizados para adornar diferentes ambientes.

Disponibilidade de água e temperatura adequada são as maiores exigências para o bom desenvolvimento da hortênsia.

Como é originalmente de clima ameno, a planta, oriunda da China e do Japão, não se dá muito bem em regiões quentes e secas. No entanto, por meio de técnicas de melhoramento genético, há algumas variedades da flor cultivadas em diversos países de clima tropical, temperado e subtropical.

Por aqui, relatos dão conta de que o cultivo de hortênsia, herança da colonização alemã, começou pelas serras do sul do país, onde até hoje é referência no turismo das cidades gaúchas de Gramado e Canela. A flor também tem destaque no paisagismo dos municípios de Morretes (PR) e de Campos do Jordão (SP).

hydrangeas-jardim

A hortênsia é um arbusto semi lenhoso, com altura de 1 a 2,5 m e folhas grandes, denteadas, brilhantes e coriáceas – a textura assemelha-se à do couro –,tem a variação de cores de suas inflorescências influenciada pelo nível de acidez e concentração de alumínio do solo. Como o solo brasileiro é naturalmente acidificado, o azul é a cor que prevalece na hortênsia plantada no país.

A planta exige solos férteis, bem irrigados, com boa drenagem e muita matéria orgânica. Dá-se bem em climas subtropical, tropical e temperado. É um arbusto que também pode ser plantado em vaso

Como plantar
Em primeiro lugar adquira mudas de hortênsia em viveiros recomendados. Também podem ser encontradas em lojas de plantas e de produtos de jardinagem.
Embora a hortênsia aceite vários tipos de solos, alguns precisam de tratamento adequado, como aporte de adubos, composto orgânico e irrigação, que elevam o custo de produção.

hortênsia branca

O melhor desenvolvimento se dá em solos férteis, bem irrigados e, ao mesmo tempo, com boa drenagem e dotado de elevado nível de matéria orgânica.

O espaçamento para o plantio varia de acordo com as condições físicas do ambiente, a variedade utilizada, o manejo adotado, entre outros fatores. No entanto, para cultivo de plantas obtidas em floriculturas, que são melhoradas geneticamente e manejadas em estufas controladas, o espaçamento é menor que o indicado para exemplares rústicos, cuja manutenção é mais fácil.

A cova, no entanto, deve ser grande, com no mínimo 50 x 50 x 50 m, pois as plantas ficarão no terreno por cerca de oito anos ou mais. Prepare a cova com adubação química e orgânica indicada pela análise do solo.

A planta tem boa adaptação em locais com temperaturas amenas, mas pode ser mantida sob estufas com irrigação. Devido ao calor nesses ambientes, é necessário mais atenção com o sistema de regas, que devem ser mais frequentes, para favorecer as condições climáticas adequadas para um bom desenvolvimento.

hortênsias

Propagação
A propagação da hortênsia é realizada por estacas que podem ser extraídas da planta mãe o ano inteiro, apesar de a melhor época ser após o florescimento.

As estacas podem ser herbáceas – brotações laterais que ocorrem ao longo dos ramos –, desde que tenham cerca de 8 cm e de quatro a seis folhas pequenas e sejam usados reguladores de crescimento para garantir o enraizamento –, e semi lenhosas, utilizando ramos que contenham, no mínimo, duas gemas laterais, sendo uma para ficar sob o substrato para formação das raízes e outra acima, para a parte aérea. As estacas levam 40 dias para enraizar.

hortênsia azul

Ao terminar a floração, faça poda drástica do ramo que floresceu. Corte-o a 10 cm do solo, para que a planta emita novas brotações e cachos florais de bom tamanho. Podas mais alta (a 30 cm do solo) são recomendadas quando a intenção é obter mais quantidade de brotos e de cachos.

A floração da hortênsia ocorre cerca de sete meses após o plantio. Cada variedade, no entanto, pode apresentar um período diferente entre o início do cultivo e o momento em que a flor pode ser colhida.

brisa

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


lagrimas

A lágrima-de-cristo é uma trepadeira volúvel, perene e semi-lenhosa, originária da  da África Ocidental e pertence à família das Lamiaceaes.

