Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Cymbidium

Grupo numeroso de orquídeas epífitas e terrestres, rizomatosas, originárias da Ásia tropical e temperada, abrangendo inúmeras formas hibridadas resultantes de trabalhos hortícolas de melhoramento. Pseudobulbos ovóides, com folhas coriáceas.

Inflorescência formada a partir da base, ereta, longa, com flores numerosas em cores variadas (vinho, rosada, amarela, creme, verde, etc.) e inúmeras tonalidades, formadas principalmente durante a estação da primavera.

Cultivada em vasos preenchidos com fibras de xaxim, coco ou terra orgânica leve, bem como para produção de flor de corte, sob telados ou proteção de estufas. Desenvolve-se melhor em regiões de altitude de temperaturas amenas.

Multiplica-se por divisão da planta, com a muda acompanhada de dois ou mais pseudobulbos, evitando prejudicar tanto quanto possível as raízes.

Cuidados Especiais

Iluminação – A Cymbidium gosta de bastante iluminação, mas não coloque em exposição direta à luz solar, por isso pode causar queimaduras em suas folhas. Dê preferência a luz solar filtrada por janelas de vidro, por exemplo.
Atenção – Folhas amareladas indicam excesso de luz; já as folhas estreitas, longas e de cor verde bem escura indicam iluminação deficiente.

Temperatura – A temperatura em torno de 20 a 25ºC é ideal para esta planta. Por serem plantas epífitas, que possuem raízes aéreas, as orquídeas suportam bem uma brisa suave e contínua, mas deve-se evitar ventos fortes e canalizados.

Regas – Evite que a mistura da terra no vaso fique demasiado seca ou demasiado encharcada! O mais indicado é regar a planta mais ou menos uma vez por semana. Para tanto verifique quando o vaso se tornar mais leve, indicando que não há água, ou se estiver muito pesado, o seu excesso. Além disso, deve-se encharcar a planta uma vez por mês, colocando-a com seu vaso original, submersa em um recipiente com a água à uma temperatura ambiente deixando-a por 5 a 10 minutos na água. A seguir deixe a planta escorrer completamente e coloque-a em seu lugar costumeiro.
Atenção – A rega excessiva fará apodrecer a planta e a falta de água enrugará a mesma.

Adubação – A fórmula NPK (nitrogênio, fósforo e potássio) deve ser aplicada a cada duas semanas, na proporção de 1 colher de café por litro de água, durante a primavera e o verão. A adubação pode ser suspensa nos meses do outono e inverno. Uma boa opção de adubação orgânica é a torta de mamona (1 colher de sobremesa por vaso), que pode ser fornecida uma vez ao ano, depois que o sistema radicular estiver bem desenvolvido.

Poda – A Cymbidium dá flores ema vez por ano. Depois de terminar a floração deve-se cortar as hastes florais próximas da base.

passarinho7

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



2 Responses

  1. #1
    helena batista 
    Wednesday, 13. October 2010

    os meus bolbos estão a ficar mirrados

  2. olá as orquideas cymbidium perde a folha dos bolbos mais antigos mas nao morre, novos rebentos vêm so se estiverem moles é que apodreceram, deve de 2 em 2 anos tirar do vaso e aparar as raizes um pouco limpar dos bolbos as folhas secas (esgaçar), cortar bem rente as amarelas e se quiseres reproduzir mais vasos separa os bolbos deixando pelo menos tres geraçoes coladas umas as outras (tres bolbos ou mais) deve ser feito em dia quente na lua nova do mes apos de perder as flores (junho ou julho)
    a terra deverá ter varios tipos caldeadas ex terra vegetal + trufa etc podera por cascas ovo trituradas depois de secas no forno e nao esquecer por bagacina juntamente para a planta escoar mais facilmente a agua no inverno para no ficar ensopada

Comente sobre o post