Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Posts para categoria ‘Dicas e Curiosidades’

mini rosas-10

As rosas são flores lindas e muito cobiçadas, além de ser muito românticas, independente da cor elas possuem uma elegância., ensina como plantar em vaso.

As rosas são umas das flores mais adoradas pelas pessoas, sendo a preferida para várias ocasiões, além disso, servem de inspiração.

Contudo, sabemos que ela é de uma beleza única, e que as rosas encantam e perfumam qualquer ambiente. Porém, precisamos saber se podemos plantar esta flor clássica em nossa casa.

Em primeiro lugar saiba que podemos cultivar elas em casa sim. Para plantar é mais fácil do que você imagina. Confira!

rosas

Como plantar rosas no vaso
O primeiro passo é preparar o vaso para cultivar, prepare este local com alguns dias de antecedência. Com uma terra de qualidade faça um buraco com cerca de 30 cm de profundidade. No entanto, lembre-se que o espaço não pode ser apertado, isso porque as raízes delas precisam crescer.

Pensando nisso, escolha quais variedades de rosas serão plantadas no vaso. As rosas têm formato, tamanhos e cores diferentes. Deste modo, você precisa saber que existem uma variedade de rosas, porém, independente da sua escolha o plantio é semelhante para todas elas.

Em primeiro lugar coloque as raízes das rosas no buraco que preparamos de maneira que elas fiquem cobertas totalmente. Entenda que estas flores precisam receber luz solar diretamente, algo em torno de 5 horas diariamente.

Contudo, basta deixar o seu vaso em um local durante a manhã, onde os raios solares são mais amenos. Além disso, a ventilação é necessária, mas, apenas devemos cuidar para não haver excesso de ventos.

Portanto, esta planta gosta muito de umidade, então, a recomendação para ela crescer de forma saudável é regar diariamente. Entretanto, cuidado com o acúmulo de água, pois pode apodrecer as raízes.

rosas em vasos

Dicas extras
Essa dica é muito importante, então para regar de preferência para o período da manhã. A próxima dica em relação ao período chuvoso é alterar as regras de irrigação, durante este período. Depois de três meses de cultivo, use repelentes naturais frequentemente para evitar pragas.

agua xzO

vaso

O vaso de planta é parte importante na arte da jardinagem por diversos motivos, sendo o principal a responsabilidade que o objeto tem de aconchegar a plantinha e facilitar seu desenvolvimento.

É por isso que o processo de escolher um vaso precisa ser feito com carinho, ainda mais se você deseja que a sua plantinha cresça e floresça.

A salvação da sua florestinha pode estar aqui! Veja algumas dicas para não errar na hora de comprar um vaso e diferenças entre eles.

Como escolher seu vaso de planta?
É fundamental começar a conversa falando sobre os furinhos que um vaso de planta precisa ter, isso porque, sem eles, a água não vai escoar e provavelmente as raízes vão apodrecer.

Desta forma, independente do acessório que você escolher, tenha em mente que ele precisa ter furos na base.

Continuando, é hora de fazer uma continha básica sobre tamanho. Se a planta que você deseja é grande, de raízes extensas e precisa de espaço, o crescimento dela só vai acontecer se o vaso for grande. O mesmo vale para espécies menores, que facilmente se adaptam a um lugar menor.

Uma planta precisa de espaço para crescer, dependendo das características da sua espécie, você vai escolher entre um vaso de planta pequeno, médio ou grande.

Vaso de planta: quais as diferenças?
Existe sempre aquela dúvida de qual tipo de vaso escolher, afinal, são tantos! Sendo assim, aprenda sobre as principais características deles para não se perder no meio das variedades.

vasos

Barro ou cerâmica
Estão entre os preferidos por sua resistência e aparência rústica. Além de reter a umidade, garantindo que a terra não vai secar rapidamente, eles não esquentam tanto no sol como outros modelos. Já em relação às desvantagens, são peças pesadas e frágeis.

