Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Posts para categoria ‘Técnicas de Propagação’

enraizamento

Plantar com mudas em água se torna uma excelente alternativa para manter seus vasos e hortas sempre renovados.

A reprodução de plantas deve ser realizada utilizando as sementes e ainda o método vegetativo no qual é permitido ter amostra de uma parte particular da planta como as estacas, galhos, folhas e rebentos.

Em algumas qualidades de planta é possível que o enraizamento seja mais fácil. Vale ressaltar que esse procedimento é bem diferente do processo da hidroponia.

Para fazer esse processo é muito prático. Contudo, é preciso algumas ações importantes para que tudo corra bem.

Acompanhe esse passo a passo:
Passo 1
Tenha uma planta de sua preferência e que seja adulta e saudável. Esse método funciona melhor com enraizamento na água com as hortaliças de caule flexível.

Porém em plantas com talos fibrosos como o alecrim, o procedimento de estaquia trabalha com mais eficácia quando colocada diretamente na terra ou no substrato.

Passo 2
Todas as manhãs regue sua planta ou no final do dia. Espera cerca de 1 hora rega para que o caule tenha uma adequada reserva de água. Em seguida, corte os galhos com dimensão de 10 e 15 cm, em casos de muda de manjericão ou hortelã, o tamanho precisa ser em torno de 5 e 8 cm.

Passo 3
Prefira recipientes de vidro, pode ser um copo, xícara, jarra ou um vaso, limpe-os  e preencha com água limpa.

Passo 4
Ponhas esses galhos que foram cortados no recipiente e note  onde a água encosta. A seguir, retire o galho, removendo as folhas que ficam no caule para que fique submersa. Isso ajuda para que as folhas não decomponham. Após isso, coloque-as novamente dentro do recipiente.

Passo 5
Mantenha esse recipiente em um lugar fresco , que tenha somente luminosidade e resguardado do sol. Troque essa água em três dias, impedindo que a água fique turva e impedindo a manifestação de mosquitos e insetos.

plantas-na-agua-

Plantas que enraízam com mais facilidade
Muitas plantas como a cebolinha, por exemplo, têm o caule mais macio o que permite a germinação muito mais rápida e fácil.

Outros exemplos dessas plantas estão na lista abaixo:
hortelã; manjericão; salsinha; melissa; orégano; sálvia; tomilho.

Quando se trata de qualidade semi-lenhosas, como o alecrim, podem enraizar na água, entretanto vai demorar mais do que as outras, pois requer mais tempo.

Ervas aromáticas em jarras de vidro e água
Ervas aromáticas são muito simples quando usamos esse procedimento:

Tempo de enraizamento
O tempo para que elas enraízem acontece cerca de  7 e 15 dias, apesar disso, pode ocorrer variações de tempo dependendo da espécie em questão.

Podemos citar como exemplo o manjericão que por ter um caule mais flexível, enraíza mais rapidamente do que o hortelã.

enraizar-plantas-em-água

Faça você mesmo esse método
Depois dessas dicas faça em casa esse método para enraizar suas plantas na água. Depois que o caule estiver forte é quando já esta pronto para ser plantado.

Com esse procedimento você pode cultivar muitas outras qualidades de plantas. Além dessa, tem outras técnicas. As hortaliças também podem servir para fazer a hidroponia.

janel427

enraizamento

Plantar com mudas na água se torna uma excelente alternativa para manter seus vasos e hortas sempre renovados

A reprodução de plantas deve ser realizada utilizando as sementes e ainda o método vegetativo no qual é permitido ter amostra de uma parte particular da planta como as estacas, galhos, folhas e rebentos. Em algumas qualidades de planta é possível que o enraizamento seja mais fácil. Vale ressaltar que esse procedimento é bem diferente do processo da hidroponia.

Para fazer esse processo é muito prático. Contudo, é preciso algumas ações importantes para que tudo corra bem.

Acompanhe esse passo a passo
* 1: tenha uma planta de sua preferência e que seja adulta e saudável. Esse método funciona melhor com enraizamento na água com as hortaliças de caule flexível. Porém em plantas com talos fibrosos como o alecrim, o procedimento de estaquia trabalha com mais eficácia quando colocada diretamente na terra ou no substrato.

* 2: todas as manhãs regue sua planta ou no final do dia. Espera cerca de 1 hora rega para que o caule tenha uma adequada reserva de água. Em seguida, corte os galhos com dimensão de 10 e 15 cm, em casos de muda de manjericão ou hortelã, o tamanho precisa ser em torno de 5 e 8 cm.

* 3: prefira recipientes de vidro, pode ser um copo, xícara, jarra ou um vaso, limpe-os  e preencha com água limpa.

* 4: ponhas esses galhos que foram cortados no recipiente e note  onde a água encosta. A seguir, retire o galho, removendo as folhas que ficam no caule para que fique submersa. Isso ajuda para que as folhas não decomponham. Após isso, coloque-as novamente dentro do recipiente.

