Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Posts para categoria ‘Flores e Folhagens’

cravos vermelhos

Na hora de reproduzir uma planta de cravo, existem diversas alternativas entre as quais pode escolher, segundo as suas necessidades ou preferências. Desta forma e com uma série de cuidados básicos, conseguiremos que nossa casa fique bonita e cheia de cor graças aos cravos.

Ainda que sejam muitas as variedades existentes desta flor, a verdade é que os métodos de multiplicação são os mesmos.

A reprodução ou multiplicação de cravos pode ser realizada de duas formas diferentes: por estacas ou por sementes. É importante referir que cada uma destas técnicas conta com suas vantagens e desvantagens, por isso deveremos avaliar ambos os aspectos e decidir qual nos interessa mais na hora de plantar cravos.

Deste modo, reproduzir cravos através de estacas consiste em multiplicar estas flores a partir do broto de uma planta de cravo já crescida, denominada planta mãe. Estes caules deverão ter duas ou três folhas já formadas, enquanto o resto estará ainda em fase de desenvolvimento, por isso será capaz de jogar raízes pela parte inferior.

cravos brancos

Costuma se tirar da parte média de uma planta mãe de 10 ou 12 meses e, segundo a variedade de cravo, poderão medir entre 4 e 9 cm.

A reprodução através de estacas de cravo costuma ser rápida desde que a planta tenha sido capaz de se enraizar corretamente.

Ainda assim, é importante saber que esta forma para plantar cravos muitas vezes é afetada por vírus e bactérias; é por isso que se recomenda optar por estacas especialmente pensadas para esta tarefa.

cravos amarelos

Do mesmo modo, como desvantagem deste método, algumas das plantas de cravo que nasceram por estacas não dispõem de cheiro em suas flores.

Com isto queremos dizer que em vez de optar por arrancar você mesmo as estacas de uma planta de cravo, será recomendável se dirigir a uma loja ou centro de jardinagem onde poderá adquirir estacas de cravo devidamente tratadas.

Por outro lado, como já dissemos, os cravos também se reproduzem por sementes, ainda que se trate de uma técnica mais lenta que a anterior. Deste modo, existe a possibilidade de extraí-las de plantas de cravo ou optar por comprá-las diretamente em uma loja de jardinagem, que sempre é bem mais eficaz.

Na hora de plantar cravos através de sementes, recomenda-se fazê-lo através de viveiros e quando as mudas estiverem um pouco crescidas, deverá transplantá-las deixando uma distância de 10 cm de um cravo para o outro.

gaivotas

Russelia equisetiformis

A flor-de-coral é de origem mexicana que desponta inflorescências da primavera ao outono.É também conhecida como russélia.

As flores têm forma tubular e podem ser vermelhas, amarelas ou brancas. Os frutos, de tipo cápsula, não são relevantes em termos decorativos.

O seu aspecto pouco denso torna-a apropriada para jardins informais, vasos, floreiras e cestas suspensas, ficando os seus ramos pendentes evidenciados. A flor-de-coral atrai beija-flores e borboletas e destaca-se em grupos. Esta planta prefere um clima quente e ameno, mas tolera o frio, o vento e a salinidade (para cidades à beira-mar).

Cultivo
A flor-de-coral é uma planta bastante ramificada e deve ser plantada em solo areno-argiloso. Recomenda-se que se aproveitem elevações naturais para destacar os seus ramos pendentes. Ela pode tornar-se uma planta invasiva, sendo essa a única desvantagem desta espécie.

Cuidados
A nível de rega, pode apenas molhar a superfície do solo quando estiver seco. Tenha cuidado para não encharcar.Mantenha a planta em locais com muito sol ou meia-sombra. A flor-de-coral multiplica-se através de sementes e divisão das touceiras enraizadas.

Russelia equisetiformis_1

Plantio
Para que floresça com abundância, tome alguns cuidados na hora do plantio. A flor-de-coral precisa de sol e irrigação regular. O solo deve ser adubado com potássio e fósforo.

Procure um solo que contenha areia e argila, mas que seja úmido (e não encharcado). Para melhores resultados, na hora do plantio misture na terra (à volta do caule, nunca junto ao caule!) cinco colheres de sopa (por metro quadrado) de NPK 04-14-08. De quatro em quatro meses aplique uma nova colher. Se o solo for adubado, a sua russélia florescerá muito mais.

Mudas e podas
Pode conseguir boas mudas se dividir as touceiras da planta por estaquia e sementes. Como qualquer planta, o truque para boas mudas é a altura em que são tiradas. A época certa para tirar mudas da flor-de-coral são as estações de primavera e verão.

Para obter um bom resultado com a multiplicação e ver a sua russélia carregada de flores o tempo todo, recomendamos que pode a planta no final do inverno.

Russelia equisetiformis_2

Paisagismo
Por ser de fácil plantio, ter boa conservação, ser perene e por oferecer um lindíssimo visual, a flor-de-coral é muito usada por paisagistas como planta ornamental, compondo alguns tipos de decoração.

Uma das vantagens de cultivar russélia é que, aparentemente, ela não atrai fungos e pragas, parecendo até imune. Se for plantada em duas ou mais cores, o efeito que esta planta provoca é ainda mais bonito.

