Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




orquídea

A classificação das orquídeas é um ponto importante e fundamental não só do ponto de vista dos estudos, mas também para seu cultivo. É através da classificação que seu modo de cultivo é determinado.

A família das orquídeas é muito rica e foi preciso dividi-la e subdividi-la para faciltar a identificação. As orquídeas representam nada menos do que 7% de todas as plantas do nosso planeta.

É importante conhecer a classificação das orquídeas dentro do Reino Vegetal, por isso as plantas foram classificadas em famílias, diferenciadas umas das outras pela estrutura de suas flores, hastes, folhas e raízes.

Foi Rudolf Schlechter o autor da sistemática mais usada na sua classificação, onde são adotadas principlamente as partes anatômicas da flor.

Assim a enorme família das Orchidaceae é dividida em: 2 subfamílias, 2 divisões, 5 tribos, 2 séries, 2 subséries, 85 subtribos, mais de 2.500 gêneros e cerca de 35.000 espécies.

A primeira subfamília: as Diandrae, compreendem as espécies com duas anteras férteis e é composta de duas tribos: as Cipripediloideae e as Apostasioideae. Elas congregam os gêneros com as plantas sem caule e com flores, com labelo, em forma de “sapatinhos”.

A segunda subfamília, as Monandrae, agrupa os gêneros de todas as demais orquídeas.

Suas espécies têm apenas uma antera fértil. Elas reúnem duas divisões: as Basitonae e as Acrotonae.

As Basitonae agrupam as espécies com antera persistente, coluna curta e formam uma só tribo, a Ophrydoidae, e oito subtribos de plantas terrestres, herbáceas, que perdem as folhas e caules na época do repouso hibernal, conservando somente as raízes tuberosas.

As Acrotonae, onde estão reunidas todas as demais orquídeas, tem como característica principal a antera caduca, ou seja, ao remover-se as polínias, desprendem também a cápsula oval, onde se esconde a antera.

Pela consistência das polínias, esta divisão é formada por duas tribos: as Polychondreae e as Kerosphaerease.

A tribo Polychondreae, tem polínias de consistência granulosa, facilmente divisíveis, e possuem 23 subtribos (poucas espécies ornamentais, entre elas: as Cleites, as Vanillas e as Sobrálias). A maioria das orquídeas dessas subtribos são ervas terrestres, raramente epífitas, não possuem pseudobulbos, nem folhas carnosas.

A tribo Kerosphaereae, tem as polínias com consistência cartilaginosa ou cerosa, sem granulação, e congregam, com exceção dos Paphiopediluns e das Sobrálias, a totalidade das orquídeas cultivadas, onde também aparecem numerosas espécies sem pseudobulbos.

E assim, continua a classificação sendo as tribos divididas em séries e sudivididas em subséries. Após as subtribos, aparecem os gêneros, que agrupam as espécies.

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post