Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Posts com tag ‘dicas’

Você se encontra em uma área fria e não sabe quais plantas pode ter em seu jardim? Então veja abaixo uma lista de alguns arbustos e plantas para climas que toleram bem essas condições: os cactos, os amores-perfeitos são algumas das mais habituais, sobre as quais é indicado alguns cuidados básicos que precisam para se manterem saudáveis.

jardim-de-cactos

Cactos
Muitas variedades de cactos suportam bem o frio, chegando a resistir a temperaturas inferiores a zero graus. Em relação ao cacto, a primeira coisa que você deve saber é que toleram bem a falta de água, mas em excesso pode fazer com que a planta murche. Quanto à irrigação, só deve ser feita se o terreno estiver muito seco e através da irrigação do solo e nunca sobre o cacto.

amor-perfeito

Amores-perfeitos
Por outro lado, os amores-perfeitos são ideais tanto para climas frios como para os quentes, Entretanto, por sobreviverem perfeitamente às geadas leves e ao orvalho são uma boa opção para enfrentar as temperaturas baixas. No entanto, a única condição presente é que precisam ser regados regularmente para que o seu terreno esteja sempre úmido, mas não encharcado, bem como devem receber muita luz solar.

nandina

Nandina
Este arbusto, também conhecido como bambu sagrado, precisa de irrigação a cada três dias na época estival e a cada dez no inverno. Também não chega a congelar, tolera o calor do verão e resiste perfeitamente às mudanças radicais de temperatura. Além disso, as suas folhas verdes voltam a ficar laranjas e vermelhas no outono, enquanto que no inverno produz frutos vermelhos.

Mahonia

Mahonia
Este é mais um arbusto capaz de se adaptar a qualquer tipo de solo e clima, mas que no inverno também produz flores de cor amarela que, ao frutificar, produzem cachos de uva. Além disso, a mahonia suporta as geadas e, em áreas extremamente frias, as suas folhas ficam roxas. No entanto, o tipo aquifolium varia a sua cor de verde limão a avermelhado no inverno, o que oferece um aspecto muito bonito para qualquer jardim.

Cornus florida-A

Cornus
O cornus é um arbusto que pode chegar a ter cinco ou seis metros de altura e é resistente às baixas temperaturas e adequado para todos os tipos de solos. Além disso, caracteriza-se pelo forte colorido de seus troncos, dependendo da variedade. Por exemplo, os da sanguínea são vermelhos, enquanto os da alva, brancos. Por outro lado, este arbusto não requer muitos cuidados e cresce bem tanto no sol como na sombra.

Euonymus

Euonymus
Da mesma forma, propomos outro arbusto originário do Japão que pode ser cultivado em vasos e é resistente às baixas temperaturas características do inverno. Trata-se do euonymus, um arbusto perenifólio que para se conservar em ótimas condições deve ficar em áreas externas recebendo sol abundante.

folhas em-movimento-9

Sete-Leguas

Não existe espaço em uma residência tão aconchegante quanto a sua área externa. Trata-se de um local perfeito para ler um livro, tomar sol, receber os amigos para um bate-papo, ou simplesmente curtir um fim de tarde sozinho.

Para deixar esse local perfeito, além de escolher os móveis corretos, que sejam ao mesmo tempo confortáveis e resistentes às intempéries, é preciso ter cuidado na hora de escolher as plantas que serão dispostas nesse ambiente.Não existe regra na hora de decorar a área externa de sua casa.

Porém, para que esse espaço seja mesmo perfeito é preciso escolher a decoração certa e o mais importante, as plantas que são adequadas a eles. Até porque um jardim só é bonito se estiver bem cuidado, se as plantas estiveram morrendo ou seca, o resultado será o contrário daquele desejado.

Mas, não existem regras para se decorar um jardim e sim planejamento e bom senso. Falando em decoração em linhas gerais, ela deve sempre refletir a personalidade de quem vive ali.

Outro ponto importante é dar sempre prioridade ao conforto sem perder de vista o lado prático. Para começar decore pensando no tamanho que você tem e não no que você gostaria de ter.

Se você mora em um lugar onde normalmente bate muito sol e ainda por cima, ele é forte, terá que escolher com mais cuidado as flores e plantas.

O ideal é colocar somente as espécies que aguentam esse tipo de temperatura. Alguns exemplos:
* A cossandra, por exemplo, suporta o sol forte e pode ter certeza que deixará o seu jardim ainda mais bonito. Pode também ser plantada em vaso próximo a outras plantas rasteiras, um exemplo, o alecrim.

cosandra

* Sobre planta florífera aposte na lavanda, perfumada e suporta muito bem o calor e o sol quente. Sem falar na beleza das suas flores. Ela pode ser usada até mesmo em floreiras colocadas na varanda.

lavanda

* O Agapanto: além de florescer muito bem sob o sol forte, essa planta ainda resiste ao frio. Excelente para quem mora em regiões em que a temperatura varia muito durante o ano. Ele fica lindo tanto contornando o terreno quanto em canteiros espalhados pelo jardim e tem cores que variam desde azul e liláses até o branco.

agapanto-sol

* A azulzinha dá um pouco mais de trabalho. Apesar de suportar o sol quente ela precisa de rega com maior frequência e não suporta ventos fortes.

