Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Glicínia ( Wisteria sp)
As Trepadeiras, que também podem ser chamadas de Lianas e Cipós, pertencem ao grupo de plantas que mesmo tendo as suas raízes fixas no solo precisam de um suporte para crescer. O suporte é necessário para que essas plantas possam crescer eretas e em direção ao sol.

As trepadeiras podem ser herbáceas ou lenhosas, as lianas, por exemplo, são apenas as trepadeiras lenhosas. Essas plantas podem ser bem interessantes para compor o seu jardim então continue lendo para saber mais sobre elas e conhecer as suas principais características.

Descrição das Trepadeiras
Os métodos utilizados pelas trepadeiras para escalar as superfícies são bem variados. Essas plantas podem ser volúveis (aquelas cujo caule se molda a uma superfície e prende-se a mesma) ou então podem apresentar gavinhas que são um tipo de prendedor que permite a planta se fixar na superfície.

As trepadeiras são bem comuns e algumas frutas e legumes bem como populares como uvas, chuchu e maracujás, por exemplo, são provenientes desse tipo de planta. Algumas dessas plantas são usadas como ornamentais como, por exemplo, a clemátis, a jasmim, a jiboia entre outras. Algumas rosas e filodendros também sãotrepadeiras, podem ser usadas para a cobertura de grades e de caramanchões.

Algumas espécies podem crescer como trepadeiras quando apinhadas, quando não existe uma superfície de apoio arbustos e árvores podem cumprir esse papel. Um exemplo disso é o gênero Banisteriopsis do qual faz parte o cipó caapi (utilizado para fazer o chá de ayahuasca).

Banisteriopsis caapi
Esse tipo de planta pode ser encontrado nas florestas dos trópicos e até mesmo nas zonas polares dos hemisférios sul e norte. A maior biodiversidade de trepadeiras pode ser encontrada em florestas tropicais.

Trepadeira com gavinhas
Essas plantas também são conhecidas como sarmentosas, uma das principais características é possuir estruturas que podem ser folhas ou ramos modificados. Essas estruturas tem a capacidade de se enrolar no suporte e assim permitir a fixação no mesmo. Essa fixação permite que a planta cresça em direção ao sol. Um exemplo é o Amor-agarradinho.

Amor-agarradinho (Antigonon leptopus)
Trepadeiras volúveis
Os caules e ramos desse tipo de trepadeiras são capazes de se enrolar nas estruturas enquanto a mesma cresce. O nome volúvel vem do fato de que esse tipo de trepadeira se adapta a forma do suporte.

Em geral a fixação acontece em suportes mais estreitos como fios de nylon, arame e até em colunas. Exemplos desse tipo de planta são Tumbérgia-azul e Sapatinho-de-judia.

Tumbérgia-azul ( Thunbergia grandiflora)

Sapatinho-de-judia (Thunbergia mysorensis)
Trepadeiras de raízes adventícias
As trepadeiras que tem esse tipo de raiz são bastante indicadas para fazer o revestimento de muros. Esse tipo de planta emite diretamente do caule as suas raízes modificadas que fazem a penetração e grudam no suporte com bastante aderência. Os tipos de plantas que exemplificam essas trepadeiras são Unha-de-gato e Falsa-vinha.

Unha-de-gato (Uncaria tomentosa)

Falsa vinha (Parthenocissus tricuspidata)
Mas por que cultivar trepadeiras?
Dentre os principais motivos para se escolher as trepadeiras como plantas para cultivar estão a sua capacidade de gerar sombra, disfarçar superfícies indesejáveis, dar frutos, sofisticar os ambientes e perfumar os mesmos.

Em geral esses são os principais motivos para optar por esse tipo de planta para o jardim. Porém, é importante relembrar que para cultivar esse tipo de planta é necessário contar com uma estrutura de sustentação que pode ser um muro, uma árvore, uma treliça, caramanchões entre outros tipos.

É possível contar com diferentes tipos de trepadeiras para diferentes climas e condições de luz. O cipó-uva (Cissus rhombifolia) bem como o sapatinho-de-judia se dão melhor com locais com uma boa sombra. Se o espaço que você possui para cultivar as suas trepadeiras tem incidência direta do sol a dica pode ser apostar na Sete-léguas (Podranea ricasoliana) e Congeia (Congea tomentosa).

Cipó-uva (Cissus rhombifolia)

Sete-léguas (Podranea ricasoliana)

Congéia (Congea tomentosa)

De forma geral esse tipo de planta não é muito exigente em relação a cuidados, mas é importante respeitar as suas características e necessidades.

Dicas para plantar trepadeiras
A característica essencial de uma trepadeira é se agarrar, enrolar ou se apoiar numa estrutura. Se na sua casa não existe nenhuma estrutura como um muro, por exemplo, você pode induzir o seu crescimento em outras superfícies como outra planta, por exemplo.

Materiais utilizados para cultivar uma trepadeira
* Vaso;
* Muda de trepadeira;
* Terra adubada para plantio;
* Argila expandida;
* Pedrisco;
* Manta bidim;
* Pá;
* Alicate;
* Fio de náilon ou barbante;
* Bambu ou outra estaca que sirva como tutor (no caso de quem não possui um muro ou parede que possa servir de apoio).

Depois de fazer o plantio da sua trepadeira é importante acompanhar de perto o crescimento da mesma. Tenha a certeza de que a sua planta está realmente crescer em direção ao sol. Durante esse processo pode ser necessário realizar podas das plantas, remover os galhos e folhas secas é importante para que a planta se mantenha saudável.

Regue com a frequência necessária para que a sua planta se mantenha saudável. Observe sempre o substrato da planta, quando esse está úmido é sinal que não é necessário fazer uma rega tão rapidamente. No caso de estar seco significa que está na hora de regar novamente.

Vale destacar que o crescimento pode ser acelerado com o adubo correto para cada fase da planta. Conheça bem o tipo de planta trepadeira que você deseja cultivar, pois como já dissemos é possível encontrar algumas que gostem e outras que não gostem de sol. Conheça bem a espécie que você deseja ter no seu jardim e assim tenha melhores resultados no cultivo.

janel30

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post