Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Posts para categoria ‘Tóxicas e Venenosas’

trombeta-de-anjo

A trombeta-dos-anjos também é conhecida pelo nome de sete-saias. É uma planta nativa da América do Sul podendo ser encontrada em muitos lugares do Brasil. A nomenclatura de trombeta-dos-anjos se deve a sua forma de pêndulo. Normalmente essa planta é branca e amarela, contudo, existem versões híbridas com tons de rosa.

A planta é conhecida como trombeta-dos-anjos devido a sua aparência, no entanto, não se deixe enganar por esse nome angelical. Trata-se de uma das plantas consideradas como mais venenosas do mundo por apresentar grande quantidade de alcaloides.

O tamanho dessa planta fica entre 14 e 50 cm e fica o alerta de que todas as partes dessa planta são venenosas. Mais abaixo falaremos mais sobre sua toxicidade.

brugmansia

Características da Trombeta-dos-anjos
Trata-se de uma planta do tipo arbustiva que possui folhas grandes e com formato ovalado. Suas flores são bem grandes e apresentam a forma de um pêndulo, a base do corpo das flores é branca, mas as suas pontas podem ser amarelas ou rosa. Pode florescer o ano todo, porém, durante o verão esse processo de florada é mais intenso.

Por ser resistente tanto em temperaturas mais baixas como em temperaturas mais altas pode ser cultivada no país todo.

Como cultivar a Trombeta-dos-anjos
Atenção – Se você pretende cultivar essa planta deve estar ciente que jamais deve tocá-la sem o uso de luvas e nem levar nenhuma de suas partes próximo ao nariz ou a boca. Além disso, não é recomendado para quem tem crianças ou animais em casa.

Para fazer o cultivo dessa planta procure uma parte do seu jardim em que haja boa incidência de sol e na qual o solo tenha boa quantidade de matéria orgânica. Em geral a muda é vendida em vaso plástico, quando for plantar você deverá criar um buraco que seja maior do que o torrão.

Num balde você deverá fazer a mistura de adubo animal de curral com areia e também composto orgânico, todos os componentes devem estar em partes iguais. No caso de achar que é necessário você pode usar um tutor provisório para prender a planta. Regue bem essa planta. O mais indicado é fazer o cultivo da planta durante a época de chuvas.

Brugmansia_amarelo

A Trombeta-dos-anjos no paisagismo
Uma planta que tem uma aparência interessante para ser usada no paisagismo, já teve momentos mais gloriosos nesse sentido. Hoje em dia existe um movimento de retorno do uso dessas plantas em jardins, porém, o fato de ser venenosa é algo que exige grande prudência. Quando está no período de floração se mostra uma planta bastante interessante para compor o jardim.

Sendo assim se você desejar cultivar essa planta é importante ter cuidados para não tocá-la diretamente. Pode ser muito arriscado contar com a trombeta-dos-anjos no seu jardim então pense bastante a respeito.

Vamos à toxicidade da planta
Por que ela  é tóxica?
Toda a extensão da planta é tóxica, pois contêm alcaloides tropânicos como, por exemplo, hiosciamina, escopolamina e atropina. O curioso é que mesmo sendo uma planta que oferece elevada toxicidade ainda tem aqueles que gostam de beber um chá que é feito a partir das suas flores e que oferece efeito alucinógeno.

Vale ressaltar que a quantidade de veneno presente varia de indivíduo para indivíduo da espécie. Dessa forma quem entra em contato com essa planta pode estar entrando em contato com muito ou pouco veneno, não há como mensurar. O alerta é que se evite qualquer tipo de contato com essa planta, pois de uma forma geral as pessoas que brincam com ela acabam tendo uma overdose de veneno e acabam falecendo.

brugmansia deck

O que o veneno da Trombeta-dos-anjos pode causar
Como citado mais acima o veneno presente nessa planta pode levar o indivíduo a óbito, nos casos menos extremos pode causar taquicardia, midríase, confusão mental, alucinações entre outros. Uma planta muito perigosa que de angelical não tem nada.

espantalho119

Cicuta (water hemlock)

Cicuta é uma planta extremamente venenosa e que pode ser encontrado nas regiões temperadas do hemisfério norte. Todas elas possuem flores brancas ou amarelas bastante distintas, que são dispostas em formato de guarda-chuva. Nos EUA, essas simpáticas plantinhas são consideradas as mais danosas de todas.