Sua ramagem é longa, podendo atingir mais de 3 m de altura no ramo principal. Suas folhas, de tamanho médio, são fortemente marcadas pelas nervuras, verde escuras e brilhantes.

As inflorescências da lágrima-de-cristo são ramificadas, com muitas flores de cálice branco inflado e corola vermelha expandida. Floresce praticamente o ano todo, mas principalmente na primavera e verão.

Por ter uma ramagem flexível ela se enrola em suportes e outras plantas próximas. São apropriadas para guarnecer grades, treliças, cercas e pórticos, sendo ideal para caramanchões e pérgolas, por produzir sombra no verão e permitir a passagem da luz no inverno.

A planta aprecia sol direto mas em regiões muito quente, deverá ser plantada em locais que receba apenas o sol da manhã. Prefere também ambientes com alta umidade relativa do ar.

lagrima

As podas não são recomendadas, pois podem transmitir doenças que apodrecem as extremidades dos ramos. Retire apenas ramos secos, doentes e mal formados, a época certa é logo após terminada floração.

As regas devem ser somente quando o solo estiver seco, evitando sempre o encharcamento. Deve ser plantada em solo arenoso e rico em matéria orgânica, levemente ácido. Plantada em locais frios, perde as folhas no inverno. Sensível à geadas.

Deve-se plantar a lágrima-de-cristo em solo fértil em material orgânico, como esterco animal e farinha de osso, com acidez moderada, sob sol pleno (embora floresça mais intensamente em lugares levemente sombreados) e drenável. É recomendável molhar o substrato antes de plantá-la e reforçar a rega após o plantio.

lagrima de cristo

As adubações de reforço devem ser feitas preferencialmente no Inverno; deve-se usar tanto adubos orgânicos quanto fertilizantes químicos (NPK com traço 10-10-10).  Não se esqueça de utilizar suportes e amarras para direcionamento. Floresce o ano todo, principalmente na Primavera e no Verão.

Sua multiplicação é feito por estacas retiradas de maio a junho. em solo fértil, rico em matéria orgânica.

0_9a2a7_a79fab54_XXL

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


hortênsia

A Hortênsia tem a sua origem na Ásia, podemos dizer que  dos seguintes países, do Japão e da China.  Por esse motivo é comum ouvir chamá-las de Rosa-de-Japão.

Existe mais de 600 cultivares de vários modos das Hortênsia. Elas possuem  o ciclo de vida perene e é arbustiva podendo chegar a altura de um 1,5 m. Sua florescência acontece em duas épocas do ano, nas estações da primavera e do verão.

As flores da Hortênsia podem variar entre vermelho, branco, lilás, azul, branco, rosa e violeta. São plantas que preferem o frio ou climas amenos. Calor nem pensar.

Como fazer mudas de Hortênsias: Propagação
Só é possível fazer mudas de hortênsias através dos galhos, estacas que devem ser retirados ainda quando estão bem, normalmente, o período é aquele de florescimento da Hortênsia principal.

Outro ponto importante é fazer o corte das estacas com atenção, além de cortá-las em bisel, a medida deve ficar em torno de 1 cm de diâmetro e 20 cm de comprimento.

muda

Fique atento a esses detalhes:
* É recomendado na hora de fazer mudas de hortênsias usar o hormônio enraizador;

* A parte que será aquela enterrada é que deverá ser mergulhada no produto;

* Não espere que surjam raízes antes de dois meses mesmo usando o hormônio enraizador;

* Plante as estacas em pequenos balaios e durante o processo de enraizamento elas devem ficar sob a sombra;

* Você pode usar para fazer a sombra que as estacas precisam: estufas, embaixo de árvores ou em ripados;

* O sol não pode bater direto na sua muda de hortênsia;

* Como fazer o solo do pequeno balaio: areia fina misturada com terra vegetal, na seguinte proporção: terra duas partes e areia uma parte igual. Deve ser bem misturada;

* Outro detalhe importante é o corte na parte inferior da estaca. Porém, ele deverá ser feito abaixo de uma gema ou de um nó. O mesmo deve repetir-se na parte de cima da estaca;

