Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




cacto

Os cactos são tipos de plantas que se caracterizam por sua alta resistência às condições extremas de calor, já que retêm a água em seus caules, folhas e raízes. Mas o que acontece com os cactos no inverno? Devemos tomar algum cuidado especial com a chegada do frio? A verdade é que sim, por isso uma breve explicação de como cuidar de um cacto no inverno.

Irrigação
No caso dos cactos plantados no exterior, não devemos regá-los se morarmos em uma área com geadas frequentes, já que a água se solidificaria e danificaria nossas plantas.

Nos cactos que temos no interior de casa, durante o inverno devemos colocar água uma ou duas vezes por mês, já que se encontram em um período de repouso e precisam de menos nutrientes para viver.

vasinho cacto

Adubo
Apesar dos cactos serem plantas muito resistentes, também precisam de um bom substrato para se desenvolverem da melhor forma. O mais recomendável é plantá-los em terra leve com uma boa drenagem, principalmente no inverno, para evitar que a água encharque e faça a planta apodrecer.

Condições meteorológicas
As baixas temperaturas, assim como as adversidades meteorológicas prejudicam estas plantas no inverno. É por isso que devemos proteger os cactos das geadas, chuvas fortes, neve, granizo e outros efeitos do tempo.

Transplante
No inverno os cactos não devem ser transplantados, pois seria contraproducente pelo fato de ficarem em uma etapa de letargia. A melhor época para trocar este tipo de plantas de vaso é entre setembro e dezembro, correspondendo à época da primavera.

ventojjj

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


danububio

O danúbio é uma planta do tipo herbácea, que cresce de forma perene e é muito florífera, natural dos Estados Unidos e pertence à família Asteraceae. Suas características de cultivo é o que a tornam uma planta excelente para plantar em jardins, conforme você verá mais à frente.

Pode-se dizer que além de bela, a planta não apresenta um cultivo difícil ou problemático, bastando, apenas, alguns pequenos cuidados para ter sempre belas flores entre suas folhagens.

A floração do danúbio varia de acordo com o clima da região quando se trata de quantidade e época do ano, por exemplo, nos locais de clima temperado, a floração costuma acontecer na primavera e no verão; já em regiões onde o inverno não costuma ser rigoroso, ou seja, é mais ameno, a floração pode ocorrer mesmo durante estes períodos, como o inverno e o outono.

Stokesia laevis branca

As flores do danúbio podem ser azuis, roxas, rosas, brancas ou amarelas, dependendo do cultivar da planta.

O danúbio é indicado principalmente para o plantio em jardins campestres, por exigirem pouca manutenção, além de suas características de beleza, como já dissemos, e também podem ser cultivados em janelas ou jardins verticais.

O melhor ambiente para a planta é aquele que o favorece em questões de intensidade de luz solar, pois o Danúbio desenvolve-se muito bem com muita luz do sol, mesmo que possa ser cultivado à meia-sombra.

O solo para plantar danúbio deve ser fértil, rico em matéria orgânica (você pode adubá-la se quiser, com adubo orgânico ou o NPK 5-5-5, mas se utilizar o químico, faça-o no máximo uma vez por mês).

stokesia

O solo pode ser irrigado regularmente, mas vale lembrar que este tipo de planta não gosta muito de alta umidade. Regue-a apenas quando a terra estiver seca, mas sem esperar que ela se torne quebradiça, para que a planta não chegue a sentir “sede”.

A multiplicação do danúbio pode ser feita a partir de touceiras enraizadas, ou por métodos como a estaquia, alporquia ou mergulhia. Para propagá-la através de sementes, saiba que a quebra de dormência é feita com frio de 4ºC por um período de 6 semanas.

Importante
* O Danúbio gosta de sol intenso para se desenvolver.

* Pode não parecer, mas a planta possui grande resistência durante as temperaturas mais baixas.

danúbio
* Apesar de também poder ser cultivado à meia-sombra, neste estado, o Danúbio costuma apresentar uma quantidade muito inferior de flores, ao contrário da outra condição.

* Pode sobreviver muito bem a períodos de estiagem.

* Solo preferencialmente ácido, com riqueza em matéria orgânica e, se possível, um pouco seco (mas não ao ponto de deixar a terra quebradiça).

chuva no mar

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


dama-da-noite

Por este nome popular de dama-da-noite são conhecidas algumas plantas de floração noturna. Suas flores começam a abrir no final da tarde, atingindo o apogeu perto da meia-noite. Pela manhã estarão fechadas, pois a polinização aconteceu de noite, feito por insetos ou morcegos.

Estamos falando do Cestrum nocturnm, este é um arbusto de grande porte, muitas vezes usado para ornamentação de calçadas. Também são conhecidos popularmente com os nomes de rainha-da-noite, flor-da-noite, jasmim-da-noite, coirana, coerana e jasmim-verde.

Seu habitat original são as regiões tropicais das Antilhas e México, assim como também é nativa da Índia. Pertence à família das Solanáceas.

