Crocus - PlantaSonya - O seu blog sobre cultivo de plantas e flores
Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




crocus-1

Nome científico: Crocus spp.
Também conhecida por: Crocus, Açafrão, Erva-Ruiva, Açafrão ornamental, Croco.
Família: Iridaceae
Plantar: Outono (Final de Setembro a Outubro)
Profundidade: 8 a 10 cm
Floresce:Final do Inverno, Início da Primavera
Semear: cm de distância
Altura: 10-25 cm
Originária: Região do mediterrâneo interior, Grécia, Balcãs, Médio Oriente
Regas: moderadas
Aprecia: Sol ou meia sombra, climas frescos, solos arenosos e pouco ricos
Pode-se adicionar um pouco de brita (pequenas pedras), ao solo, para obter uma drenagem mais desejável
Não tolera: Geadas fortes
Ciclo: Perene
Multiplica-se por: multiplicação do bolbo após as folhas secarem completamente e, em algumas espécies, por sementes.
Muitas espécies chegam a florir durante 20 anos, o que é uma longevidade impressionante.
Ideal para: Canteiros, maciços, bordaduras, vasos, floreiras, jardins rochosos e local definitivo, como à volta de árvores, é uma planta sociável, pelo que se deve plantar vários cromos na mesma área.

O crocus precisa e um verão seco. Por isso evitar planr em zoas que precisem de regas no Verão.
Um cromo pode florir entre uma a cinco flores
Deixas a planta morrer naturalmente, sem cortar a flor após esta murchar.
Em potes (vasos e floreira) pode precisar de um adubo rico em potássio e fraco em nitrogênio
Agrega-se bem, pelas necessidades, a narcisos e tulipas
São muito apetecíveis por ratos e esquilos, pelo que se pode de ter de salvaguardá-los envolvendo-os numa rede, quando colocados em local definitivo no relvado.
Guardar os cromos no fim da estação em que floriu (Primavera)
“O açafrão, especiaria muito conhecida, provém de uma espécie de Crocus o Crocus sativus. Para se obter 1kg de açafrão, são necessárias 150.000 flores, sendo retirado a partir de dos estigmas das mesmas.
Existem já registros desta planta se trazida para a Holanda de Constantinopla em 1560, por um embaixador da cúria romana, Ogier Ghiselin de Busbecq. Mas em Crea xite os anteriores a esta data que mostram a ancestralidade desta planta.
O seu nome deriva do grego krokos (κρόκος), que significa açafrão ou açafrão amarelo tal como o hebreu karkōm, o armaico kurkama e o persa ou árabe kurkum.

bulbos

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post