Curiosidades
Quando exposta ao sol, o verde das suas folhas ganha uma coloração diferente, ficando quase fluorescente! Se a flor-de-coral tiver sido cultivada junto de outras plantas, os tons de verde das demais provocará um efeito degradê.

Pode dizer-se que a flor-de-coral é um arbusto porque forma uma touceira de ramos e flores acima do solo, com altura de cerca de um metro. No entanto, seus galhos são tão finos que não podem ser chamados de troncos, fazendo da russélia uma planta herbácea.

banconolago

Papaver-somniferum

Se gostas de flores e quer ter algumas em casa, basta continue lendo esse artigo do um e aprender como plantar papoulas em vaso, para dar uma corzinha à sala da sua casa.

Materiais necessários:
* Sementes de Papoula;
* Mistura de terra para vaso;
* Adubo;
* Vaso com buracos para drenar a água .

A vantagem da papoula é a sua facilidade em plantar e o fato de estar disponível no mercado em tantas cores como as do arco-íris. Contudo deve ficar sabendo que elas podem crescer até aos 60 cm de altura e nesse caso vão precisar de um pouco mais de espaço.

O primeiro passo é arranjar um vaso com sistema de drenagem, pode até fazer o seu próprio vaso. Escolha vasos com aqueles furos no fundo para que a água em excesso possa sair. De seguida deve colocar terra no vaso, deixe 2,5 cm do vaso sem terra, a contar do topo. Não utilize aquela de mistura de jardim, prefira uma mistura feita por si entre adubo e terra de envasar.

Coloque as sementes de papoula no cimo da terra misturada. Preferencialmente deve plantar dentro de casa em meados do mês de agosto até início de setembro. Distribua um pouco da mistura de terra de envasar por cima das sementes.

Papaver-somniferum-_2

Ao contrário de outras plantas, as papoulas até na fase de semente gostam bastante de exposição solar. Por isso certifique-se que o vaso apanha muito sol durante o dia.

Quando regar, tenha cuidado para não encharcar o vaso e fazer as sementes mexerem. Tem algumas opções para evitar isso, utilizar uma garrafa de spray, um pequeno regador ou se preferir fazer um vaso biodegradáavel que absorve melhor a água necessitando de menos quantidade de líquido para fornecer os nutrientes à planta. Ao fim de 4 a 6 semanas irão surgir as primeiras transformações.

Pode utilizar um fertilizante, de preferência líquido pois resulta bastante bem, durante a primeira época de cultivo das papoulas. Use-o uma a duas vezes por mês. Depois da primeira época, pode apenas colocar fertilizante no início da primavera e depois no outono. Não se esqueça de regar após colocar o fertilizante.

Quando as papoulas estiverem bem definidas regue-as em dias intercalados e não todos os dias. Deixe passar um dia após a rega para a terra poder secar. Não se esqueça de ir removendo as folhas e flores secas para promover o nascimento e crescimento de novas flores. Para isso basta ir cortando as partes secas.

tempestade

Papaveraceae_papaver_orientale

Se gostas de flores e quer ter algumas em casa, basta continue lendo esse artigo do um e aprender como plantar papoulas em vaso, para dar uma corzinha à sala da sua casa.

Materiais necessários:
* Sementes de Papoula;
* Mistura de terra para vaso;
* Adubo;
* Vaso com buracos para drenar a água .

A vantagem da papoula é a sua facilidade em plantar e o fato de estar disponível no mercado em tantas cores como as do arco-íris. Contudo deve ficar sabendo que elas podem crescer até aos 60 cm de altura e nesse caso vão precisar de um pouco mais de espaço.

O primeiro passo é arranjar um vaso com sistema de drenagem, pode até fazer o seu próprio vaso. Escolha vasos com aqueles furos no fundo para que a água em excesso possa sair.

papoulas

Em seguida deve colocar terra no vaso, deixe 2,5 cm do vaso sem terra, a contar do topo. Não utilize aquela de mistura de jardim, prefira uma mistura feita por si entre adubo e terra de envasar.

Coloque as sementes de papoula no cimo da terra misturada. Preferencialmente deve plantar dentro de casa em meados do mês de agosto até início de setembro. Distribua um pouco da mistura de terra de envasar por cima das sementes.

Ao contrário de outras plantas, as papoulas até na fase de semente gostam bastante de exposição solar. Por isso certifique-se que o vaso apanha muito sol durante o dia.

Quando regar, tenha cuidado para não encharcar o vaso e fazer as sementes mexerem. Tem algumas opções para evitar isso, utilizar uma garrafa de spray, um pequeno regador ou se preferir fazer um vaso biodegradável que absorve melhor a água necessitando de menos quantidade de líquido para fornecer os nutrientes à planta. Ao fim de 4 a 6 semanas irão surgir as primeiras transformações.

papoulas-1

Pode utilizar um fertilizante, de preferência líquido pois resulta bastante bem, durante a primeira época de cultivo das papoulas. Use-o uma a duas vezes por mês. Depois da primeira época, pode apenas colocar fertilizante no início da primavera e depois no outono. Não se esqueça de regar após colocar o fertilizante.

Quando as papoulas estiverem bem definidas regue-as em dias intercalados e não todos os dias. Deixe passar um dia após a rega para a terra poder secar.

Não se esqueça de ir removendo as folhas e flores secas para promover o nascimento e crescimento de novas flores. Para isso basta ir cortando as partes secas.

passaro_2