Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




orquideaemtronco

As orquídeas podem ser cultivadas em vasos, mas é comum, após uma florada, transferi-las de dentro de casa para as árvores do jardim ou das calçadas próximas. O habitat natural da grande maioria das espécies de orquídeas são os troncos das árvores, o que as caracteriza como epífitas.

Ao contrário do que muitos pensam ,as orquídeas não são plantas parasitas, sendo assim, elas não consomem a seiva das árvores nem prejudicam seu desenvolvimento. As árvores lhes fornecem abrigo e suporte, e lá elas recebem nutrientes que vem com os ventos, com as chuvas e da matéria orgânica naturalmente decomposta.

Por serem plantas epífitas elas não se desenvolver plenamente sobre outras plantas, por isso escolhemos esse tipo de planta para colocar sobre troncos.

Confira o passo a passo e tente fazer na sua casa essa experiência de plantar sobre troncos.

Materiais Necessários
* 1 Placa de fibra de coco
* 1 Par de luvas de vinil
* 1 Tesoura
* 1 Orquídea phalaenopsis – A escolha dessa orquídea se deve ao fato de que além de muito bonita ela tem raízes mais largas e fortes que conseguem se prender mais fortemente aos galhos da árvore usada como suporte.
* 1 Martelo comum
* 6 Pregos (tamanho 17 x 21)

orquidea-no-tronco1

Se o local lhes agradar elas se desenvolvem bem, com ótima aparência em suas folhas e flores; se não gostam, apresentam mudanças de coloração nas folhas, não florescem a contento, entre outros sinais de insatisfação.

A troca de ambiente deve ocorrer sempre após a floração, pois nesta fase ela começa o processo de desenvolvimento das folhas, brotos e raízes. É o início de um novo e maravilhoso ciclo, é a preparação para uma nova florada.

Enquanto a orquídea estiver florida ela não deve ser trocada de lugar. Somente depois que todas as flores estejam secas e caídas será o momento propício.

Se a solução for mudar a orquídea de dentro de casa para o tronco de árvore mais próximo, e, quando ela já estiver sem suas flores, seguem aqui algumas dicas:
* O local deve ser claro, de preferência com luz indireta e se possível, que tenha irrigação regular.

* Escolha árvores preferencialmente com a casca rugosa, pois são mais fáceis de elas se fixarem e retém mais nutrientes. É importante também que o tronco não descame de tempos em tempos, como ocorre em algumas espécies, o que dificulta a fixação da orquídea.

* No caso de usar o mesmo vaso em que ela já está acomodada, sendo este de plástico, sugere-se que seja feito um corte vertical da borda até o fundo, no meio do diâmetro da parte superior deste vaso, assim ao prendê-lo junto ao tronco, as raízes da orquídea aos poucos irão migrando para apoiar-se no tronco. Ao fazer este corte no vaso, o substrato original não deve ser desmembrado.
* Manter e acomodar o substrato junto ao tronco, fará com que a planta tenha umidade necessária e constate para adaptação ao novo local.

* Ao prender este vaso cortado ao meio no tronco, assegure-se que o material usado (barbante, uma tira tipo gaze de curativo) cerque o vaso e não tenha contato com direto com raízes. O barbante muito fino ou fio de arame, geralmente usados para esta função, podem ferir ou cortar as raízes, dificultando seu desenvolvimento.

Fixar-OrquIdeas-Em-Arvores-5

Outra dica para o replantio em tronco:
Toda a raiz com o substrato deve ser envolvida num tecido similar a gaze ou atadura de algodão. Sem apertar, mas mantendo firme o conteúdo para que este não se espalhe. A ideia aqui é fazer como se fosse um saquinho, um embrulho. O tecido de algodão com tramas abertas, absorve bem a água, mantém o substrato arejado, e facilita que as raízes se desenvolvam através dos vãos para se enraizar nos troncos. Além de ser biodegradável.

Feito isso, e com as hastes para cima, amarre com tiras da própria atadura (aquela de rolinho), sempre de maneira firme sem apertar demais para não comprometer as raízes. Se este replantio for em um lugar mais quente, o ideal é que tenha um pouco mais de esfagno no substrato para manter a umidade nas raízes.

O tempo de retirada deste tecido ocorrerá por volta de 18 meses, tempo que as raízes já estarão bem fixadas nos troncos, e o próprio tecido já deve também estar bem deteriorado.
Mesmo que não seja possível ter uma árvore próxima para abrigar uma orquídea como hóspede, podemos utilizar um tronco seco. Isso, um tronco seco como estaca que poderá ser colocado num vaso, preenchê-lo com terra, e compor com outras plantas tanto na base e/ou a sua volta, desde que tenham as mesmas necessidades da orquídea utilizada (se é de meia sombra, por exemplo). Ele desempenha um papel favorável para abrigar a orquídea, montando em belo cenário.

Troncos caídos em floresta ou de árvores podadas, são de boa procedência. Cuidado ao recuperar troncos que podem ter sido usados em obras, pois se tiverem sido expostos a agentes químicos, eles liberarão substâncias que podem impedir a fixação das raízes. Outro cuidado importante, é que se o tronco estiver apodrecido devemos descartá-lo, pois à medida que a planta crescer e se desenvolver, ao contrário deste, irá se deteriorar. Assim, qualidade do tronco, mesmo seco é de suma importância para a orquídea ter sucesso em seu desenvolvimento.

