Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




feto-japones

É uma espécie de samambaia do gênero Athyrium, nativo do leste da Ásia no Japão , norte da China, Coréia e Taiwan.

Planta de beleza incomparável que caracteriza a serenidade sombria do jardim japonês. Daí o nome de feto pintado japonês.

É cultivada como planta ornamental em jardins.

Geralmente preferem locais úmidos e com escoamento de água, variando de terrenos planos a paredes de rocha. Muitas espécies são conhecidas por crescerem em falésias de rocha próximo de cascatas e zonas com escoamento de águas.
A maior diversidade de espécies encontra-se nos Andes – América do Sul. Também existe muita diversidade na Ásia com cerca de 40 espécies na China.

De aparência frágil esta plantinha da família dos fetos é bem mais resistente que os seus congêneres.
Sombra e muita umidade fazem dela o luxo que a fotografia mostra. Deve ser colocada em vasos que estejam em permanente contacto com água, mas que nunca deve ser estagnada, e apesar das suas folhas não agarrarem as gotas devem ser pulverizadam com água à temperatura ambiente todos os dias dos dois lados das folhas.

No inverno o recipiente onde se colocou a água deve ser retirado e a mesma deve somente ser regada dia sim, dia não e certificarmos-nos de que escorreu toda a água do vaso pelo orifício do mesmo.

O seu tamanho varia de 12 a 20 polegadas de altura e 36 polegadas de largura. É uma planta de jardim de sombra, dá-se bem com outras plantas amantes da sombra, assim como a hosta, astilbe e campânula.

Podem ser propagados por esporos ou divisão de touceiras.

As plantas são divididas melhor no início da Primavera quando começam a surgir. Alguns produtores a dividem após a folhagem começar a secar, mas a quem prefira dividi-la na primavera para garantir o estabelecimento das plantas. Se necessário, as plantas podem ser divididas durante o período vegetativo.

A Pictum não tem muitos problemas com doenças e insetos. Os pulgões podem ocasionalmente se alimentar deles, mas sua presença é extremamente rara. Lesmas e caracóis são os mais comuns de pragas em samambaias e pode ser facilmente controlado, utilizando iscas. Botrytis é o principal patógeno foliar e geralmente pode ser controlado através de um espaçamento adequado e circulação de ar. Doenças que afetam as raízes, tais como Pythium, normalmente podem ser evitadas através da gestão da umidade e níveis de fertilidade do substrato. Não deixem que os fetos se tornem excessivamente secos ou excessivamente molhados, pois provavelmente irá levar a lesão da raiz e, finalmente, podridão das mesmas.

De fácil cultivo, aprecia climas amenos. No outono, as plantas entram em dormência e as folhas morrem completamente. É nessa hora que as folhas velhas devem ser removidas para reduzir a probabilidade de doenças, quando recomeçar o crescimento ativo.

barflo02

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post