Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Posts para categoria ‘Cultivos e Cuidados’

celosia_argentea

A Celósia é uma planta anual pertencente à família Amaranthaceae. E originária da Índia.

O porte da planta é de 30 a 60 cm de altura, com um aspecto bastante interessante. Suas inflorescências plumosas e de coloração variada, sendo muito comum nas cores amarela, vermelha e violácea são muito vistosas e coloridas.

Esta é uma planta de grande resistência ao sol, não apresentando problemas quanto a queimaduras em suas folhas e flores, assim sendo, aconselha-se o plantio em local bem ensolarado, para que a planta faça muita fotossíntese e cresça forte.

Não é aconselhável o plantio desta planta em locais muito frios, uma vez que o frio atrapalha sua floração, porem ela dificilmente morre durante os invernos, voltando a florescer no verão.

Prefere solos ricos em matéria orgânica, com boa drenagem. O cultivo se dá preferencialmente a pleno sol.

As regas devem ser frequentes, com intervalos de no máximo 3 dias, conforme o clima. Como é planta de rápido crescimento, a semeadura é feita normalmente na primavera, tendo vista o florescimento durante o verão.

Para realizar o plantio geralmente utiliza-se mudas compradas prontas ou saquinhos de sementes enterradas a poucos centímetros de profundidade. Após você já ter algumas destas plantas, obter novas sementes é bem fácil, uma vez que ela produz várias centenas após cada floração.

Reforce a adubação sempre antes das primaveras e realize podas de limpeza sempre que a planta encontrar-se coberta por flores ou ramos mortos.

Além do uso paisagístico, para compor jardineiras e forrações, é utilizada como flor de corte, devido a durabilidade das flores que, a maneira das perpétuas do gênero Gomphrena, têm atrativo ornamental mesmo após  desfalecerem. O cultivo através de sementes é facílimo, podendo as mesma germinarem ao pé da planta mãe.

Embora seja bastante utilizada como forração, ficam muito bonitas usadas em jardineiras, dando colorido especial principalmente se fixadas em janelas, ou na amparo de sacadas.

sininho

PetuniaHybridaPiebald

A Petúnia é um gênero botânico  pertencente à família Solanaceae  e originam-se principalmente na América do Sul em países como Brasil e Argentina.

A maioria das petúnias que se encontram em jardins é híbrida. As petúnias mais comuns podem chegar a tamanhos de 15 cm a 30 cm e se adaptam muito bem a canteiros, vasos ou forrações. Essas flores devem ser cultivadas em solos que sejam férteis, rico em matéria orgânica e bem drenados.

Mas, o que realmente enriquece a natureza das Petúnias é o fato de elas passarem pela chamada hibridação natural, ou seja, contrariando as leis da natureza uma mesma espécie é capaz de gerar através do cruzamento de suas características um ser totalmente novo e híbrido. Assim você pode ter petúnias de cores totalmente diferentes num único vaso.

A Petúnia é uma flor capaz de florescer o ano todo, porém, depois de um ano mostra-se necessário fazer o replantio. Apesar disso essa flor não é muito exigente ao que diz respeito aos cuidados e condições necessárias para sobreviver e se destacar.

Quando observar que as plantas já não florescem e seu aspecto está bem caído não hesite em fazer o replantio. Pelo fato de serem flores anuais depois de passado o ciclo de um ano elas começam a atrofiar até que acabam morrendo.

Para que o cultivo das plantas em geral seja bem sucedido é importante oferecer a elas o necessário para ter condições de vida e florescimento.

Conheça do que as Petúnias necessitam para crescerem e florescerem de forma plena.
Sol pleno
As petúnias precisam de sol pleno para poderem crescer, use meia sombra somente se contar com uma ótima luminosidade. Porém, fique atento que enfrentando temperaturas muito altas essas flores podem murchar. O ideal é ter sol, mas temperaturas mais amenas.