Azulzinha

Mas, não pense que suas opções se limitam aos quatro exemplos dados acima, você ainda pode considerar, para ambientes pequenos, até mesmo para varandas, espécies de ervas. Alguns exemplos: alfazema, sálvia, alecrim e tomilho.

Já para quem tem um grande quintal pode colocar na lista: as roseiras, as plantas frutíferas como, os pessegueiros, as ameixeiras, além de, olmos, carvalhos, magnólias e bordos. Outros exemplos: pinhas, zimbros, teixos, pinheiros, entre outras.

Claro, que para um jardim ficar bonito é melhor variar nas espécies escolhidas para compô-lo. Neste caso, os paisagistas fazem um alerta para que você tenha atenção do que foi plantada perto de que.

Por exemplo, algumas plantas não suportam a sombra e você, sem perceber, pode acabar colocando uma espécie que crescerá muito e fará sombra, perto de uma desse tipo. Além da iluminação natural, atenção à ventilação.

Antes de comprar qualquer espécie é melhor perguntar ao vendedor e conversar sobre as particularidades de cada uma delas e principalmente, revelar qual é a sua intenção. Diga que se trata de uma planta para ficar em um jardim externo cujo bate muito sol.

Flores que precisam de sol forte
Onze-horas, cravina, gerânio, pelargônio, flor-da-fortuna, petúnia, hibiscos, sininho, suinã, sapatinho-de-judia. Todas garantem lindas flores durante os períodos de sol quente.

onze_horas01

As plantas na hora do replantio com sol pleno
Caso seja replantada uma espécie no momento do sol pleno, tenha muita atenção, comece com as regras básicas: os vasos devem ter furos para drenar a água.

No caso de varandas, pode-se colocar as plantas de modo que a água escorra para o ralo. Faça um planejamento antes, para evitar sujeira e para não criar acúmulo de água.

Uma técnica para deixar as suas plantas mais bonitas é usar cascas de árvores ou pedriscos sobre a terra, que no caso das plantas de sol pleno ficam aparentes.

Atenção para não confundirem plantas que aguentam sol forte com plantas que necessitam passar o dia todo sob ele. Na verdade, elas suportam a luz solar numa média de horas que varia de 6 a 8 horas.

E o cuidado com essas plantas é o mesmo dispensado com qualquer outra e observando essa ou outra necessidade individual de cada espécie.

Para as varandas de apartamento, que nem sempre batem tanto sol assim, mas a iluminação natural está garantida, existe algumas espécies mais adequadas, que você conhecerá logo adiante.

Se estão em busca de plantas para deixar a parte externa linda como a parte interna, confira essas dicas.

As plantas a seguir podem inclusive ser cultivadas dentro de casa, mas que a iluminação natural e a ventilação estejam garantidas.
* A ráfia pode ser cultiva dentro e fora de casa, ela é bem pequena, boa para espaços menores e pode estar no mesmo vaso dividindo com outras plantas.

palmeira-rafia

* A licuala é uma planta que se adapta muito bem aos ambientes fechados, o único problema pode ser o preço para adquirir um exemplar, normalmente, é uma planta que custa bem mais do que as outras.

licuala
* Já a clívia é outra planta que pode tranquilamente ser cultivada dentro de casa e uma das suas vantagens, principalmente para quem não tem tempo, é que as regas podem ser feitas uma vez na semana somente.

clívia

No caso do plantio de espécies de plantas para dentro de casa, aposte em vasos ou cachepôs como itens de decoração, procurando escolher objetos que combinem com o estilo de cada ambiente. Os vasos e cachepôs mais utilizados são os de vidro e madeira.

folhas em-movimento-9

transplante

Transplantar plantas é essencial para a manutenção de um jardim saudável. Quando uma planta cresce demais em relação ao seu vaso, suas raízes podem ser danificadas ou sufocar, diminuindo seu crescimento e deixando ela com um aspecto doente.

Para prevenir esse tipo de problema, a planta deve ser transferida para um recipiente maior. Apesar dos transplantes serem importantes, o processo pode ser perigoso e traumático para as plantas. É importante, portanto, tomar muito cuidado. Aqui estão alguns passos para que você transplante uma planta com segurança e com mínimo de riscos.

Passos
* Regue todas as plantas que você vai transplantar usando um fertilizante de transplante. Faça isso de 1 a 2 dias antes do dia do transplante para que o fertilizante faça efeito.

* Preencha o vaso novo com terra para vaso. Ele deve ficar cheio até que sobre apenas 5 cm até o final do vaso.

* Misture o mesmo fertilizante de transplante do passo 1 com uma quantidade de água igual e molhe a terra do vaso novo. Certifique-se de que não deixar nenhuma parte da terra seca.

