Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Posts para categoria ‘Plantas rasteiras’

soleirolia-soleirolii-1-1

A Soleirolia soleirolii é uma planta originária da Córsega e ilhas próximas à Itália. É também conhecida popularmente como Planta da sorte, Lágrimas de bebê e Cabelinho de anjo.

É uma planta reptante de até 10 cm. Seu florescimento de dá no final do verão, início da primavera. A flores são hermafroditas, minúsculas, branca-rosadas.

As folhas são o atrativo especial da planta, conferindo, quando em vaso, um lindo efeito pendente e quando plantado no chão, uma textura uniforme de tapete verde.

Seu cultivo deve ser a meia sombra com bastante luminosidade. No frio intenso ela some, reaparecendo na primavera.

O solo deve ser com bastante matéria orgânica. E a maneira mais fácil de reproduzi-la é pela ramagem que já possui pequenas raízes nos nós.

Soleirolia soleirolii

A Soleirolia pode ser usada como forração em locais sombreados. É uma ótima opção para aqueles lugares onde a grama normalmente não se desenvolve.

Regá-la em dias alternados, sem encharcar. Para que ela não seja atacada por fungos (que podem melar a planta) coloque-a no sol de vez em quando. Melhor ainda, se ela estiver naquele cantinho onde pega um pouco de sol da manhã.

Planta pendente em vaso mas, também pode ser empregada sob a sombra de árvores, pois cresce como se fosse um tapete, de preferência a meia sombra, em um substrato bem com bastante matéria orgânica e com boa umidade do ar.

Não raro, sobe sobre pedras adquirindo até um certo status de invasora. É importante lembrar que não se trata de uma planta pisoteável.

Soleirolia soleirolii

A flor solta fumaça
Uma curiosidade à parte da Soleirolia, diz respeito às suas minúsculas flores: quando maduras e secas, no menor toque, elas explodem, soltando um pozinho branco como acontece com a Pilea microphylla–“brilhantina”, da mesma família.

Nas regas, percebe-se muito bem esse fenômeno. Na verdade são os grãos de pólen saindo do androceu, ou seja: do órgão sexual masculino. Na foto abaixo, vê-se 4 estames masculinos na parte mais apical da flor.

correnteza_33

lágrima-de-bebe

Essa planta linda é também muito conhecida como a árvore da felicidade. Lágrimas de bebê é uma planta herbácea abundante que fica terra-a-terra com altura até 15 cm e muito ramificada, com folhas circulares e bem miúdas de tonalidades esverdeadas, mas intensa e com talos arroxeados.

Bela por natureza, que gosta de climas tropicais, mas não resiste bem em climas frios e geadas por longo tempo.

Ela deve ficar mais saudável ao meio sol, com mais sombras. Ela gosta de ficar perto de árvores que lhe presenteie com coberta de sombras ao vento.

O solo de cultivo precisa ser muito rico em matéria orgânica; a rega deve ser  regularmente para que o solo tenha uma boa umidade, mas também uma boa drenagem. A elaboração do berço acontece pela remoção de inços e outras plantas não desejadas.

soleiroria

Como plantar
Deve-se botar composto orgânico bem isolado, em seguida, adiciona 200 g/m2 de fertilizante de aves bem permutado. Você pode encontrar a venda de mudas em potes ou em caixas com 15 unidades.

Plante com espaçamento de 20 cm permitindo espaço entre as mudas, organizando em filas desencontradas, assim que plantar pode regar. Nos dias seguintes, observe como ela reage, banhando de maneira leve todo o berço.

Propagação
A forma que ela desenvolve é por estaquia de ramos, que pode ser com suas raízes, sendo que, quando os nós atingem a terra as gemas tendem a dar fixação.

A forma que ela desenvolve é por estaquia de ramos, que pode ser com suas raízes, sendo que, quando os nós atingem a terra as gemas tendem a dar fixação.

Atente para separar atenciosamente, a intenção é não deixar espaços desocupados. Plante estas mudinhas em vasos com combinados orgânicos, conservando o local protegido e aguardar para que se abram novos ramos.

Ela tem qualidade de planta rasteira e sua capacidade é para forrações nas extremidades de árvores que auxilia também boa sombra.

Elas não podem ser pisoteadas, ela não resiste e morre. De modo que é melhor abrir caminhos para passagem em locais que as pessoas circulam.

Ela fica lindamente como bordas  de laguinhos, fonte e locais pedregosos, mas lembre-se que não muito ao sol, ela poderá perder seu desenvolvimento inibido.

Pode ser cultivada em  vasos tranquilamente, pois são delicadas e decoram belamente suas extremidades.

coração

ficóide

Também conhecida como tapete-mágico, planta-gelo ou pábrica-de-gelo, essa planta é originária da África do Sul e é encontrada nas planícies de Namaqualand a Stilbaai no Cabo Ocidental, formando extensos tapetes naturais que se tornam lindas rotas turísticas. Sua variedade de cores é abrangente: amarelo, vermelho, roxo, rosa e branco!

