Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Posts para categoria ‘Flores e Folhagens’

Asarum_maximum

O gengibre-cara-de-panda é uma planta herbácea, rizomatosa, florífera e rara. Pertence à família Aristolochiaceae e origina-se das florestas das províncias de Hubei e Sichuan, na China.

Suas folhas surgem diretamente do rizoma horizontal. São solitárias, brilhantes e sustentadas por um longo pecíolo. O conjunto da folhagem é denso e arredondado. As folhas tem formato de coração, verde escura nas margens, com uma mancha verde clara prateada no centro, muito decorativas.

Floresce na primavera, apresentando sob a folhagem diversas flores campanuladas, aveludadas, com o centro branco e as margens negras, que lembram o urso panda. As flores são hermafroditas e tem um perfume característico de cogumelos. A polinização é realizada por moscas.

caradepanda

Esta é uma planta excelente para pátios e varandas. Como a floração ocorre sob a folhagem, é indicado plantá-la em vasos e jardineiras que fiquem elevadas, preferencialmente na altura dos olhos. Ainda assim, sua folhagem por si só é muito ornamental, portanto também é interessante como forração para áreas sombreadas do jardim.

Seu cultivo deve ser à meia sombra ou luz difusa, em solo drenável, humoso e regado regularmente. Aprecia a umidade ambiental. Sensível ao ataque de lesmas e caramujos.

asarum

Sua multiplicação é feita por sementes postas a germinar no final do verão, que necessitam de quebra de dormência passando por um período frio, correspondente ao inverno, para germinarem na primavera.

A propagação também se dá por divisão da planta enraizada, preservando a estrutura completa em cada muda, com rizoma, raízes e folhas.

outono_!!

girassol

Está sempre em busca do sol. Tem um formato exótico e o seu tom amarelo intenso dá vida ao ambiente onde vive. Estamos falando do girassol. Esta planta tem um porte herbáceo e pode atingir até cerca de três metros de altura. Precisa de sol direto e tomando os cuidados mínimos é uma planta que não terá problemas em crescer rápido.

Pertencente à família das compostas, o girassol é uma flor que, para além de trazer vários benefícios para a saúde, pode ser cultivada em casa como decoração.

Pertencente à família das compostas, o girassol é uma flor que, para além de trazer vários benefícios para a saúde, pode ser cultivada em casa como decoração.

A maioria dos girassóis são altos, podendo alcançar 4 m em cultivo. As inflorescências são muito grandes podendo atingir 30 cm de diâmetro. Nelas se reúnem dois tipos de flores, as periféricas liguladas e as centrais, férteis e hermafroditas.

No entanto os girassóis apenas realizam a autofecundação raramente, exigindo a polinização manual ou por insetos, com pólen de outros indivíduos.

Donos de uma cor deslumbrante, os girassóis ficam bem em qualquer recanto da sua sala ou do seu jardim. Mas como cuidar de um girassol? Vamos a uma breve explicação.

Helianthus annuus vermelho

O girassol
O girassol, além da sua beleza, é uma planta muito útil, pois podemos aproveitar tudo nesta flor: as sementes, as flores e até mesmo os ramos. Apesar de ter uma curta duração, o girassol é uma planta que se renova se tiver os cuidados certos. Ter um girassol não tem truques confusos, nem técnicas difíceis. Você vai ver que eles são muito fáceis de cuidar.

A importância do sol
O sol é sem dúvida um importante fator na vida de um girassol. Esta planta vive em busca do sol, daí a razão do seu nome. Escolha um lugar de grande luminosidade, para um bom desenvolvimento o girassol precisa no mínimo de quatro horas de sol direto. Evite zonas escuras. O girassol irá inclinar-se em direção ao sol e pode quebrar.

Irrigação do girassol
Embora esta planta seja bastante resistente, ela não pode ser regada com muita intensidade. O excesso de água pode afrouxar o solo e a planta ficará sem apoio para se manter estável.

Confira o solo diariamente e irrigue-o de forma a que este se mantenha úmido. Deve regar no início do dia ou no final, nunca nas alturas mais quentes do dia. Se o solo estiver agradável para o crescimento desta planta, pode só ser preciso regar o girassol se não chover durante mais de uma semana.

Tenha especial atenção ao tempo. Se existir previsão de ventos fortes não regue nesse dia, isso deixará as flores mais frágeis e susceptíveis a arrancar.

Helianthus annuus

Cuidados a ter com o solo
É muito importante ter atenção ao tipo de solo. Se for um solo rico em matéria orgânica, como minhocas, então não será preciso a utilização de fertilizantes. No entanto, pode adicionar uma camada de mulch para ajudar na decomposição e melhorar o solo.

Em solos pouco nutritivos faça alguns buracos ao redor da planta e coloque o fertilizante neles. Evite colocar diretamente na raiz. Nestes casos adubações periódicas também poderão ajudar a manter a planta saudável e com uma floração abundante.

Para que o girassol se mantenha vistoso durante mais tempo, pode fazer anualmente o replantio da planta.

Helianthus annuus

Fuja das pragas
O girassol atrai muitos insetos e pragas que podem causar danos à planta. Nestes casos pode pulverizar com pesticida, tendo atenção para o fazer quando os insetos não estiverem por perto.

De qualquer das formas o girassol é uma planta bastante resistente a pragas e se tomar cuidado a planta conseguirá resistir.