* 5: mantenha esse recipiente em um lugar fresco , que tenha somente luminosidade e resguardado do sol. Troque essa água em três dias, impedindo que a água fique turva e impedindo a manifestação de mosquitos e insetos.

enraiz.

Plantas que enraízam com mais facilidade
Muitas plantas como a cebolinha, hortelã, manjericão, salsinha, melissa, por exemplo, têm o caule mais macio o que permite a germinação muito mais rápida e fácil.

Quando se trata de qualidade semi-lenhosas, como o alecrim, podem enraizar na água, entretanto vai demorar mais do que as outras, pois requer mais tempo.

Tempo de enraizamento
O tempo para que elas enraízem acontece cerca de  7 e 15 dias, apesar disso, pode ocorrer variações de tempo dependendo da espécie em questão.

Podemos citar como exemplo o manjericão que por ter um caule mais flexível, enraíza mais rapidamente do que o hortelã.

Faça você mesmo esse método
Depois dessas dicas faça em casa esse método para enraizar suas plantas na água. Depois que o caule estiver forte é quando já esta pronto para ser plantado.

Com esse procedimento você pode cultivar muitas outras qualidades de plantas. Além dessa, tem outras técnicas. As hortaliças também podem servir para fazer a hidroponia.

janel409

mudas de roseiras

É gostoso multiplicar nossas plantas e presentear os parentes e amigos ou preencher aquele espacinho vazio no quintal.

Mas às vezes pode ser muito mais rápido (e fácil) comprar uma muda de roseira vendida na média de 10 reais em floriculturas de confiança. Apenas tome cuidado de analisar se as folhas e galhos estão saudáveis e sem doenças.

Se fizer questão de reproduzir suas próprias roseiras, saiba que a grande maioria é composta de espécies híbridas, difíceis de brotar.

A chamada Mini Rosa (não confundir com as mini roseiras, que são variedades de porte pequeno que crescem em torno de 1 metro de altura), muito presente em jardins italianos, é uma das mais simples; com mais de 90% de sucesso.

Nas demais a taxa de brotação cai para algo em torno de 50%.

Mas vamos lá, selecione galhos de 20 ou 30 cm de comprimento e com a espessura de um lápis, no mínimo.

Os melhores são aqueles que saem lateralmente do caule principal (em formato de letra Y).

Você pode tentar também fazer um pequeno corte na parte superior do galho e puxar com cuidado lascando um pedacinho do caule principal. Essa lasca facilita o processo de enraizamento.

gema

Ou então seguir o padrão, cortando a parte de baixo na horizontal ou diagonal, logo ABAIXO de uma gema (por onde sairão as futuras raízes), e fazendo o mesmo corte diagonal no topo do galho, este logo ACIMA de uma gema, por onde surgirão novas brotações.

O próximo passo é, com cuidado, retirar todas as folhas com uma tesoura de poda.

Opcionalmente pode retirar os espinhos da metade para baixo, com as mãos mesmo; de preferência usando luvas para evitar feridas.

Num recipiente com um pouco de água, coloque algumas gotas de adubo de raíz ou hormônio enraizador, se tiver.

Deixe as estacas de molho nessa solução por cerca de 10 minutos antes de plantar.

O substrato para mudas deve ser bem solto, para que as raízes consigam se formar com facilidade. Lembre-se elas serão muito frágeis. Por exemplo, uma parte de terra vegetal peneirada e outra de areia, ou húmus de minhoca e vermiculita, ou turfa e perlita, enfim.

Escolha o que tiver disponível, desde que seja arejado para facilitar o desenvolvimento das raízes.

Com o auxílio de um lápis ou galho, faça um furo no substrato, até quase chegar no fundo do recipiente.

plantio

Agora é só enterrar o galho da roseira de modo que duas ou três gemas fiquem dentro da terra e duas ou três fora, em média. Isso equivale a enterrar quase metade do galho.

Sugiro um teste: enterre alguns (ou um) inclinado, quase na diagonal ao invés de reto. Uma vez me disseram que isso facilita o pegamento da muda, já que exige menos esforço da planta para levar a seiva até a parte superior. Em meus testes não notei diferença, mas…

Outra opção muito comentada é furar uma batata e colocar o galho dentro, enterrando a batata inteira. A água presente na batata ajuda a manter a estaca úmida, ajudando no desenvolvimento da muda.

Escolhido o método, regue bem e mantenha sua futura muda em local bem iluminado, mas protegido do sol direto até que algumas folhas cresçam.

Se tiver usado apenas areia e terra, regue todos os dias para manter a umidade. Se usou turfa ou vermiculita, que conservam mais a água, deixar para regar de 3 em 3 dias.

