Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Crossandra Infundibuliformis1

A crossandra pertence a família de nome Acanthaceae e é nativa da Ásia – Índia e do Sri Lanka.

Trata-se de um arbusto que gosta de climas quentes, por isso, se adapta somente nos climas: tropical, subtropical e também no equatorial.

Uma crossandra chega em média de altura entre 0.6 a 0.9 m e depois de plantada ela deve ficar sempre a meia sombra, apesar de gostar de temperaturas médias mais para altos do que para baixas. Quanto ao seu ciclo de vida é considerado perene.

Características da crossandra
A crossandra é uma planta florífera e se enche de flores em determinados períodos, ela se apresenta na forma ereta, com um porte arbustivo, além disso é perene e possui uma textura tipo herbácea.

Suas folhas são glabras, lanceoladas e opostas, se apresentando com as margens onduladas, mas nem sempre. A cor das folhas também é um grande atrativo dessa espécie porque é de um verde brilhante e intenso.

É durante o outono e o inverno que acontece a inflorescência da crossandra, que para alegria de quem a cultiva é longa. As flores são eretas, em formato parecido com uma espiga e na cor verde, elas podem ser tanto terminais quanto axilares.

Quando o florescimento acontece nas épocas mais frias do ano, ele começa bem no ápice, as primeiras flores são poucas e raras, que vão desabrochando um pouco de cada vez. Mas, quando estão prontas são bem vistosas e se apresentam de maneira assimétricas, o que as tornam ainda mais interessante para os olhos.

Crossandra_infundibuliformis_-_

As flores se apresentem em várias tonalidades diferentes fazendo da crossandra uma planta ainda mais interessante. Lembra-se do nome crossandra salmão ou crossandra laranja, não são por acaso, é porque muitas vezes as flores são nas cores salmão e laranja, e em outras, rosa, amarela e até mesmo um tom bem delicado de azul bem clarinho.

Essa diferença de cores das flores da crossandra são em consequência do tipo de cultivo que foi escolhido.

A crossandra é muito usada no paisagismo, porque é claro que se trata de uma espécie bonita de se ver. Porém, não é só pela beleza da planta que ela é escolhida para ser usada no paisagismo, e sim porque sendo uma planta tropical e apresentando um tipo de crescimento particular (moderado) e ainda sendo perene, ela é uma boa opção.

A planta no paisagismo é usada para fazer cercas vivas, bordaduras e maciços, sendo usada em grupos ou simplesmente sendo cultivada em vasos ou jardineiras e incluída no projeto do jardim ou quintal da casa.

Vale ressaltar que é bom fazer o beliscamento ou pinçamento das mudas com frequência porque isso ajudará o adensamento da planta enquanto ela estiver passando pela fase do crescimento.

Uma vez que eles estiverem grandes, crescidas, será necessário fazer as podas, de preferência depois do primeiro florescimento, isso ajudará fazer a melhor renovação das folhas e elas ficarão com o formato que você preferir.

Crossandra Infundibuliformis00

Cultivo
A crossandra gosta de temperaturas altas para que o seu cultivo seja bem sucedido, então, espere o sol pleno para plantá-la, no máximo, tente com meia sombra.

O que a crossandra não pode abrir mão é de um solo fértil para se desenvolver bem e de preferência que ele seja sido enriquecido com matéria orgânica. Outro detalhe importante em relação ao solo é que ele deve ser permeável e a irrigação deve ser periódica.

Uma curiosidade sobre a crossandra em relação ao cultivo, é que você deve ficar atento, porque na hora de cultivá-la o sol pleno é o ideal, mas na verdade, se trata de uma planta que não tolera o sol, ela prefere ficar na meia sombra ou em um ambiente que os raios do sol sejam filtrados.

Um lugar com uma tela, por exemplo. É muito comum que as pessoas se confundam sobre esse ponto, dada à particularidade e depois de cultivá-la em sol pleno, mantém a planta a maior parte do tempo recebendo raios solares diretamente.

Apesar do seu ciclo de vida ser perene , ela não demonstra o mesmo vigor quando chega a determinada idade. As flores vão ficando com menos viço e a quantidade também é menor.

Crossandra Infundibuliformis

Por isso, para quem usou a planta no projeto de paisagismo é recomendado de tempos em tempos renovar os canteiros, colocando mudas jovens, o ideal seria que essa renovação acontece entre 3 a 4 anos.

A crossandra não gosta mesmo dos extremos, assim como ela não resiste ao som pleno e precisa de meia sombra, ela também não suporta o frio excessivo, em ambos os casos ela pode acabar morrendo, sem nenhuma chance de recuperá-la.

É importantíssimo que sejam feitas as podas sempre após cada florescimento, é graças a ela que a planta terá a sua folhagem renovada e é a tua oportunidade de fazer com que ela tenha o formato que você deseja.

Para multiplicação dessa espécie você pode usar dois tipos de técnicas, a mais comum, através de sementes ou também usando estaquia.

teka 08

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



One Response

  1. #1
    tatiane barbosa 
    Thursday, 16. March 2017

    Olá. Adorei as dicas. eu havia comprado uma crossandra amarela sem saber qual a espécie. Hoje vi a laranja numa lojinha e perguntei. Ajudou bastante seu post :)

Comente sobre o post