A dama-da-noite é uma planta arbustiva de ciclo de vida perene. Pode atingir alturas de até 4 metros, apesar de seu tamanho médio girar em torno de 1,5 m. Chega a 1,5 m de diâmetro.

cestrum

Ao cair o sol é quando as flores deste arbusto se abrem e desprendem seu cheiro. Daí vem o seu nome dama-da-noite. Desfrutar da dama-da-noite em casa é muito fácil, já que os cuidados que requer são básicos e muito simples de realizar. Por isso, uma breve explicação sobre como plantar dama-da-noite para que possa ter esta planta sempre em casa.

Em primeiro lugar, deverá escolher o lugar apropriado para colocar a sua dama-da-noite, já que esta planta não tolera as baixas temperaturas e, portanto, deverá ser protegida do frio principalmente se mora em uma região com variações térmicas pronunciadas.

Deste modo, pode colocar em um lugar do seu jardim com teto para prevenir as geadas, mas onde também receba a luz solar para que no verão possa desprender seu cheiro característico.

cestrum_nocturnum_1011

A dama-da-noite costuma se adaptar à maioria de solos; não deverá se preocupar muito pelo tipo de substrato, mas sim garantir uma correta drenagem que evite a acumulação de água.

Quanto à irrigação que a dama-da-noite requer, será suficiente regar duas vezes por semana durante o inverno e a cada dois dias no verão, já que a quantidade de água que precisa é maior. É importante que a planta não fique encharcada para prevenir o apodrecimento das raízes.

Entre os cuidados básicos da dama-da-noite encontramos também a necessidade de retirar as folhas e flores murchas para conseguir que o resto cresça com mais vigor. Além disso, no começo do verão – quando já tiver florescido – deverá podar para evitar que cresça muito.

damadanoite

Também é recomendável dar nutrientes à terra da dama-da-noite, por meio de fertilizantes líquidos ricos em ferro. Deste modo, estaremos ajudando a que cresça forte e saudável, principalmente na etapa em que floresce.

Se desejar plantar a dama-da-noite em vaso, deve saber que isso só é possível se usar uma treliça de apoio e um vaso de grandes dimensões e de cimento, de forma a suportar o peso da planta,.

descanso

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.


Tunera_diffusa_

A damiana é uma planta pertencente à família Turneraceae, nativa da América Central, México, América do Sul e do Caribe. A belíssima flor amarela é também uma poderosa erva medicinal, contendo propriedades afrodisíacas e funcionando como tônico para os nervos.

Constitui-se em um pequeno arbusto resistente que pode ser cultivado em diferentes solos e, assim, em diferentes locais. No entanto, não possui a mesma resistência às geadas e, por isso, em regiões de invernos rigorosos é preciso que essa espécie se desenvolva em ambientes fechados e adequados.

Produz flores pequenas e aromáticas. Floresce do início ao fim do verão e é seguido por frutas que se assemelham muito ao figo. É dito que o arbusto tem um odor de camomila, devido a um de óleo presente na planta

Para saber mais sobre essa flor e  como plantar a damiana, veja as dicas reunidas neste artigo.

turnera

Para saber como plantar damiana é preciso ter em mãos as suas sementes, recipientes pequenos para plantá-las, terra e composto orgânico. Você pode começar colocando um pouco de terra e composto no pote, que não precisa ser muito grande, o que vai ajudar a germinação da planta.

Assim, quando ela estiver maior, a muda pode ser transplantada para o vaso onde vai crescer e mesmo para o solo. As sementes podem ficar levemente enterradas, a menos de um centímetro de profundidade.

Por fim, regue os potes onde as sementes foram colocadas e, de preferência, deixe-os em lugares bem iluminados, o que vai ajudar na germinação da damiana. Já quando for transplantar a damiana para o seu local definitivo, é importante que a planta receba de 8 a 10 horas de sol por dia.

Além disso, a troca de lugar, de preferência, deve ser feita quando já estiver bem quente. Desse modo, o indicado é que o cultivo da damiana seja realizada um mês e meio antes do verão chegar.

turnera diffusa

Depois que a damiana for colocada diretamente no solo ou no vaso onde vai permanecer é importante que ela seja irrigada logo em seguida. No entanto, como ela não precisa ser molhada com muita frequência é preciso cuidar para não dar mais água do que o necessário. Em lugares e épocas do ano em que chove bastante, ela pode nem ter que ser irrigada.

Além disso, para o momento do transplante é melhor escolher um dia que esteja nublado ou mesmo fazer o procedimento no final do dia. Esses cuidados reduzem o risco da planta morrer, sendo a troca de lugar uma ocasião que as mudas de forma geral estão mais sensíveis.

O solo onde a planta for cultivada pode receber composto orgânico para se tornar mais nutritivo para a espécie. Se for plantar damiana em vasos, não se esqueça de colocar no fundo uma camada de cascalho para ajudar na drenagem e evitar que a terra fique encharcada.

damiana

O vaso também pode receber terra e composto. Além disso, em lugares frios o melhor é ter a planta em vasos, assim, nos dias com temperaturas muito baixas eles podem ser abrigados em lugar seco. Mesmo assim, os vasos precisam receber luminosidade em abundância.

Ao completar dois anos do plantio da damiana já é possível colher as flores da damiana, sendo que as flores e folhas que secarem podem ser usadas para fazer infusões. Para que a sua planta fique sempre bela e cresça forte tenha o costume de remover folhas e partes secas.

alameda vermelha

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.