* Faça o desbaste das folhas na parte de baixo com muito cuidado, mas não retire todas elas, deixe entre 2 ou 3 pequenas que estão posicionadas na parte superior;

* O modo correto de fazer as mudas de hortênsias é no outono. Sendo que é uma planta fácil de ser cuidada não exige muito;

* A dica para deixar as hortênsias mais bonitas é colocar sempre uma boa quantidade de material orgânico. As flores serão mais bonitas;

* O solo deve ser mantido úmido.

mudas-hortensia

Como fazer mudas de hortênsias com cores diferentes
O que faz com que uma Hortênsia tenha uma cor e não outra é o PH do solo. Veja então a diferença de cada um e as cores que eles “produzem”.
* O solo ácido faz com que a Hortênsia seja azul.
* O solo com sulfato de alumínio em grande quantidade faz com que a Hortênsia seja azul violáceo.
* O solo alcalino faz com que a flores sejam rosas.
* Quando é muito alcalinizado o solo as flores nascem brancas.
* A dica para conseguir uma diversidade grande de cores de hortênsias é colocar carbonato de sódio no solo.

A beleza das hortênsias no jardim
Essa planta é usada de várias formas pelos paisagistas para compor um jardim, do solo a plantada em vasos. Também é usada em grupos chegando a criar uma cerca viva ou é colocada em um lugar só seu, um pouco mais isolada.

Outro uso comum das hortênsias em jardins é para fazer maciços ou bordas e vale ressaltar que também podem ser cultivadas em vasos e enfeitarem a parte externa da casa.

Hydrangea

Os cuidados que exigem as hortênsias
Como foi dito anteriormente elas exigem poucos cuidados porque são consideradas plantas rústicas. Porém, é recomendado que o solo para plantá-las tenha bastante matéria orgânica.

Se temos que falar em preferência em tido de solo, podemos afirmar que a das hortênsias é o ácido. Neste tipo de terra ela cresce mais vistosa, com flores bem mais coloridas e flores em maior quantidade.

Não descuide da rega diária das hortênsias no período seco, se ela estiver no período do aparecimento das flores, se torna mais importante ainda.

Assim como no cultivo ela precisa ficar à meia sombra, o mesmo se repete quando a planta já se desenvolveu. O contato direto com o sol não é recomendado em momento nenhum, pior ainda durante o verão.

Somente no sul durante o período mais fresco é que a Hortênsia pode ficar exposta ao solo da manhã.

Outra dica é não plantá-las perto de árvores. É comum nestes casos, que elas percam um pouco da umidade para as árvores. O que é péssimo para o crescimento delas.

muda-hortensia8

Outras dicas sobre cultivo e reprodução das Hortênsias
* A transposição pode ser feita em qualquer momento do ano, preferível evitar o calor em excesso.

* O buraco que irá receber a muda deve ser duas vezes maior que o tamanho da raiz da Hortênsia.

* O nível do chão é o lugar certo que planta deve ficar depois de cultivada.

* Tenha o cuidado de evitar bolsões de ar apertando o solo que está em torno da planta.

* A primavera é o período ideal para adubar a Hortênsia. Prefira os produtos que tenham fósforo e nitrogênio. Ou escolha aqueles que devem ser usados a cada 15 dias.

* O adubo é preferencialmente feito durante o inverno e serve para ajudar no crescimento saudável e mais rápido, mas lembre-se, sem exageros. Se perceber que as flores e folhas são poucas pode ser que você tenha errado para mais.

* A poda deve acontecer logo depois do fim da floração. Os galhos que ficarem sem flores dessa vez darão na próxima, preserve-os.

* O transplante também é melhor que seja feito durante o outono.

* E você pode usar os galhos que foram retirados da poda para fazer novas mudas.

Não esqueça que a água é essencial para que a planta cresça e fique bonita e saudável, mas é mais fácil uma espécie morre pelo excesso do líquido do que pela falta. Antes de regar confira se a terra ainda está úmida ou seca.

38430

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.