Em cerca de duas ou três semanas devem surgir brotos. Mas isso não significa que a muda já tenha raízes suficientes para ser transplantada.

Pode aumentar a quantidade de sol e de água a medida em que a planta se desenvolver.

Em cerca de três meses, se estiver com muitas folhas, pode plantar no local definitivo; retirando a muda com muito cuidado para preservar o torrão inteiro e não danificar as raízes.

folhas-9

amorperfeito

O Amor-perfeito é uma flor de pequeno porte que não ultrapassa os 30 cm de altura e que pode crescer e se desenvolver em solos de inclinação ácida ou neutra. As flores dessa planta geralmente não tem mais do que 6 cm de diâmetro. Por suas características mais peculiares essa é uma flor selvagem de origem eurasiática.

O outono é a melhor época para plantar essas lindas flores, certamente uma das mais belas e recomendadas flores que resistem e gostam do frio – à exemplo das Papoulas

De qualquer forma, ao contrário da maioria das plantas, o Amor-perfeito gosta de frio, então se estiver numa região quente, procure plantar na época mais amena (ou menos quente).

Para semear use um copinho plástico para semear quatro sementes. Preencha com uma mistura de terra vegetal, húmus de minhoca e vermiculita. Mas pode misturar terra com areia, caso não tenha ou não queira comprar a vermiculita.

O húmus de minhoca pode ser incorporado no momento do transplante da muda, mas é opcional (e excelente).

Viola_tricolor-02 (Medium)

Coloque a terra no copinho até cerca de 1 cm do topo. Coloque então quatro sementes (pode usar menos, caso queira). Regue bem.

Tampe o copo com um plástico filme. Pode usar um recipiente grande de vidro ou uma garrafa PET cortada para simular uma “estufa”, ajudando as sementes a germinarem mais rápido e impedindo o surgimento de ervas daninhas, caso deixe esse copinho numa varanda, por exemplo.

O ideal é deixar dentro de casa até surgirem os brotinhos. Só depois é que deve ser levado para o sol, mas não em tempo integral. Prefira um local que receba de 4 a 6 horas de sol.

Se a luminosidade for fraca corre-se o risco do brotinho “estiolar”, que é quando o caule fica bem comprido, em busca de luz, e com isso a muda tomba e morre. Para tentar salvar uma muda estiolada, enterre-a mais, até a metade do caule para que fique firme novamente e possa voltar a crescer corretamente – num local mais iluminado, evidentemente.

Estando no outono, se morar no sudeste, sul e uma parte do centro-oeste é provável que o sol esteja mais ameno, então pode deixar a sementeira (ou copinho) no sol direto, protegida de ventos fortes e chuva.

amor-perfeito

Regue frequentemente para manter a terra úmida, mas não encharcada, pois isso também pode matar os brotos. Prefira usar um borrifador ao invés de regador, para não correr o risco de afundar as sementes.

Se você tampar a sementeira só será preciso regar novamente uma vez por semana, a não ser que você note a terra seca.

Quando as sementes vingarem, pode ser que mais de uma brote, o que não é raro, será preciso escolher a mais forte, senão o espaço pequeno fará mal para as raízes que competirão muito para os poucos nutrientes que dispõem.

Só retire o plástico quando a mudinha chegar quase na altura dele, aí substitua por uma metade de garrafa PET ou outro vidro/plástico (transparente ou branco) grande.

Você saberá a hora de plantar no local definitivo, seja direto no canteiro ou em vaso, quando a planta estiver com cerca de 10 a 15 cm de altura e várias folhinhas .

 amor-perfeito

Aí basta escolher um local ensolarado, que receba pelo menos quatro horas de sol por dia, e uma terra rica em nutrientes, que conseguimos ao misturar: terra vegetal, húmus de minhoca, um pouco de esterco de aves ou de gado (apenas uma parte de esterco para cada cinco partes de terra), além de acrescentar uma parte de húmus de minhoca e um pouco de farinha de osso, que varia de quantidade dependendo do tamanho e número de mudas.

Feito isso é só cuidar do seu Amor-perfeito com carinho, protegendo ainda de chuvas e ventos fortes e mantendo o solo úmido, nunca encharcado.

Como ela é cultivada nas estações frias do ano, não será preciso regar abundantemente todos os dias.

Os pulgões podem aparecer. Se isso acontecer borrife óleo de neem, ou água com sabão neutro ou detergente. Essa pulverização pode ser feita preventivamente uma vez por semana, sempre direcionando nas folhas, não nas flores.

Amor-perfeito1

Pode também umedecer folhas de papel toalha com detergente neutro e retirar os pulgões manualmente.

Outra manutenção necessária é sempre cortar as folhas murchas. Isso vai estimular a planta a produzir novas flores.

Fazendo isso suas mudas permanecerão floridas por vários meses, até próximo a chegada da Primavera.

janela-33