As orquídeas são lindas flores e uma das primeiras opções de quem deseja contar uma um tipo de planta de fácil cultivo. Porém, quando se trata de cultivar esse tipo de flor numa árvore é necessário ter alguns cuidados. Confira o passa o passo de como fazer o plantio de orquídeas sobre troncos de árvores.

Como Fazer
Passo 1 – O primeiro passo consistem em retirar a orquídea do vaso, é importante que você não deixe que o substrato caia, pois a planta não pode ficar com as suas raízes expostas.

Passo 2 – Precisaremos cortar uma placa de fibra de coco, porém, antes de partir para o corte você deverá medir a largura do bloco com as raízes da sua orquídea. Geralmente fica com aproximadamente uns 20 cm.

Passo 3 – Com a ajuda de uma boa tesoura você deverá cortar o material seguindo uma linha reta, assim você obterá uma faixa que irá envolver a orquídea.

Passo 4- A melhor forma de conseguir que a fibra de coco fique melhor adaptada é amassando a placa e lhe dando o formato de um cachepô.

Passo 5 – Nesse passo você deverá encostar a orquídea no tronco e depois fazer a cobertura do substrato com a placa que foi cortada e amassada. Depois disso basta que você deixe para fora o caule e as folhas.

Passo 6 – Para fazer a fixação da planta no tronco da árvore você deverá usar um prego de cada lado da orquídea.

Passo 7 – Pregue mais dois pregos na parte do fundo do suporte, os pregos deverão ficar voltados para baixo. Isso irá aumentar a fixação da placa no tronco.

Passo 8 -Tenha sempre o cuidado de não sufocar a sua planta com o suporte. É importante deixar a borda com um espaço sempre maior do aquela do fundo.

Passo 9 – Se você perceber que a orquídea é muito pesada é importante fixar também o caule da mesma no tronco da árvore. Para chegar a esse resultado será necessário colocar um prego de cada um dos lados e depois amarrar uma fita.

Observação – Um mesmo tronco pode receber mais de um tipo de orquídea sem nenhum tipo de dano.

Datepalm+Orchids_222

A retirada do suporte
Depois de algum tempo a orquídea terá feito a sua fixação de forma completa e as raízes estarão presas á casca e os musgos irão cobrir a sua superfície. Nesse momento será necessário fazer a remoção do suporte. Nessa fase é muito importante observar se formigas não vão aproveitar para atacar a sua orquídea.

Se perceber que houve o aparecimento de formigas aplique formicidas em cerca de 20 cm em torno do tronco. As formigas podem representar um sério problema para as suas orquídeas, então tenha cuidado.

Cuidados especiais
Por exemplo, durante a fase em que as orquídeas estão se adaptando é necessário garantir que a planta consiga obter nutrientes suficientes. Para garantir que as orquídeas tenham tudo o que precisam para crescer é necessário cultivá-las com as raízes próximas ao substrato.

Certifique-se também que a orquídea está bem presa a árvore garantindo o seu suporte. Se você se interessou pela ideia de fazer o cultivo de orquídeas em troncos saiba que é mais fácil do que parece, confira o passo a passo abaixo. Essa atenção especial com as raízes das orquídeas é justificada devido ao tempo que a orquídea leva para se fixar no tronco, em média dois meses.

Outro cuidado importante é aquele que diz respeito à quantidade de regas que serão feitas. A definição de quantas regas serão feitas deve levar em conta as características das plantas e o clima da região.

orquidea-no-tronco2

A escolha do tronco para fixação
Quando for fazer a escolha do tronco no qual irá cultivar a sua orquídea dê preferência para os troncos rugosos, isso torna mais fácil a fixação da orquídea.

Fique de olho também no diâmetro do tronco, deve ter pelo menos 60 cm. Árvores que se adaptam bem a esse tipo de cultivo são Ficcus spp. (falsas seringueiras), Salix babylonica (chorão), Chorisia speciosa (paineira).

Luminosidade
A luminosidade também é importante nesse processo de cultivo de orquídeas sobre troncos. O mais indicado é que haja uma incidência regular de luz sobre a árvore, além disso, copas pequenas e que tem poucas folhas tornam mais fácil o crescimento de outras plantas que são cultivadas sobre o seu tronco.

Dentre as espécies de plantas que você pode cultivar os troncos desse tipo de árvore podemos citar Dendrobium, Laelia, Cyrtopodium, Cattleya, Catasetum e Vanda. Os tipos de árvores frondosas são mais indicadas para as flores que tem necessidade de meia sombra como a Phalaenopsis, Miltonia e Oncidium.

Epífitas
As epífitas também conseguem um bom desenvolvimento quando cultivadas sobre o tronco de árvores, uma boa opção é a espécie Cymbidium. Dentre as epífitas estão as orquídeas, basicamente esse tipo de planta se destaca pelo fato de conseguir se desenvolver sobre outras plantas.

Além disso, as plantas epífitas são mais fáceis de cuidar uma vez que não necessitam de adubação periódica uma vez que a sua nutrição vem de materiais em decomposição que estão presentes nos próprios troncos usados como suporte.

orquidea

Material do suporte
Para que o plantio sobre o tronco tenha bons resultados é necessário que haja uma atenção especial ao material do suporte. Dentre as opções possíveis estão placas de fibras de coco ou mesmo cachepôs prontos. Outra possibilidade é colocar a planta dentro de uma bifurcação própria do tronco.

Depois de todas essas dicas com certeza você já pode fazer o plantio de orquídeas sobre troncos em casa.

banconolago

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post