Elas contêm uma substância conhecida como cicotoxina, que causa convulsões, e todas as partes do espécime são perigosas – principalmente a raiz, onde o veneno é mais potente. Além da convulsão quase que imediata outros sintomas incluem náusea, vômito, dores abdominais, tremores e confusão. Geralmente, a morte é causada por insuficiência respiratória ou fibrilação ventricular, que ocorrem poucas horas após a ingestão.

Por mais belas que sejam as plantas podem também fazer mal. No nosso dia a dia vivemos com lindas plantas e deliciosas até, mas também convivemos com vegetais que podem nos causar mal. São as conhecidas plantas tóxicas, que podem ocasionar até a morte ou deixar um ser humano ou animal muito mal.

Plantas venenosas são comuns em diversas partes do mundo. No Brasil encontramos mais de 20 espécimes que podem fazer mal, algumas tão semelhantes a plantas que conhecemos que acabamos por confundir e ingerir. Crianças são as maiores vitimas porque tendem a usar sua curiosidade para colocar a planta na boca e acabam se contaminando.

Olho-de-boneca( Actaea pachypoda)

A olho-de-boneca, também conhecida como White baneberry, pode até parecer simpática, mas é muito perigosa. Nativa da área norte e leste da América do Norte, essa planta florida, que mede apenas 1 cm de diâmetro e tem pequenas frutinhas brancas com uma mancha preta, é muito semelhante ao objeto que lhe dá nome.

Ainda que toda a espécie tenha sido considerada danosa ao homem, a maior parte de sua toxina fica concentrada no fruto. Infelizmente, muitas crianças já foram vítimas da planta, porque, além de bela, ela É muito doce. A baga contém uma toxina chamada carcinógeno, que possui efeito sedativo, quase que imediato, no músculo cardíaco humano e causa morte rápida.

O que é uma planta venenosa?
Dizemos que uma planta é venenosa quando ela pode causar mal ao ser humano. Ela pode causar uma intoxicação do tipo aguda por sua ingestão seja por crianças ou por adulta, ou crônica, que decorre da ingestão continuada, intencional ou não.

A planta pode ser tóxica sem também conter veneno. Estamos falando aqui das alergias, em que as pessoas sofrem com a exposição continuada. Os sintomas são manifestações cutâneas em decorrência do contato sistemático com vegetais. E pela utilização continuada de certas espécies vegetais sob a forma de pó para inalação, fumos ou infusões, a fim de obter efeitos alucinógenos ou entorpecentes.

Mas, ao contrario do que alguns filmes fantasiosos contam na tela, as plantas venenosas não expiram veneno ou mordem. Há sim plantas carnívoras, mas essas são raras e apenas mordem, não conseguem ferir de fato gravemente uma pessoa. A infecção causada por uma planta venenosa geralmente é quando ingerida ou ao toque, caso da urtiga que causa coceira.

As plantas são venenosas por diversos motivos. Um deles é sua defesa, pois animais podem destruí-las. O veneno faz com que espécimes vivas avisem umas as outras e as plantas fiquem a salvo. Outro motivo é que às vezes não é um veneno mesmo, apenas faz mal ao consumo humano. O que seria considerado um veneno, por exemplo, seria o cogumelo, mas é usado como alucinógeno em chá para ingestão humana.

Como saber se uma planta é venenosa?
Apenas conhecendo os espécimes é que se pode ter certeza que uma planta é venenosa ou não. Infelizmente olhando sem conhecer as plantas não dá, pois elas são bem semelhantes e como em qualquer jardim, tudo que é verde parece igual, não mesmo?

Mas alguns sinais podem alertar a quem não conhece como plantas com cores fortes demais e que não são comuns em sua terra. Plantas estranhas a sua rotina visual são fortes candidatas a serem venenosas.

Ricinus communis (mamona)

A mamona é uma planta que pode ser encontrada em qualquer matagal brasileiro contém uma grande quantidade da toxina ricina.

Uma semente crua de mamona é suficiente para causar uma morte sofrida, agonizante e repleta de dores. Os primeiros sintomas da intoxicação aparecem logo nas primeiras horas depois do envenenamento, o que inclui a sensação de queimação na garganta e nos olhos, dores abdominais, bem como diarreia e vômito com sangue. O processo é incontrolável e só termina quando a vítima falece por desidratação.

