Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




gerbera amarela

Com cerca de duas dezenas de tonalidades, que vão do branco ao vermelho, a gérbera é uma flor ideal para embelezar ambientes com cores intensas e vibrantes.

Plantada em vasos ou disposta em arranjos florais, ela decora tanto salas residenciais quanto estabelecimentos comerciais, como escritórios, consultórios, lojas e, inclusive, espaços para eventos.

Por isso a gérbera é muito procurada em floriculturas, centrais de abastecimento e gôndolas de flores disponíveis em supermercados, o que mostra que sua produção pode ser uma atividade rentável para quem tem interesse em trabalhar com cultivo de plantas.

A gérbera pode ser encontrada em vários países a partir de cultivares oriundos da hibridização entre Gerbera jamesonii e Gerbera viridifolia – realizada na África do Sul.

Os japoneses, em 1980, foram os primeiros a desenvolver variedades da flor para plantio em vasos, o que trouxe um avanço para a difusão da cultura. A alternativa em relação ao cultivo no solo evita a ocorrência de doenças e facilita a nutrição da planta.

Gerbera (4)

Pertencente à família das Asteraceae, que inclui o girassol e a margarida, a gérbera possui uma haste longa e reta que dá sustentação ao que é chamado em botânica de capítulo – inflorescência formada de várias pequenas flores protegidas por folhas modificadas, denominadas brácteas.

Quando associadas e mais desenvolvidas que as flores reunidas em uma base circular, como na gérbera, as brácteas assumem forma, textura e cores e acaba sendo comum confundi-las com pétalas.

Muito popular, a gérbera é uma planta herbácea, perene e fácil de ser cultivada, seja em vasos, jardins, canteiros ou floreiras. Não exige muitos cuidados e tem boa adaptação em regiões de clima seco. Como é rústica, tolera solos mais secos, porém, em períodos de pouca chuva, deve contar com regas regulares, de uma a duas vezes por semana.

Estas bonitas e coloridas plantas vão do branco ao vermelho, passando pelo laranja, o amarelo ou o rosa – são perfeitas para serem cultivadas em climas frios.

gérberaslaranja

Se você já tem gérberas ou está pensando em colocá-las em seu jardim, anote os seguintes conselhos que oferecemos no seguinte artigo.

Aprenda a cultivar gérberas de forma adequada e consiga que estas bonitas plantas deem um toque de cor à sua casa.
1 – As gérberas são um tipo de planta que precisa de solos leves, profundos e bem arejados, pois só assim poderão se desenvolver facilmente.

Além disso, o solo deve garantir a drenagem adequada para prevenir a asfixia das gérberas, bem como possíveis doenças como a infecção por fungos. Por isso, recomendamos os solos de cultivo com poucas rochas e carregados com uma grande quantidade de matéria orgânica.

2 – Quanto ao clima ideal para o desenvolvimento das gérberas, deve-se saber que estas plantas preferem temperaturas frias. As altas temperaturas podem afetar gravemente as gérberas e sendo superiores a 21ºC, a planta pode murchar.

3 – A quantidade de luz solar é, também, um aspecto fundamental para o cultivo das gérberas. É importante que os raios solares cheguem à planta para que esta floresça mais e cresça melhor, já que a luz influencia o diâmetro do pêndulo floral, bem como a sua cor e tonalidade.

Tenha cuidado nos meses de verão, pois muita luz e altas temperaturas podem provocar problemas graves. Durante este período é aconselhável mudar as gérberas para áreas com sombras e frescas.

4 – Quanto à irrigação das gérberas, é necessário manter o solo com um alto nível de umidade. Por isso, as gérberas costumam ser regadas entre duas a três vezes ao dia. Mas cuidado, já que o solo deve ser mantido úmido, mas não encharcado, pois neste caso poderia apodrecer.

Além disso, aconselhamos que durante os meses de verão você molhe um pouco as flores para refrescá-las e evitar o superaquecimento.

gébera

5 – A gérbera cresce aos poucos e é necessário realizar uma poda, um procedimento que ajuda no cultivo da planta. Você deverá eliminar todas aquelas folhas envelhecidas, doentes ou que evitem que a luz solar chegue a toda a planta, deste modo livrará a planta de deformações ou doenças.

Esta espécie de poda floral será útil para evitar o surgimento de parasitas e pragas na gérbera. Você deverá fazer a poda durante os meses de verão.

6 – Quanto aos inseticidas para combater as possíveis pragas e doenças das gérberas, aconselhamos perguntar em sua loja de jardinagem ou viveiro de confiança qual se adapta ao tipo de problema que sua gérbera está sofrendo.

7 – Para que as gérberas se desenvolvam adequadamente você deverá ter muito cuidado com as condições do solo e do clima. Em compensação, a luz que a planta receber determinará a sua cor e seu diâmetro.

8 – Fique sempre atento para o surgimento de ramos, flores ou folhas mortas na planta, logo que perceber retire esses elementos. Além de ajudar na proliferação de fungos esse tipo de elemento pode prejudicar o futuro crescimento das plantas.

9 – Além de contar com o adubo para incentivar o crescimento e floração das suas gérberas é importante contar com esse elemento também durante os demais estágios da planta. O Nitrogênio é muito importante durante o período de crescimento e fixação das raízes das plantas, o Fósforo ajuda a melhorar a floração e o Potássio faz o equilíbrio entre os dois.

10 – Por último, você deve saber que a temperatura influenciará no crescimento e floração das gérberas.

chuva-1

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post