Características – plantio e cultivo do Bambu-mossô (Phyllostachys pubescens) - PlantaSonya - O seu blog sobre cultivo de plantas e flores
Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




bambu_mossô

Há inúmeras espécies de bambu que são cultivadas em diversas partes do mundo, mas muitas delas são originárias da China. O artigo abaixo apresenta uma das mais conhecidas, o bambu-mossô.

O bambu-mossô é originário da China. Trata-se de uma planta herbácea rizomatosa, que pertence à família das gramíneas, possui entrenós mais curtos e colmos grossos, diferentemente do bambu que estamos habituados a ver.

Seu tamanho pode alcançar os 14,0 m, isso em seu país de origem, ou seja, a China. Suas folhas apresentam tamanho delicado e pequeno, com coloração verde escura. No Brasil, essa espécie não apresenta floração. Suas flores não ocorrem em nosso país.

Esse tipo de bambu pode ser cultivado em qualquer parte do país, até mesmos nos Estados mais ao Sul, que têm invernos muito rigorosos, já que o mesmo se adapta bem a geadas e ventos frios.

folha-de-bambu-mosso

Características
Suas folhas apresentam tamanho delicado e pequeno, com coloração verde escura. No Brasil, essa espécie não apresenta floração. Suas flores não ocorrem em nosso país.

Esse tipo de bambu pode ser cultivado em qualquer parte do país, até mesmos nos Estados mais ao Sul, que têm invernos muito rigorosos, já que o mesmo se adapta bem a geadas e ventos frios.

Como plantar o bambu-mossô em canteiros
* Para cultivar o bambu-mossô em canteiros é necessário que se faça a preparação de uma cova em tamanho maior que o torrão da planta;
* Depois, basta misturar num balde aproximadamente 100 g, de adubo (NPK – 10-10-10) com mais ou menos 300 g. de adubo animal bem concentrado e completar tudo usando o composto orgânico;
* No fundo da cova se coloca uma parte do preparado, e sobre ela se acomoda a muda, não deixando de preencher os espaços usando o adubo que foi preparado. Aperte com firmeza para fixar bem a muda a terra;
* Se por um acaso a muda tiver mais que 2 m de altura, é preciso calça-la usando um sarrafo ou um tutor de bambu, amarrando a muda usando um cordão para que a planta se mantenha no lugar, porém, é preciso ter cuidado para não apertar demais e estragar o colmo do bambu;
* Depois que o bambu estiver plantado é preciso que seja muito bem regado. Nos dias que se seguirem, regue a planta sempre que não houver chuva.

Dica importante: A melhor época para o plantio do bambu na Região Sul e Sudeste é durante o inverno ou ainda nas estações chuvosas para as outras regiões.

bambu-mossô

Plantio do bambu-mossô em vasos
Esse bambu pode sim ser plantado em vasos, desde que tenham um grande porte, sendo bem mais largos do que fundos.

O material mais adequado para os vasos é o cimento, que possui densidade suficiente para aguentar o peso da planta, assim ela não correrá o risco de tombar. É preciso que se também se faça a preparação do interior do vaso usando uma tinta para impermeabilização, e deixando que a mesma seque totalmente, o que pode levar alguns dias, para que os solventes se evaporem.

O fundo do vaso deve ser protegido com manta geotêxtil ou brita, pondo por cima uma parte de areia grossa de construção. Isso tudo para garantir que a drenagem da água aconteça de maneira satisfatória e ainda que as raízes cresçam demais e entupam os furos do fundo.

No vaso deve ser posta a mesma mistura que explicamos anteriormente, também fazendo a acomodação das mudas e preenchendo as laterais, fazendo com que sobre aproximadamente 03 cm de distância a borda e o solo do vaso, para receber a água que a mesma se derrame.

Também é preciso que após o plantio a muda seja bem regada.

bambumossô

Detalhes importantes
* Luminosidade: O ideal é que o plantio e o cultivo do bambu sejam feitos com o sol a pino, porém, o bambu-mossô também se dá bem quando cultivado em ambientes fechados, desde que esteja perto de uma janela grande, ou ainda próximo a porta de vidro, locais que irá receber bastante claridade de maneira natural.

* Adubação: É preciso que se aplique o adubo NPK 10-10-10, conforme as instruções do fabricante, seguindo a periodicidade de 3 em 3 meses.

* Plantio: quando feito diretamente no jardim, o cultivo deve ser efetuado em covas com medida de 40 x 40 x 40 cm. Quando for feito em vasos, é melhor que sejam largos, com diâmetro que varia entre os 40 e 50 cm.

* Solo: O melhor é o sol com boa drenagem e bem fértil. A preparação do solo deve ser feita com uma parte de húmus de minhoca ou composto orgânico para melhorar a fertilidade.

* Regas: Não é necessário o exagero de água, o melhor é que o mesmo seja aguado ao menos uma vez durante a semana.

* O bambu-mossô faz sua reprodução a partir de um colmo subterrâneo. Para impedir que o mesmo se espalhe por todo o jardim, é apropriado que se faça a separação do colmo e plantá-lo, em outro lugar, se quiser.

bambu-mossô

Reprodução
* Para que se consiga uma produção considerável de mudas desse bambu, pode-se utilizar estacas de rizomas que irão crescer junto à planta matriz, sempre carregando consigo os colmos e raízes.

* É preciso que se plante em um substrato parecido ao recomendado para plantio, deixando-as em lugar sem sol até que se formem as raízes.

* As mudas podem ser feitas diretamente em baldes próprios para o cultivo ou em sacos.

* O substrato úmido é fundamental para que se obtenha sucesso com as mudas.

* O bambu-mossô faz sua reprodução a partir de um colmo subterrâneo. Para impedir que o mesmo se espalhe por todo o jardim, é apropriado que se faça a separação do colmo e plantá-lo, em outro lugar, se quiser.

Uma curiosidade sobre o bambu-mossô é que suas flores podem aparecer após, aproximadamente, 67 anos.

folhas-9

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post