Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




orquídea Marcrantha

Um dos maiores pesadelos de quem coleciona orquídeas é ver seus exemplares serem atacados por pragas, comprometendo sua saúde e beleza, e em casos mais sérios levando a planta à morte.

Toda a planta tem naturalmente sua defesa, por isso além de tentar ajudar a planta a se recuperar com algum defensivo natural ou não, o segredo para minimizar esse mal é tentar descobrir o que está errado no cultivo, e que está debilitando as orquídeas, tornando-as vulneráveis a este tipo de ataque.

Sinceramente pouco importa qual o veneno você deve usar para salvar a planta, pois a planta se for bem cultivada e nutrida não sofre com doença ou praga nenhuma, então na verdade ela não precisa de remédio nenhum.

No meio da floresta este tipo de problema não acontece, porque lá a planta está adaptada e consegue tudo o que precisa no meio em que está.

Alguns dos fatores que mais prejudicam o cultivo de orquídeas nos orquidários domésticos, são os excessos de umidade, falta de nutrição adequada e falta de luminosidade.

Abaixo segue algumas receitas caseiras para acabar com as pragas indesejáveis que atacam suas orquídeas.

Cebola com alho e pimenta – Combate pulgões e qualquer tipo de cochonilha
Pegue uma cebola, uns quatro dentes de alho, uma colher de sopa de pimenta-do-reino ou uma colher de sopa de pimenta malagueta com um pouquinho de água apenas para bater no liquidificador. Esprema e deixe macerar por uma semana, depois dilua em em 10 partes de água. Borrife nas plantas.

Refrigerante com sal – Combate lesmas e caracóis
Pegue um pouco de refrigerante (pode ser aquele que está choco) e despeje em uma tampa de garrafa pet a do próprio refrigerante com a metade da tampa com sal de cozinha, agora deixe sobre o substrato do vaso de orquídea.

O cheiro adocicado do refrigerante atrairá a lesma ou o caracol que ao ingerir morrerá desidrato.
Obs.:
Coloque à noite, pois estas pragas têm hábitos noturnos.

Folhas de mamão – Combate pulgões e qualquer cochonilha e percevejos.
Duas folhas de mamão com talo, pica e adiciona um litro de água e bate no liquidificador e coa.

orquídea

Calda de sabão e alho – Combate cochonilhas brancas ou com carapaças e pulgões.
Amasse 3 dentes de alho e misture com uma colher de sopa de sabão de coco em raspas ou em pó. Dilua em 1 litro de água quente. Agite bem. Deixe esfriar. Coe e coloque no pulverizador. Borrife sobre os insetos.

Se a infestação for grande, repita na semana seguinte. O produto pode ser armazenado por até dois dias. Controle: limpeza manual com algodão úmido e utilização de inimigos naturais (joaninhas).

Chá de Losna – Combate lagartas e lesmas
Coloque 30 g de folhas secas de losna em 1 litro de água. Ferva por 10 minutos. Esfriar. Coe em um pano, torcendo para extrair o princípio ativo.
Obs.: dilua essa quantidade em 10 litros de água e pulverize.

Óleo mineral ou vegetal – Combate cochonilha com carapaça, insetos e algumas doenças fúngicas.
Diluir (1) parte de óleo (soja, etc.) em 100 partes de água. Ex: 1 ml de óleo 100 ml de água. Pulverizar sobre a planta.

Bicabornato de sódio – Combate a antracnose e o míldio
Diluir em 4 litros de água uma colher de chá de bicarbonato e 2,5 colheres de óleo vegetal, bata bem, em seguida, adicione meia colher de chá de sabão em pó. Aplicar semanalmente até que a doença desapareça.

Calda de fumo e sabão – Combate percevejos, besouros, pulgões, cochonilhas e trips.
Ferver 100 mg de fumo de corda em 2 litros de água por 5 minutos. Esfriar. Coar esse preparado e misturar com 2 colheres (sopa) sabão de coco em pó. Acrescentar 2 litros de água. Misturar bem. Aplicar sobre as plantas atacadas.
Obs.: Não é o mais indicado para orquídeas.

orquídea

Sulfato de cobre – Combate doenças fúngicas e bacterianas
Diluir em 1 litro de água, 2 colheres (café) do sulfato. Pulverizar a cada 15 dias.
Cuidados:
Não aplicar em temperatura acima de 32ºC. Não aplicar em plantas com flor. Proteja folhas e rizomas.

Canela em pó – Combate fungos (podridão negra)
Coloque canela em pós no substrato e planta.
A canela em pó induz a Phalaenopsis a produzir brotos.

Pasta selante – Para combater infecções nas feridas após corte e podas das plantas
1 colher de chá de vaselina;
10 gotas de própolis;
1 colher de chá de canela em pó;
Misture tudo e está pronto uma pasta selante e cicatrizante.
Obs.: Aplique inseticida caseiros nos horários mais frios.

Espero que com essas dicas tenha ajudado a cuidar e combater as doenças de suas orquídeas.

chuva_22

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post