As folhas do girassol atrapalham o crescimento de ervas daninhas e algumas outras pragas, por isso quando caírem não as remova do chão, podem ser uma ajuda.

florestachuvosa

lirio-da-paz

O lírio-da-paz (Spathiphyllum wallisii) é uma planta milenar que exige poucos cuidados. Com aparência bonita, é bem resistente. Porém, algumas pessoas acabam tendo problemas na hora do lírio-da-paz florescer. Isso pode acontecer devido às condições em que o lírio está plantado ou fator ambiental.

Com uma conotação religiosa e cheia de misticismo, a flor de lírio é adorada por muitos.

Como cuidar de lírios-da-paz
O lírio-da-paz não tem segredo para ser cultivado. Primeiro, você precisa de um ponto quente, úmido e sombreado, assim como as florestas tropicais, lugar do qual ele vem. Por isso, quando a planta é deixada dentro de casa consegue se desenvolver melhor, quando comparada aos ambientes do lado de fora da casa.

Deixe o lírio-da-paz próximo de uma janela em um quarto bem quente e com a luz indireta do sol. Tome cuidado ao expor o lírio ao sol muito direto e em excesso ou ao ar frio. Isso pode fazer com que ela morra antecipadamente. Se o clima de sua cidade for tropical, você pode deixar a planta para fora pelo ano todo.

lirio-da-paz

Outro fator importante na hora de cuidar é regar o lírio da forma correta. Faça isso apenas quando o solo estiver seco e coloque água o suficiente para deixá-lo úmido e sem poças. Caso você não regue a planta, ela poderá morrer.

A água em excesso, porém, também não é boa e pode causar a raiz podre, fatal para qualquer planta. A média de regadas por semana é, normalmente, uma vez.

Além de regar, você deve borrifar água na planta durante a semana. Isso servirá para reproduzir o ambiente natural dele, que é bem úmido.

As folhas não saudáveis devem ser aparadas com frequência. Isso irá impedir que a planta gaste energia com partes mortas. Faça cortes limpos e bem próximos ao solo.

liriodapaz

Como cuidar de lírios em vaso
Nós explicamos como cultivar lírios em vaso. Para envasar um lírio-da-paz, você deve, primeiro, usar o tamanho apropriado de vaso. Para isso, o ideal é que tenha cerca de 25 centímetros de diâmetro. Este tamanho normalmente faz com que as raízes se espalhem e cresçam o suficiente.

O fundo do vaso deve ter buracos de drenagem – isso é essencial para a sobrevivência da planta. Lugares especializados em jardinagem oferecem uma mistura de envasamento própria para lírios. Escolha um solo que tenha cascas de árvores compostas e seja bem leve.

gaivotas

violetas

As violetas são belas flores que podem embelezar qualquer jardim. Muito populares no mundo todo, elas estão presentes em toda a cultura mundial, sendo símbolo de amor entre divindades e também entre casais.

Com um cuidado e cultivo muito simples, a violeta é muito comum em quase todas as regiões do planeta, principal pelo motivo de que esta flor tem uma adaptabilidade muito grande a vários tipos de clima e de solo.

Algumas dicas para deixar a sua vida mais bela e com flores por todo canto.

Para florescer a violeta, são precisos alguns cuidados específicos em seu cultivo. Um dos maiores segredos para um cultivo da violeta é a luz que incide sobre a planta. A violeta tem uma grande necessidade de iluminação para que consiga fazer sua floração e também sua fotossíntese.

violeta

No entanto, é importante e notável o fato de que a luz não pode incidir diretamente em suas folhas e flores, pois essa planta é sensível ao sol e pode acabar sendo “queimada” pelos raios solares que vêm diretamente ao seu corpo.

Outra dica essencial para cultivar as violetas com flores sempre é a temperatura do ambiente. A violeta não tem grande resistência às noites frias, portanto, é importante que haja uma regulação para que durante as noites a temperatura não fique abaixo de 21ºC.

No entanto, não é bom que faça muito calor: temperaturas acima de 30ºC durante o dia podem inibir o florescimento da planta, te impedindo de chegar no resultado devido.

Outra informação relevante para quem deseja saber como cultivar violetas sempre floridas se refere à quantidade de irrigação da planta. Não se deve regar excessivamente a planta.

Saintpaulia_ionantha04

Geralmente isso impede um crescimento saudável da violeta por causa de fungos que acabam prejudicando as raízes das plantas, e, consequentemente, a sua absorção de nutrientes do solo. O ideal é manter a umidade do solo, nunca encharcando a terra em que a florzinha será cultivada.

Para dar o toque final, saiba que é preferível que o cultivo se dê em vasos, tendo em vista que a necessidade de luz indireta pode acabar impedindo a plantinha de florescer como se deseja.

Portanto, se tiver essa opção, procure por vasinhos de barro, que absorvem umidade e não deixam o solo ficar encharcado, garantindo as necessidades básicas que proporcionam um desenvolvimento saudável e florido da violeta.

Adubo caseiro para violetas
A adubação é um incentivo interessantíssimo que as violetas podem ter para um cultivo florado. No mercado de adubos e floricultura, existem adubos específicos de solução NPK (Nitrogênio, potássio e fósforo) desenvolvidos para a floração de violetas.

violeta

No entanto, se você deseja fazer uma produção caseira desse tipo de fertilizante, damos a receita para você. Você vai precisar de cascas de ovos, húmus e banana para isso.

A combinação de adubo natural (húmus), com cascas de ovos e banana garantirá a proporção perfeita entre nitrogênio, potássio e fósforo em uma planta.

As cascas de ovos são ricas em fósforo, a banana é rica em potássio e o húmus possui alta quantidade de nitrogênio, oferecendo a proporção necessária de nutrientes que garantem o cultivo da violeta.

horizonte