Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Maranta

As marantas, plantas baixas utilizadas em interior, são vulgarmente chamadas plantas-oração, porque tendem a juntar as suas folhas à noite. Apenas uma espécie, M. leuconeura, é correntemente cultivada em interior, mas tem muitas variedades com folhas ovais que podem atingir 12 cm de comprimento e 8 cm de largura.. A parte superior da folha é verde clara com um brilho acetinado, riscado e manchada de verde-escuro ou castanho-claro; a parte inferior é verde-acinzentada, ocasionalmente manchada de r0×0-avermelhado.

As folhas novas surgem em pecíolos curtos e com bainha. As fores são insignificantes. A variedade mais conhecida é a M.l.leuconeura ou M.’Massangeana’, tem folhas com margem e nervuras centrais mais claras, manchas quase negras junto das nervuras centrais e parte inferior púrpura-escura.

Luz – As marantas devem ser cultivadas em luz média. A luz solar intensa torna as folhas murchas e sa margens secas e castanhas.

Temperatura – A temperatura ideal durante todo o ano é de 18ºC. Sempre que exceda esta temperatura, eleve o nível de umidade colocando as plantas em tabuleiros com seixos úmidos e pulverize-as. Procure usar água da chuva, que não deixará depósitos calcários nas folhas. As marantas não apreciam temperatura inferior a cerca de 13ºC.

Rega – Durante o período de crescimento regue abundantemente sempre que necessário para manter a mistura completamente úmida. Durante o período de repouso invernal regue espaçadamente, deixando que a metade superior da mistura seque entre as duas regas.

Adubação – Aplique um vulgar adubo líquido de duas em duas semanas durante o período de crescimento ativo.

Envasamento e reenvasamento – Use uma mistura de envasar á base de terra. Na Primavera mude as marantas para um recipiente do tamanho acima. Estas plantas não apresentam um sistema de raízes muito profundo, pelo que se dão bem em meios-vasos ou terrinas.

Propagação – Propague dividindo na Primavera os grandes maciços de plantas ou utilizando estacas cortadas no final do inverno. Corte estacas de 8 – 10 cm, com três ou quatro folhas, e retire as bainhas inferiores, que iriam ficar enterradas na mistura. Plante cada estaca num vaso de 8 cm contendo uma mistura umedecida composta por partes iguais de turfa e areia, introduza num saco plástico e mantenha num lugar à sombra. Dentro de quatro a seis semanas as raízes deverão começar a aparecer; depois disso, mude a planta para uma terrina ou meio-vaso contendo uma mistura à base de terra e trate-a como uma maranta adulta.

cestinha-rosa2

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post