* Faça um buraco na terra do vaso novo com aproximadamente as mesmas dimensões do vaso antigo.

* Remova a planta do vaso original. Segure a base da planta com a mão reta e certifique-se de cobrir o máximo possível de solo. Vire o vaso de cabeça para baixo e cuidadosamente puxe a planta junto com a terra. Não faça isso muito rápido, pois senão você pode danificar as raízes no processo.

* Coloque a planta no vaso novo, tomando cuidado para não danificar as raízes. Coloque um pouco de terra extra para preencher os buracos e garantir que nenhuma raiz fique exposta. Regue um pouco o vaso com a água misturada com o fertilizante de antes.

* Deixe o vaso novo em um lugar com pouca luz por alguns dias. Levará de um a 2 dias para que a planta se adapte ao novo solo, e somente depois disso é que ela pode ser levada de volta para um ambiente com bastante luz.

transplantar-planta

Dicas
* Um transplante incorreto pode ser prejudicial para a saúde da planta, podendo até matá-la. Apesar disso, um transplante correto pode fazer com que uma planta que estava morrendo ou doente recupere totalmente sua saúde.

* Ao transplantar uma planta para um vaso novo, certifique-se de que ele tenha espaço extra para que a planta continue crescendo. Isso ajudará as plantas a se acomodarem no novo ambiente, permitindo que elas cresçam com o mínimo de traumas.

* A melhor hora do dia para transplantar as plantas é tarde da noite. Dessa maneira as plantas terão a noite inteira para se recuperar e se adaptar ao novo solo, sem ter que lidar com a luz do sol até a manhã seguinte.

56890

samambaia-2500-

As samambaias são uma das plantas mais antigas do planeta e atualmente servem como decoração em muitas casas. Existe uma grande variedade de samambaias e podem proceder de diferentes lugares, ainda que sempre de regiões cálidas e úmidas ao mesmo tempo.

Os cuidados com as samambaias não são muitos nem demasiado específicos, mas se queremos que nossas plantas cresçam sadias e fortes, deveremos prestar-lhes a atenção necessária.

Elas são lindas plantas de crescimento rápido que ficam muito bem no corredor de uma casa ou como protagonistas penduradas na decoração de um jardim. As samambaias são muito resistentes e proporcionam luminosidade aos espaços graças à sua característica cor verde.

Se quiser uma em casa, neste artigo é explicado como cultivar samambaias.
* Em primeiro lugar, cabe destacar que as samambaias procedem, na maioria, de regiões com clima temperado e úmido, por isso será necessário mantê-las em um meio com muita umidade.

* O que se deve fazer para cultivar uma samambaia é comprar a raiz que vai plantar em uma loja especializada em jardinagem. Ao escolher a raiz verifique que está livre de qualquer praga e que se encontra saudável. O ideal é plantar a samambaia no outono ou primavera.

* As samambaias são plantas que crescem muito, e como costumam ser usadas como elemento decorativo suspenso, é recomendável ter um bom suporte e base onde plantá-la, já que com o tempo e o crescimento das folhas ela ficará cada vez mais pesada. Compre uma linda base que permita à planta respirar.

samambaia

* Antes de plantar é importante preparar um substrato especial. O ideal é que esteja composto por terra de urze, terra de consistência média e areia. Os fertilizantes não são necessários para estas plantas, no entanto, é necessário que o substrato seja leve e com excelente drenagem.

* Depois de preparar o substrato é hora de plantar a samambaia. É recomendável que o buraco seja duas vezes maior e mais profundo que o tamanho da planta. Depois de colocada, pise o solo delicadamente e regue.

* A frequência de irrigação deve ser regular, a planta deve estar sempre úmida, não molhada, e deve-se evitar sempre a presença de água estancada. Por isso algumas pessoas também recomendam regar, esperar até que a água seque e fazer a seguinte irrigação.

* A samambaia deve estar localizada a meia sombra e isto é obrigatório, já que esta planta não suporta a luz direta do sol, e se ignorar este detalhe as folhas da samambaia começarão a ficar cada vez mais amarelas até morrer.

* Depois de plantar a samambaia deverá cuidar dele como este tipo de planta requer.

* Também, durante o verão será necessário borrifar as folhas das samambaias com um spray ou vaporizador, para mantê-las frescas e úmidas, bem como usar um substrato poroso.

samambaia cabelo-de-anjo
* Por outro lado, também será importante colocar as samambaias em um lugar apropriado para que recebam luz, mas de forma indireta. Não deveremos colocá-las onde o sol incida diretamente e, além disso, será bom colocá-las em um lugar ventilado, ainda que sem corrente.

* Quanto aos fertilizantes, poderemos colocar nas nossas samambaias fertilizantes líquido para plantas verdes dissolvido na água de rega a cada 15 dias durante a época de crescimento.

* À medida que as samambaias forem crescendo, será conveniente transplantá-las para um vaso maior para que se desenvolvam corretamente. A melhor época para fazer isso é em primavera

30