Um fato curioso é que os humanos são os mais sensíveis em relação às sementes, bastando de uma a quatro para pôr fim a um adulto, 11 para matar um cachorro e 80 para assassinar um pato. Levando isso em consideração, as mamonas estão em primeiro lugar no livro dos recordes como as plantas mais venenosas do planeta.

A planta não emana veneno, mas você pode se intoxicar com ela. Isso pode acontecer pelo toque ou ingestão de planta, comum em crianças que curiosas acabam por ingerir pela cor que deixa uma aparência de um bom sabor.

As principais plantas venenosas encontradas no Brasil
As mais conhecidas são comigo-ninguém-pode, o copo-de-leite, a taioba-brava, bico-de-papagaio, mamona e pinha-roxa. Essas são as mais populares, mas há muitas outras plantas que não fazem bem a saúde e deixam sintomas diversos quando ingeridas.

copo-de-leite

Alguns espécimes de cogumelo são citados também entre as plantas mais venenosas da flora mundial. O alucinógeno do cogumelo é proposital para desnortear animais que vem destruir as plantas. Contudo, a mais conhecida e popular é a copo-de-leite, a Zantedeschia aethiopica Spreng.

Presente em alguns jardins, ela é fétida em todo o seu comprimento e acaba por deixar coceira e quando ingerida pode gerar tontura, mal estar e dores de cabeça intensas. Os lábios podem ficar inchados e pode surgir queimação intensa nos locais tocados com as mãos na planta.

trombeta-de-anjo - Brugmansia suaveolens

Essa é uma planta nativa da América do Sul, podendo ser encontrada em diversas regiões do Brasil. O nome trombeta-de-anjo se deve ao formato de pêndulo da flor, que em geral possui coloração branca e amarela, embora seja possível encontrar variedades e híbridos de tons rosados.

Com tamanho entre 14-50 cm, todas as partes da Brugmansia suaveolens são consideradas tóxicas e narcóticas. Ela contém alcaloides tropânicos como escopolamina, atropina e hiosciamina. Mesmo sabendo do perigo, algumas pessoas ingerem um chá feito com as flores como um potente alucinógeno.

O nível de toxicidade varia conforme o tipo da planta, sendo praticamente impossível saber quanto veneno uma pessoa tomou. Em geral, quem brinca com a trombeta-de-anjo acaba tendo uma overdose e morrendo ou sofrendo de paralisia dos músculos lisos, taquicardia, confusão, alucinações visuais e auditivas.

Embora seja perigosa, a espécie também possui propriedades medicinais, tais como antiasmática, cardiotônica e anticonvulsivante. Não é incomum ela ser utilizada para fabricação de remédios para mal de Parkinson, problemas cardíacos, síndrome pré-menstrual e infecções urinárias.

A planta mais venenosa do mundo

espirradeira

Todas as partes do belo oleandro possuem diversos tipos de toxina, sendo as duas mais fortes a oleandrina e a neriine, que afetam drasticamente o coração. Na verdade, o veneno da planta é tão forte que é possível morrer apenas comendo o mel de uma abelha que utilizou seu néctar como fonte.

Originalmente, a Espirradeira (Nerium oleander) nasceu nas áreas do mediterrâneo e do Extremo Oriente. Porém, devido à sua beleza exorbitante, ela passou a ser cultivada com propósitos decorativos. Por instinto, os animais costumam se afastar dela. Além disso, basta uma folha para matar uma criança.

Não se pode tocar em nenhuma parte desta planta, pois todas contêm veneno e em grande quantidade, o suficiente para deixar um adulto de peso médio em estado grave. Um humano que comer uma folha da planta pode morrer alguns minutos.

Os primeiros sintomas quando se toca nesta planta venenosa são náusea, vômitos, vertigem, sonolência. O coração deve começar a bater mais forte, a pessoa deve começar a não enxergar e acaba por entrar em coma e morrer em um dia quando não tratada.

Sintomas de uma intoxicação por planta
Os sintomas de uma intoxicação por planta são semelhantes a uma intoxicação por se ingerir outras substâncias. A criança ou adulto pode sentir enjoo, dores de cabeça, diarreia e dores constantes e ainda dores no corpo. A pessoa pode desidratar facilmente caso não seja tratada adequadamente e pode chegar a morrer.