Regas
Geralmente as regas das petúnias devem ser feitas de duas a três vezes por semana. Nos períodos de verão pleno é melhor regar todos os dias. Porém, sempre fique atento para não encharcar o solo.

Solo
Quando vamos fazer o cultivo de qualquer tipo de planta devemos atentar para o tipo de solo que utilizaremos. No caso das petúnias o solo deve ser fértil, rico em matéria orgânica e com uma drenagem.

Adubação
Após três meses de feito o plantio é importante fazer a primeira adubação da planta. Para isso você pode utilizar um fertilizante foliar. Repita a adubação mensalmente a partir da primeira para garantir mais saúde para as suas petúnias.

Uma dica para o uso do fertilizante é aplica-lo sempre com a planta na sombra e de preferência pela manhã.

Chuvas
Nos locais em que chove muito e com muita intensidade as petúnias podem ter sérios problemas. Como as suas pétalas são muito frágeis essas flores tendem a ficar rasgadas e com um mau aspecto quando são atingidas muito de perto pelas chuvas. Embora se recuperem com rapidez é sempre um fator estressante paras petúnias.

Os cuidados com as folhas
As folhas são uma parte muito importante das plantas e no caso das petúnias podem ser atacadas por fungos que promovem um tipo de “queima” nas mesmas. Se observar que há algo de errado com as folhas das petúnias saiba que há algo errado com as suas plantas.

É importante que sempre que as petúnias começarem a murchar você retire da planta aquelas que estão com mau aspecto, pois assim evitará o possível aparecimento de fungos na planta.

Propagação
Embora as petúnias possam ser plantadas em qualquer época do ano durante a primavera as suas sementes tem mais chance de se propagarem. O nível de floração também é muito maior nessa época do ano. No caso de espécies de petúnias maiores a sua propagação pode ser feita através de estacas.

Plantando sementes
As sementes de Petúnias podem ser encontradas em várias lojas especializadas e até mesmo em supermercados sendo vendidas em saquinhos.

Observe na hora de escolher as sementes que vai utilizar as cores das Petúnias resultantes. É possível escolher uma flor da cor que você deseja.

Pera o plantio das sementes existem alguns pequenos cuidados essenciais. Dentre eles está a necessidade de plantar as sementes com uma certa distância uma da outra, pois assim haverá espaço para que elas cresçam e se desenvolvam.

Outra coisa bem importante é que quando for regar essas flores tenha sempre o cuidado de não encharca-las, pois isso pode resultar em flores murchas. Depois que essas flores enfrentam uma geada dificilmente se recuperam e por isso mesmo é necessário fazer  descarte e começar o cultivo novamente.

Com as condições certas e cuidado, as petúnias podem crescer muito bonitas e compondo um belo colorido em seu jardim.

janel50

Helianthus annus

Assim como a margarida e a gérbera, o girassol pertence à família das compostas, que se caracteriza por possuir flores com um miolo redondo cercado por pétalas.

Nativa da América do Norte e de nome científico Helianthus annus (ou flor do sol), o girassol é uma imponente herbácea de cerca de 3 m a 4 m de altura, apresenta uma flor grande, amarela e com um comportamento característico conhecido como heliotropismo, em que a planta parece sempre olhar para o sol.

Além da enorme utilidade das sementes de girassol em várias atividades industriais, como a produção de óleos e rações, pode-se cultivar essa planta em casa no intuito de criar uma decoração muito estilosa em jardins, com um aspecto alternativo não-ortodoxo.

Para você que quer cultivar seus girassóis no jardim, pequenas dicas serão dadas neste post.

- Antes de plantar os girassóis, misture estrume ao solo no qual eles serão colocados. Essas flores se dão bem na maioria dos tipos de solos e, por isso, não é necessário se preocupar. No entanto, locais rochosos e arenosos não são adequados.

