Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




orquídea

Se quiser mantê-la dentro de casa enquanto estiver em flor, coloque-a em local bem iluminado, fora do sol direto, e regue só quando o substrato começar a secar. Após a floração, não a deixe esquecida num canto do jardim. Enquanto espera pelo próximo período de florescimento, tome estes cuidados com sua manutenção, aplicáveis á maioria das orquídeas:

Você deve

:: Procurar saber seu nome no caso de ela não ter etiqueta de identificação. Conhecendo o gênero e a espécie a que ela pertence, fica fácil saber os cuidados específicos que ela requer.

:: Conservá-la à meia sombra, se possível em local com sol pela manhã: sob telados de sombrite a 50% copa de árvores, ripados, varandas, etc.

:: Mantê-la em local arejado e fresco, fora de corrente de vento. A maioria aceita temperaturas em torno dos 25o C.

:: Regar nas horas mais frescas do dia e só quando o substrato secar.

:: Adubar plantas adultas com fertilizante tipo NPK 20-20-20, plantas em formação com NPK 30-10-10e, para incentivar a floração, NPK 10-20-30, respeitando as dosagens recomendadas na embalagem.

:: Eliminar pulgões, cochonilhas e outras pragas manualmente ou borrifar as folhas com produtos específicos, aplicar fungicida não tóxico contra doenças por fungos e bactérias, como manchas nas folhas e apodrecimento de brotos.

Você não deve

:: regar de mais nem manter pratos com água sob o vaso. – Água em excesso causa mais danos que sua falta. – aplicar doses de fertilizante superiores as recomendadas pelo fabricante – transplantar durante o período de florescimento

:: Para saber mais sobre o cultivo de orquídeas, informe-se junto a orquidários e associações orquidófilas de sua cidade ou ainda, adquira revistas e livros especializados. Gostando da experiência, adquira outras orquídeas com florescimento em diferentes épocas do ano e tenha sempre uma flor, alegrando sua casa.

:: Se você pretende começar uma coleção de orquídeas, mas não tem muita experiência, escolha inicialmente as de cultivo mais fácil, como Paphiopedium, Oncidium ou híbridos de Cattleya, Dendrobium e Laellia. Os híbridos, além de serem bastante resistentes, podem florescer em alguns casos até duas vezes por ano.

:: Cuidado ao pronunciar o nome científico da sua orquídea. Devido a sua origem latina ou grega, a correspondência de sons é a seguinte: ph-f; ae-e; ch-k; oe-e; x-cs. Assim, Phaleanopsis soa “Falenópsis”; Oncidium marchalianum soa Oncidium “markalianum”; Coelogyne cristata soa “celogine” cristata; Maxillaria serotina soa “Macsilária” serotina.

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



2 Responses

  1. Olá
    Gostaria apenas de agradecer a sitação(como fonte de informação) o nosso orquidário. Qualquer informação necessária é só entrar em contato.
    Abraço
    Marcio
    Orquidario Recanto

  2. #2
    Suely Trigo 
    Friday, 2. September 2011

    Estou começando, meu marido construiu um orquidario td de sombrite e com a ajuda de amigos,alem das orquideas q ja tinha agora tenho várias mudas.
    Só que os problemas vieram juntos, não sei como cuidar direito de várias, alem de não conhece-las, mas sei que vou conseguir.
    Ler este site me foi de grande auxilio, obrigada!!!

Comente sobre o post