Crianças são as maiores vitimas de plantas venenosas, pois sua baixa massa corporal faz com que o veneno circule mais rápido e cause mais danos. Mas, com tratamento adequado a morte com certeza pode ser evitada.

capacete do diabo

Também conhecido como “capacete-do-diabo”, o aconitum é uma espécie da família Ranunculaceae. Essas plantas vivazes são nativas das regiões montanhosas do hemisfério norte e possuem uma grande quantia do alcaloide pseudaconitina, o qual é usado na ponta das flechas do povo Ainu do Japão para caçar.

Caso ocorra a ingestão, a pessoa sofre queimação abdominal e nos membros do corpo. Em grandes doses, a morte pode ocorrer dentro de 2 a 6 horas, bastando apenas o consumo de 20 mg para pôr fim à vida de um humano adulto.

Tratamento para quem foi envenenado por uma planta
Beber água é uma forma simples para diminuir a exposição do organismo ao tóxico. Com o liquido entrando a pessoa poderá eliminar pelo suor e urina e a concentração de contágio pode diminuir bastante no sangue para níveis inofensivos na maior parte dos casos.

Ir ao hospital é importante. Uma intoxicação deve ser tratada adequadamente ou pode deixar o organismo bem fraco e desidratado, levando a morte. Deve-se levar uma amostra da planta ingerida caso seja possível ou saber descrever para ajudar ao medico a tratar adequadamente. No geral são ministrados anti tóxicos eficientes para o problema e soro para reidratar o corpo.

brisa

gatosecaes

O uso das plantas ornamentais é bastante comum para complementar decoração de casas e apartamentos – mas elas podem fazer mal a cães e gatos, podendo levar até à morte. É  comum que os animais de estimação comam plantas e grama.

De maneira geral, os animais não são herbívoros, mas esse é um comportamento corriqueiro para gatos e, principalmente, cães. Quando são muito jovens, podem comer plantas por causa do crescimento dos dentes, mas quando crescem podem acabar ingerindo folhas e flores por busca de novas aventuras ou, até mesmo, para chamar atenção dos donos.

Devido a esse comportamento o conhecimento da toxicidade das plantas ornamentais pode evitar que cães e gatos sejam afetados por elas. Isso não significa que as pessoas não possam ter essas plantas em casa. O ideal é saber quais delas possuem substâncias tóxicas e deixar longe do alcance dos animais.

Mas, em caso de intoxicação, mesmo que o dono não saiba o que fez mal ao pet, é importante levá-lo ao médico veterinário e informar o tipo de plantas que possui em casa. Dessa forma, o profissional pode identificar melhor qual pode ser a causa da intoxicação.

Confira abaixo algumas plantas ornamentais que são tóxicas aos animais de estimação:

comigo-ninguém-pode

* Comigo-ninguém-pode
Devido à beleza de suas folhagens e pela crença popular de que a planta traz proteção ao lar, a Diffenbachia sp é facilmente encontrada nos lares brasileiros e é campeã como causadora de intoxicação em animais. Seus mecanismos de toxicidade são múltiplos e as substâncias encontradas na planta, como o oxalato de cálcio, irritam as mucosas de animais e humanos.

A intoxicação pode ocorrer por ingestão de qualquer parte da planta ou por contato com a pele. Os sintomas variam desde edema e irritação da mucosa, até asfixia e morte, sempre causando dor intensa. “Essa planta foi a campeã de ingestão por cães e gatos. É conhecida pela beleza de suas folhas e facilidade de cultivo, mas quando em contato com os animais, pode levar à morte facilmente por asfixia. Para se ter noção, meia folha é o bastante para matar um humano.

copo-de-leite

* Copo-de-Leite
O Zantedeschia aethiopica possui o mesmo mecanismo de toxicidade que a Comigo-ninguém-pode, com o mesmo princípio ativo – o oxalato de cálcio. A ingestão dessa planta por animais de estimação pode causar irritação das mucosas, dor severa e edema de glote.

antúrio

* Antúrio
Todas as partes da planta Anthurium spp possuem oxalato de cálcio, um princípio ativo que oferece riscos à saúde dos animais. Os principais sintomas são queimação de mucosas, inchaço da boca, lábios e garganta, edema de glote, asfixia, náuseas, salivação, vômitos e diarréia.

avenca

* Avenca
A planta Adiantum capillus-veneris, que não é nativa do Brasil, é bastante cultivada como planta medicinal e pela crença popular de espantar o mau-olhado. A ingestão dos brotos da Avenca, no entanto, pode causar câncer nos animais.

