Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




santolinas

Gênero de plantas originário na região mediterrânica, baixas, de folhagem  recortada cinza, verde acinzentado ou verde. Têm as folhas aromáticas, normalmente com um aroma intenso que lembra a camomila (S. chamaecyparissus). Existe alguma confusão na nomenclatura de algumas santolinas, nomeadamente no que diz respeito à variedade neapolitana, a maioria das vezes referida como pertencente à espécie pinnata, mas por vezes referida também como pertencendo à espécie chamaecyparissus. Outras ainda aparece como uma espécie. Também a S. virens aparece referida como sendo sinónimo de S. viridis e S. rosmarinifolia, sendo outras vezes referidas como espécies diferentes.

Dimensão
Variável com as espécies e variedades. Normalmente entre os 30 e 50 cm.

Exigências
Originárias de solos pobres, são pouco exigentes em fertilização, e não gostam de solos demasiado ricos. A S. viridis é a mais exigente de todas. Necessitam de solos bem drenados, de preferência arenosos, embora tolerem razoavelmente bem os argilosos. Devem ser expostas ao sol; toleram geadas fortes.

Utilização no jardim
As santolinas podem ser utilizadas em sebes baixas, em maciços, ou para cobrir zonas em forma de massas de bolas brancas. Graças à sua tolerância às podas severas elas são também utilizadas em pequenos topiários e em mosaicultura

Manutenção
Poda

As santolinas devem ser severamente podadas pelo menos a cada dois anos, para evitar que abram e percam a forma, expondo madeira velha inestética. A S. neapolitana necessita de podas mais frequentes quando em localização favorável, uma vez que têm um crescimento muito vigoroso. Normalmente todas as espécies beneficiam com uma poda ligeira sempre que a forma tenda a abrir ou os ramos a ter um crescimento desgarrado.

Idealmente as podas mais severas devem ser no início da Primavera, quando a planta retoma o seu crescimento, para que compense rapidamente o aspecto ‘depenado’ com que fica depois de uma poda severa. No entanto a poda é compensada em pouco tempo com uma forma arredondada e harmoniosa.

As flores devem ser cortadas após murcharem, uma vez que secas não dão um aspecto muito interessante à planta. Há quem prefira cortá-las logo que possível, mesmo antes de chegarem ao máximo tamanho, para evitar que interfiram com a forma arredondada da planta, no entanto esta prática priva o jardim da coloração amarelada das flores.

Fertilização
Necessitam apenas de uma fertilização ligeira na Primavera, deve-se evitar o excesso de fertilização que só provocará um crescimento excessivo, e portanto deve-se evitar a companhia de plantas exigentes para não partilhar os seus nutrientes.

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post