Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




dendhale

Nome Científico: Dendrobium Phalaenopsis SPP
Origem: Ásia
Ambiente: meia sombra.
Rega: moderada, não encharcar.
Substrato: casca de pinus, fibra de coco.
Curiosidades: apesar de pertencer ao gênero Dendrobium, como se parece com Phalaenopsis, as pessoas acham que seja um híbrido

Dendrobium phalaenopsis – Denphale Denphal, Denphale, Dendrobium phalaenopsis, qual o nome correto destas plantas? Na verdade, o que são exatamente estas plantas? Não se trata, como muitos acreditam e chegam a afirmar, de um híbrido entre Dendrobium e Phalaenopsis, dois gêneros que por sua distancia jamais poderiam se cruzar. Existe uma espécie de Dendrobium que pelo formato de suas flores que lembram bastante as flores de um Phalaenopsis, recebeu o nome de Dendrobium phalaenopsis. Este Dendrobium cruzado com outros Dendrobiuns próximos a ele, produziu híbridos que mantiveram a semelhança com Phalaenopsis, e passaram a ser chamado de Denphal ou Denphale. Na maior parte do mundo, os Denphal são conhecidos apenas como Dendrobium. Como no Brasil os híbridos de Dendrobium do grupo do Dendrobium nobile são muito difundidos e cultivados, coube a eles “adotar” o nome do gênero, restando, portanto ao outro grupo menos difundido entre nós, o do Dendrobium phalaenopsis receber o nome Denphal, nome este “inventado” não se sabe por quem. Embora a grande predominância no mercado seja dos Denphal de colorido avermelhado, que vai do rosa ao vinho, passando por todos os tons e texturas, chegando em alguns casos a apresentar um aspecto aveludado e quase negro, podemos encontrar também plantas com muitas outras cores.

Existem os Denphal conhecidos como compactos, cujo porte da planta raramente ultrapassa trinta centímetros e plantas que passam fácil de um metro e até um metro e meio de altura, sem contar a haste floral. O tamanho das flores também é variado, indo de 3 até 10cm, dependendo das plantas que entrarem em seu cruzamento. São em geral muito floríferos, e podem exibir simultaneamente cinco ou mais hastes florais saindo todas de um único pseudobulbo, apresentando cada uma de duas até mais de 20 flores. Além disso, é muito comum que um pseudobulbo que já tenha florido volte a florir no ano seguinte e mesmo por mais anos. As flores do Denphal são duráveis, chegando uma planta a permanecer florida por até três meses seguidos. São plantas facilmente adaptáveis ao nosso clima, de modo que atualmente podemos encontrar Denphal florido praticamente durante o ano todo. Hoje é possível montar uma coleção de Denphal que contenha plantas de flores verdes, amarelas, brancas, azuladas, marrons, flameadas, estriadas, concolores ou com labelo contrastando com as pétalas e sépalas, e muitas outras variações.

Cultivo: O cultivo de um modo geral é fácil. São plantas precoces, que começam a florescer dois anos após serem retiradas do laboratório, e que apresentam um crescimento bastante rápido, entouceirando com facilidade. São plantas que se adaptam a qualquer substrato, e por terem um crescimento bastante rápido requerem uma boa adubação principalmente quando os novos pseudobulbos estão se formando, período em que não deve faltar água para que a planta tenha pleno desenvolvimento.
Aceitam igualmente adubação química e orgânica.
Quando os novos pseudobulbos estiverem completamente formados, reduza as regras e evite aplicação de adubos muito nitrogenados, de modo a evitar que “gemas” que iriam florir venham a gerar novos brotos em lugar de flores. Preferem ambientes mais quentes e de alta luminosidade.

È normal que os pseudobulbos que já tenham florido uma vez pecam todas as folhas. Mesmo assim, não devem ser removidos pois podem voltar a florir, e além disso representam uma reserva de nutrientes que a planta pode utilizar em períodos de escassez.
Para a obtenção de novas mudas podemos replantar brotos que venham a nascer de gemas existentes no meio dos pseudobulbos. Podemos também dividir uma planta entouceirada em duas ou mais plantas, tendo o cuidado de deixar sempre em cada nova planta pelo menos três pseudobulbos, mesmo que estes não tenham nenhuma folha.

Devemos ter o cuidado de estaquear os novos brotos mesmo enquanto ainda estão em crescimento, principalmente dos Denphal de pseudobulbos mais longos, pois estes possuem uma tendência de entortar e pender com muita facilidade. Além de se darem muito bem no cultivo em vasos de barro ou de plásticos, os Denphal podem também ser cultivados em árvores ou em placas ou palitos de fibras.

24

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



2 Responses

  1. Olá
    Gostaria de saber como cuidar de uma planta que parece ser uma Dendrobium Phalaenopsis SPP (mini compactum, porque as flores são pequeninas??) e se encontra num vaso muito pequeno, com uma terra á base de areia que cobre por completo as raízes.Esta planta, deu um cacho de flores dum tom lilás forte como as da foto em cima mas pequeninas e depois de estas terem secado, gerou 4 rebentos a partir das folhas superiores.Neste momento, esses rebentos estão enormes e caiem para os lados da planta mãe, o que a torna visualmente desequilibrada. As raízes aéreas desses rebentos, medem 4 ou 5 cm. Encontra-se numa janela com vidro opaco, onde bate o sol nas horas de maior calor. Apesar disso parece gostar, embora me preocupe o facto de estar muitas vezes seca e de não se verem raízes, mas apenas uma touceira.Como devo fazer? Se tirar os rebentos, o que acontece com a planta mais velha?
    Obrigada por qualquer ajuda que possa dar-me.
    Parabéns pelo magnífico site.
    Bia

  2. Como cuidar da minha Denphal? Deve tomar sol? Quantas regas por semana? A minha está florida, mas as folhas estão amarelando e caindo. Por favor me ajudem a não perdê-la…

    Grata,

    Lygia

Comente sobre o post