Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Sprekelia formosissima

Nome Científico: Sprekelia formosíssima
Nome Popular: Lírio-asteca, Flor-de-lis, Lírio-jacobino, Lírio-de-saint-james, Lírio-orquídea
Família: Amaryllidaceae
Ciclo de Vida: Perene

Conhecida como Lírio Asteca, da espécie Sprekelia formosíssima, ela assemelha-se muito ao Amarílis. É uma planta linda, com flores singulares, de beleza exótica e cor vermelha escarlate. Sua folhagem é também bastante ornamental.

Originário do México, o Lírio-asteca é muito semelhante ao Amarílis no modo de cultivo. Ela se adapta muito bem às nossas condições climáticas. Cresce e floresce nos meses quentes e entra em período de dormência no inverno se houver frio, perdendo todas as folhas e adquirindo uma aparência “sem-vida”, após esse período nascem folhas e flores novamente.

De cultivo simples, basta cobrir o bulbo de terra, deixando a ponta superior para fora, regando sem exagero tão somente para manter a terra úmida. É bastante exigente em fertilidade, irrigação e drenagem. Seu substrato deve conter boa quantidade de matéria orgânica e deve se muito bem drenável. No inverno as regas devem ser suspensas, para que o bulbo não apodreça enquanto estiver em dormência.

Na primavera produz uma longa haste com uma única flor vistosa, de cor vermelho escarlate. As flores são simétricas bilateralmente, da mesma forma que uma orquídea: elas têm uma ampla pétala ereta superior, duas estreitas pétalas laterais, e três pétalas inferiores, parcialmente unidas. Os estames e o estigma são longos. Após a polinização cruzada, forma-se um fruto, do tipo cápsula, deiscente, com sementes negras.
É mais frequente o plantio do Lírio-asteca em vasos. Desta forma, colocando-o próximo a uma janela ensolarada é possível vê-lo florescer quase todos os anos. No entanto, ele pode ser plantado no jardim, de preferência em canteiros elevados, com solo arenoso a rochoso. Em regiões sujeitas a geadas e frio intenso no inverno, deve-se recolher os bulbos no outono, para serem armazenados secos em sacos de papel, em local protegido da umidade e frio. O plantio dos bulbos deve ser efetuado na primavera, após a última geada.

Deve ser cultivado sob sol pleno ou meia-sombra, em solo fértil, drenável e rico em matéria orgânica. Não exige podas e seu cultivo é considerado fácil. Fertilizações anuais durante o replantio e crescimento estimulam as florações e una folhagem viçosa. Aprecia irrigação freqüente durante o crescimento e floração. No inverno, deve-se suspender as regas para não apodrecer o bulbo que inicia o período de dormência.

Multiplica-se por sementes e, mais comumente, por divisão dos bulbilhos formados junto ao bulbo mãe. Mesmo quando bem cultivados os lírios-astecas podem não florescer todos os anos.
Divida e replante os bulbos apenas durante o período de dormência.

Elas são propensas a pulgões que se escondem nas fendas das folhas. Mantenha-se atento para estes insetos quando as folhas emergirem. Um pouco de adubo uma vez ou duas vezes durante a estação de crescimento mantém a planta feliz.

A tendência natural é florescer no início da primavera.

anjo

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



One Response

  1. #1
    Valdir Kaiser 
    Tuesday, 19. July 2011

    Gostaria de maiores informações sobre o curso de jardinagem à distãncia.
    Cordialmente. Kaiser

Comente sobre o post