A ficóide é uma espécie rasteira. Suas folhas contam com uma célula especial que armazena água. Isso dá a impressão de que as folhinhas estão cobertas de gelo. A época de florescimento é nas estações mais quentes do ano: primavera e verão, despontando numerosas inflorescências, solitárias, semelhantes a margaridas.

Há muitas variedades de ficóide, com flores de cores diversas, como amarelo, vermelho, roxo, rosa, branco, etc, mas é mais fácil encontrá-la em misturas de híbridos coloridos.

Uma plantinha que se encaixa em qualquer espaço, muito versátil e fácil de cultivar. Ideal para compor longos maciços de flores, ou como forração mesmo, sob o sol. Encaixa-se perfeitamente em vãos de escada, de muros ou em jardins pedregosos, crescendo entre as fendas.

dorotheanthus_bellidiformis

A planta pode atingir até 20 cm de altura e se fecha com chuvas fortes, dias nublados e à noite, abrindo apenas sob o sol. Por isso, o indicado é cultivá-la em ambientes com bastante luminosidade.

De fácil cultivo, a ficóide se encaixa em diversos locais, como vãos de escadas, muros, jardins e vasos. Se dá bem em solos arenosos, mas de preferência férteis e enriquecidos com matéria orgânica – solos úmidos demais danificam as plantas, podendo trazer doenças. Por isso tome cuidado!

Assim que a planta amadurece, os frutos que se formam abrem e liberam sementes, e logo em seguida as plantas secam e murcham.

Confira as dicas de como plantar
O primeiro passo é conferir se o solo está arenoso e enriquecido com matéria orgânica. Logo em seguida você pode colocar as sementes na superfície do solo, cobrindo com uma camada fina de substrato.

ficoide

O recomendado é que você regue a planta regularmente, mas por ser uma suculenta ela não precisa de muita água. Para o melhor cultivo, o indicado é cultivar o ficóide em sol pleno, com bastante exposição.

Seu tempo de germinação é de seis a quinze dias, e o de florescimento é quatro meses.

campoflorido

Callisia repens

O dinheiro-em-penca, tostão ou mosquitinho, é uma planta tropical rasteira de pequeno porte de folhagem densa com pequenas folhas verdes e arroxeadas podendo alcançar entre 5 e 25 cm.

Na tradição popular a dinheiro-em-penca é conhecida por atrair sorte e dinheiro para quem planta ou para quem é presenteado com uma. Trata-se de uma planta de fácil e cultivo e cuidados simples.

Como fazer mudas de dinheiro-em-penca
* Para fazer uma muda de dinheiro-em-penca, retire um ramo de aproximadamente 10 cm de uma outra planta, preferencialmente cortando na parte do entrenó;

* Enterre um raminho ou mais, no substrato de maneira que pelo menos uns 4 nós fiquem para baixo da terra;

* Deixe à meia-sombra;

* Mantenha a terra sempre úmida, mas nunca encharcada.

Como plantar dinheiro-em-penca
* A dinheiro-em-penca pode ser cultivada diretamente no jardim, preferencialmente em locais úmidos, ou em um vaso, já que ela é muito apreciada para decoração como planta pendente;

* Prepare o solo do jardim ou vaso com matéria orgânica (compostagem) e substrato levemente úmido;

* Acomode a muda de dinheiro-em-penca sobre a terra com matéria orgânica e cubra a raíz com terra sem apertar;

* Regue sem encharcar e evite que a água caia sobre as folhas.

Callisia repens_1 (Medium)

Sugestão: a dinheiro-em-penca é uma ótima sugestão de planta para preencher o espaço entre cactos e suculentas em canteiros ou jardineiras.

Cuidados
* Luz: recomenda-se a meia-sombra já que a Callisia repens tem uma baixa tolerância ao sol que queima suas folhas e deixa-as vermelhas e a sombra total também não favorece seu crescimento pleno;

* Temperatura: entre 20 e 30º C. Evite também muito frio ou ambientes internos com ar-condicionado;

* Adubação: a melhor época para adubar a dinheiro-em-penca é no meses da primavera e verão, uma vez a cada mês;

* Água: sempre que a terra estiver seca ou em épocas quentes ou no verão, preferencialmente uma vez por dia. O ideal é que o substrato esteja sempre levemente úmido e que a terra seja molhada e não as folhas;

* A dinheiro-em-penca, apesar de ser rasteira e bonita para preencher jardins como se fosse um tapete, é pouco resistente a pisoteios. Portanto, evite colocá-la em locais de passagem ou onde animais possam esmagá-las;

Calisia-repens

Como podar dinheiro-em-penca e replantar
Você sabe que é hora de replantar e podar a dinheiro-em-penca quando os caules estiverem muito compridos e as folhas apenas nas pontas:

* Retire a planta do vaso;

* Remova os ramos secos (você pode aproveitar alguns deles para fazer novas mudas);

* Misture um novo substrato com matérias orgânica a uma parte do antigo e deixe a terra fofa;

* Acomoda a dinheiro-em-penca novamente;

* Regue para manter a terra sempre úmida até que os novos ramos comecem a surgir.

folhas caindo outono