azaléia

* Azaléia
A Azalea sp é considerada um símbolo da cidade de São Paulo, sendo encontrada facilmente nos lares como planta ornamental. Seu princípio ativo é a andromedotixina, uma substância que, quando ingerida, pode causar distúrbios digestivos durante até 6 horas após o consumo, além de provocar disfunções cardíacas.

bico-de-papagaio

* Bico-de-papagaio
A Euphorbia-pulcherrima possui uma seiva leitosa tóxica, chamada látex irritante, que em contato com a pele dos animais, pode causar lesões cutâneas e conjuntivite. A ingestão dessa planta pode causar náuseas, vômitos e gastroenterite em gatos e cachorros.

coroa-de-cristo

* Coroa-de-cristo
O conhecido arbusto espinhoso, Euphorbia milii, encontrado em jardins e calçadas, possui como substância tóxica o látex irritante, substância que ao entrar em contato com o animal de estimação – seja pela pele, ou ingestão – pode causar reações inflamatórias como inchaço, dor e vermelhidão.

espada-de-são-jorge

* Espada-de-são-jorge
A Sansevieria trifasciata é uma planta ornamental muito utilizada nos lares brasileiros pela crença popular de que traz prosperidade. No entanto, a Espada-de-são-jorge possui substâncias de alta toxicidade. Entre os males que pode causar aos animais de estimação está a dificuldade de movimentação e de respiração devido à irritação da mucosa e salivação intensa.

espirradeira

* Espirradeira
A Nerium oleander, mesmo que bastante utilizada como ornamento em jardins, contém substâncias tóxicas em todas as partes da planta. Esses princípios ativos podem causar arritmias, vômitos, diarreia, ataxia, dispneia, paralisia, coma e morte em humanos e animais domésticos. Os sintomas de intoxicação pela Espirradeira podem ser observados de 1 a 24 horas após a ingestão.

lírio

* Lírio e Lírio-da-paz
Muito encontradas nas casas brasileiras como plantas ornamentais, todas as partes do Lilium sp e do Spathiphyllum wallisii são tóxicas. A ingestão das plantas pode causar irritação oral e de mucosas, irritação ocular, dificuldade de engolir e até problemas respiratórios em casos mais graves. Ainda podem aparecer como sintomas da intoxicação pelo Lírio/Lírio da paz alterações nas funções renal e neurológica.

mamona

* Mamona
O princípio ativo tóxico do Ricinus communis é a ricina, que está presente nas sementes da planta. Os sintomas da ingestão da mamona acontecem no sistema nervoso e podem ser observados aproximadamente após 24 horas da ingestão.

O animal pode apresentar vômitos, diarreia, produção excessiva de saliva, sensibilidade abdominal, cólicas, sangue nas fezes, hipertermia e desidratação. A intoxicação em animais ocorre frequentemente por ingestão de óleo de rícino, torta de mamona, ou resíduos da planta usados como adubo.

violeta

*  Violeta
O caule e as sementes da Viola odorata são altamente tóxicos. A ingestão dessa comum planta de ornamentação pode causar, na ingestão de altas doses, severas gastrites, depressão circulatória e respiratória, além de vômitos e diarreias. Os princípios ativos tóxicos são violinha, acido tânico e salicílico.

cyca revoluta

* Palmeira-sagu (Cyca-revoluta)
Todas as partes da Cycas Revoluta são venenosas, mas as sementes contêm uma grande quantidade de toxinas. A sua ingestão, ou de alguma das suas sementes, pode resultar em diarreia, depressão, convulsões e falha renal.

cyclamen1

* Ciclame-da-pérsia (Cyclamen)
As espécies Cylamen contêm ciclame, mas a maior concentração deste componente está localizado na raiz da planta. Se consumido, o ciclame pode produzir uma irritação gastrointestinal severa, incluindo o vômito intenso. Em alguns casos, já se registraram mortes.

Kalanchoe

* Kalanchoe / Coerana/ Folha-da-fortuna
Esta planta contém componentes que podem produzir irritação gastrointestinal, bem como toxicidade no coração, podendo afetar seriamente o ritmo do batimento cardíaco.

crisantemo

* Crisântemo (Chrysanthemum)
Estas flores tão populares fazem parte da família das Compositae que contêm piretrinas que podem produzir irritação gastrointestinal, hiper salivação, vômito e diarreia. Em alguns casos, e se for consumida alguma outra parte da planta, pode surgir a depressão e perda de coordenação motora.