- Plante as flores em uma área em que elas peguem bastante sol. Como diz o nome, os girassóis prosperam com a luz do sol, sendo iluminadas por pelo menos 6 horas ao dia de forma direta. Os girassóis também se inclinam na direção da luz, então lembre-se disso se quiser que eles cresçam de um determinado modo. Eles mostrarão suas flores para o sol nascente, que se encontra no leste.

- Plante sementes de girassol a cerca de 6 mm de profundidade no solo e cerca de 30 a 45 cm de distância uma da outra.

- Regue os girassóis diariamente para ajudar o caule a suportar o peso da cabeça da flor.

- Se for plantá-los em vasos, dê preferência aos vasos altos. É necessário ter terra suficiente e suporte para a altura e o peso da flor.

- Alimente os girassóis diariamente com uma solução de crescimento como o Miracle Grow. Evite despejar fertilizante diretamente nas raízes, pois pode fazê-las apodrecer. Ao invés disso, faça alguns buracos com cerca de 7 a 10 cm ao redor da planta e coloque o fertilizante neles.

- Fique atento ao tempo, pois ventos fortes podem fazer com que os girassóis sejam arrancados. Se existe previsão de ventanias, não regue nesse dia, pois diminuirá a chance das flores serem arrancadas.

- Não há necessidade de ficar sempre de olho nos girassóis, a menos que a área em que estão seja muito sujeita a ventos fortes ou com condições que provocam muita sombra. Na sombra, essas flores se inclinaram na direção do sol, então é melhor evitar áreas escuras para essas lindas flores.

22

Flordelis

Flor-de-lis é o nome popular de uma planta da família das Amaralidáceas originária do México e da Guatemala. Produz flor de cor vermelha, solitária, em haste ereta, muito vistosa. Pode formar touceiras.

Suas flores são muito bonitas e por isso já foram usadas como símbolo diversas vezes, devido a seu formato. A coloração das flores é vermelha e são bem brilhantes. A planta apresenta ainda folhas de formato laminado que só aparecem depois das flores.

Devido a sua grande beleza é uma planta bastante utilizada para fins ornamentais, devido a sua coloração forte e seu formato elegante e diferente.

Cultivo e cuidados
- Esta planta pode ser cultivada em canteiros ou vasos, sendo que a flor-de-lis precisa de terrenos arenosos para se desenvolver plenamente.

- O solo deve ser preparado com 1 parte de terra vegetal para uma parte de terra comum e 2 partes de areia para obter o solo ideal para o plantio da flor-de-lis.

- O plantio é feito através de bulbos, que são colocados na terra previamente adubados. Basta colocar o bulbo em um buraco previamente preparado e cobrir o bulbo com terra, deixando apenas a ponta para fora.

- A terra deve receber material orgânico que pode ser comprado em lojas de jardinagem.

- A rega deve ser espaçada sendo que deve ser iniciada assim que começar o período vegetativo. A frequência ideal para a rega deve ser um dia sim e um dia não, embora seja necessário tomar cuidado para não encharcar a terra, pois do contrário o bulbo pode apodrecer e a planta pode sofrer com o aparecimento de fungos.

O florescimento ocorre em meses quentes e no inverno pode entrar em período de dormência, perdendo todas as suas folhas e apresentando um aspecto sem vida. Quando o tempo esquenta novamente pode voltar a apresentar flores normalmente.

Durante este período de dormência não é aconselhado regar a planta, pois do contrário ela pode apodrecer, pois não absorverá água.

A planta chega a 45 cm de altura e pode ser plantada em vasos para ornamentar salas e outras regiões.

Embora seja fácil de cuidar e cultivar, a flor-de-lis é uma planta rara e que dificilmente é encontrada em algumas regiões. No entanto é possível encomendar bulbos em lojas especializadas e depois fazer os próprios bulbos para plantio posterior.

Com essas dicas é possível comprar um bulbo e plantar uma flor-de-lis, fazendo com que a planta se desenvolva de forma saudável e enfeita diversos ambientes.

imagem-neve56