Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




phalaenopsis

O tempo dispensado ao cuidado das orquídeas pode ser reduzido a quase nada quando elas são plantadas em árvores. Isso porque esse é o habitat natural delas.
É importante frisar que, só podem ser plantadas em árvores orquídeas epífitas.
Por isso deve-se pesquisar o tipo de hábito vegetativo, pois as orquídeas podem ser epífitas, terrestres (crescem sob o solo) e rupículas(são de ambientes formados por pedras e rochas).

Tipo de caule
A escolha da árvore é importante. Opte por árvores com troncos rugosos e ásperos.
Árvores frutíferas cítricas como a laranjeira, o limoeiro e a mexiqueira, são ótimas para essa finalidade, pois possuem nervuras que facilitam a fixação das raízes da orquídea.
Fique alerta para, não escolher árvores cujos troncos soltem a casca em determinadas épocas do ano.
Evite também, plantá-las em trocos que produzem alguma substância, como é o caso de alguns pinheiros, que apresentam uma resina na casca.

Luminosidade
Árvores mais frondosas são mais indicadas para orquídeas que gostam de pouca luminosidade, que são conhecidas também como orquídeas de meia sombra, como é o caso da Miltonia, da Oncidium e da Phalaenopsis.

Árvores com uma copa menor e com menos volume de folhas, que facilitam o acesso a luz solar, devem receber orquídeas que apreciam maior luminosidade, como é o caso das: Cattleya, Dendrobium, Laelia, Vanda, Catasetum e Cyrtopodium.

Umidade
A natureza se encarregará inclusive de molhar a sua orquídea, pois ela receberá não só a água da chuva, como a úmidade do orvalho. Mas em dias muito quentes e secos, a rega manual deverá ser feita, pois as orquídeas não suportam longos períodos sem água.

Nutrientes
A orquídea consegue obter nutriente através da casca da árvore (que absorve poeira, fezes de animais, folhas em decomposição…), mas mesmo assim, é recomendada a adubação quinzenal com adubo químico, para que sua planta fique mais saudável e bonita.

Nas árvores, se você não adubar, sua planta possivelmente irá florir, pois, como disse, irá capturar nutrientes da natureza, mas talvez tenha menos flores e de tamanhos menores.

Portanto complementar a adubação, é aconselhável sempre.

Cuidados importantes
Assim que você fixar a sua orquídea na árvore escolhida, regue-a com água em abundância, use um regador ou a mangueira para isso.
Se não faltar água, ela se desenvolverá rapidamente, por isso, aconselho a regar todos os dias nas primeiras semanas.
A orquídea se adapta rapidamente às novas condições e em poucos meses estará bem fixada.
A adubação química poderá ser feita quinzenalmente e inclusive após o plantio na árvore.
Passar a adubar com adubo orgânico, é recomendado somente após perceber que a orquídea está “abraçando a árvore”, ou seja, após o enraizamento e fixação da planta.

Para isso, você pode colocar a quantidade de adubo recomendada no rótulo, em uma trouxinha feita com gaze ou atadura, e fixá-la entre a orquídea e a árvore. Isso irá garantir seu crescimento saudável.

jjo5f9

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post