Chuva_1

Datura suaveolens

A espécie é conhecida como trombeta-dos-anjos devido a sua aparência, no entanto, não se deixe enganar por esse nome angelical. Trata-se de uma das plantas consideradas como mais venenosas do mundo por apresentar grande quantidade de alcaloides.

Para quem ficou curioso para conhecer mais sobre a planta que leva esse simpático nome, mas pode ser fatal continue lendo.

Conhecendo melhor a Trombeta-dos-anjos
A planta que pode se chamada popularmente também de sete-saias é nativa da América do Sul podendo ser encontrada em muitos lugares do Brasil. A nomenclatura de trombeta-dos-anjos se deve a sua forma de pêndulo. Normalmente essa planta é branca e amarela, contudo, existem versões híbridas com tons de rosa.

O tamanho dessa planta fica entre 14 e 50 cm e fica o alerta de que todas as partes dessa planta são venenosas. Sendo assim se você desejar cultivar essa planta é importante ter cuidados para não tocá-la diretamente. Pode ser muito arriscado contar com a trombeta-dos-anjos no seu jardim então pense bastante a respeito.

Datura

Por que é tóxica?
Toda a extensão da planta trombeta-dos-anjos é tóxica, pois contêm alcaloides tropânicos como, por exemplo, hiosciamina, escopolamina e atropina. O curioso é que mesmo sendo uma planta que oferece elevada toxicidade ainda tem aqueles que gostam de beber um chá que é feito a partir das suas flores e que oferece efeito alucinógeno.

Vale ressaltar que a quantidade de veneno presente varia de indivíduo para indivíduo da espécie. Dessa forma quem entra em contato com essa planta pode estar entrando em contato com muito ou pouco veneno, não há como mensurar.

O alerta é que se evite qualquer tipo de contato com essa planta, pois de uma forma geral as pessoas que brincam com ela acabam tendo uma overdose de veneno e acabam falecendo.

O que o veneno da Trombeta-dos-anjos pode causar
Como já foi citado acima, o veneno presente nessa planta pode levar o indivíduo a óbito, nos casos menos extremos pode causar taquicardia, midríase, confusão mental, alucinações entre outros. Uma planta muito perigosa que de angelical não tem nada.

Datura

Uso medicinal da Trombeta-dos-anjos
Embora seja uma planta extremamente venenosa também pode ser usada de forma medicinal. Uma planta que possui propriedades antiasmáticas, anticonvulsionante e cardiotônica.

A trombeta-dos-anjos é bastante usada para o fabrico de medicamentos para o mal de Parkinson, infecções urinárias, cardiopatias e para síndrome pré-menstrual.

As características da Trombeta-dos-anjos
Consiste numa planta do tipo arbustiva que possui folhas grandes e com formato ovalado. Suas flores são bem grandes e apresenta a forma de um pêndulo, a base do corpo das flores é branca, mas as suas pontas podem ser amarelas ou rosa.

Pode florescer o ano todo, porém, durante o verão esse processo de florada é mais intenso. Por ser resistente tanto em temperaturas mais baixas como em temperaturas mais altas pode ser cultivada no país todo.

Datura suaveolens_33

Cultivo
Atenção – Se pretendem cultivar essa planta deve estar ciente que jamais deve tocá-la sem o uso de luvas e nem levar nenhuma de suas partes próximo ao nariz ou a boca. Além disso, não é recomendado para quem tem crianças ou animais em casa.

Para fazer o cultivo dessa planta procure uma parte do seu jardim em que haja boa incidência de sol e na qual o solo tenha boa quantidade de matéria orgânica. Em geral a muda é vendida em vaso plástico, quando for plantar você deverá criar um buraco que seja maior do que o torrão.

Numa vasilha deve-se fazer a mistura de adubo animal de curral com areia e também composto orgânico, todos os componentes devem estar em partes iguais.

No caso de achar que é necessário pode usar um tutor provisório para prender a planta. Regue bem essa planta. O mais indicado é fazer o cultivo da planta durante a época de chuvas.

Brugmansia_29

A Trombeta-dos-anjos no paisagismo
Uma planta que tem uma aparência interessante para ser usada no paisagismo, já teve momentos mais gloriosos nesse sentido. Hoje em dia existe um movimento de retorno do uso dessas plantas em jardins, porém, o fato de ser venenosa é algo que exige grande prudência.

Quando está no período de floração se mostra uma planta bastante interessante para compor o jardim.

banconolago