Concreto ou cimento
Já faz algum tempo que os vasos feitos com esses materiais ganharam holofotes no mundo da decoração, isso porque são peças que vão bem com plantas maiores, como as palmeiras, filodendro, ciclanto e zamioculca. Entretanto, pense bem no local, pois são objetos pesados de difícil locomoção.

Plástico
O material é um dos mais comuns, porém requer cuidados, já que esquenta com facilidade se ficar no sol. Uma dica para quem preferir este tipo de vaso é aderir à moda dos cachepôs, perfeito para acomodar a plantinha e deixar o visual bem bonito. A principal vantagem do plástico é que o material é barato e a maioria já vem com furos na base.

cachepot

O que é cachepô?
A ausência de furos nos cachepôs é uma das diferenças, mas o estilo decorativo dos objetos também se destaca, isso porque eles são pensados de uma forma mais visual e menos funcional, ou seja, um espaço para plantar a verdinha.

Os cachepôs, também chamados de cachepots, são responsáveis por trazer personalidade para os ambientes e estão disponíveis em diversos modelos, texturas, cores e formatos. A lista vai de versões em cimento a metal, tecido, crochet e bambu.

Flores-Azuis

vasos

Na hora de criarmos nosso próprio local de cultivo, temos de escolher a melhor opção entre diversas categorias para ter plantas saudáveis. Local adequado, tipo de adubo, solo e substratos mais indicados… É difícil dar conta!

Abaixo um guia de tamanhos de vasos de plantas para te ajudar.

Escolher o melhor entre os diferentes tamanhos de vasos de plantas é fundamental para o crescimento saudável do seu cultivo. Isso porque as flores e vegetais precisam de espaço suficiente para crescer suas folhas e raízes sem ficarem amassadas. Nossas dicas vão te ajudar nessa missão.

Como escolher o vaso de planta ideal?
Para fazer a escolha do vaso correto para a sua planta, primeiro você deve saber o quanto essa planta cresce. A própria natureza e o tipo de planta podem determinar o quanto ela crescerá, no entanto, o desenvolvimento da raiz é peça fundamental no tamanho visível da planta.

Por isso a escolha de um vaso que seja do tamanho ideal para a planta é tão importante. Não só isso, como algumas plantas exigem o reenvasamento para que cheguem ao seu tamanho final.

Além dos tamanhos de vasos de plantas, o material do qual eles são feitos tem importância. Hoje em dia, existem vasos de plástico, metal, madeira, cerâmica e outras matérias-primas diversas.

O local de plantio e o tipo de cultivo são fatores que devem ser levados em consideração na hora de decidir o material ideal.

Vasos feitos de plástico, por exemplo, não são indicados para locais que recebem luz solar direta por períodos estendidos. Isso porque o material pode emitir substâncias tóxicas para a planta.

Por outro lado, vasos de cimento são recomendados para áreas externas, mas podem ser pouco práticos e seguros para plantios internos.

vasos

Os diferentes tamanhos de vasos de planta
Os tamanhos de vasos de plantas podem variar em profundidade, diâmetro, largura e formato. Hoje em dia, existem vasos para qualquer tipo de cultivo, seja em apartamentos ou em locais com um grande espaço externo.

Conheça, a seguir, diferentes plantas que se dão bem em determinados tamanhos de vasos.

vasos

Vasos pequenos
Os vasos de planta pequenos são ideais para quem não tem muito espaço para cultivar uma horta em grande escala em casa. Muito versáteis, podem ser utilizados em conjunto para fazer uma linda decoração.

Algumas plantas pequenas que podem ser plantadas neles são:
* Suculenta;
* Cactos;
* Antúrio;
* Bromélia;
* Jade;
* Espada de São Jorge.

Lembre-se: mesmo que sejam muito bonitas e deixem o ambiente mais vivo, plantas pequenas também precisam de cuidados! Por isso, não deixe de regá-las e prestar atenção às necessidades de cada uma para que elas possam crescer saudáveis.

vasos-27

Vasos médios
Partindo para cultivos um pouco maiores, um vaso de planta médio pode comportar diversos tipos de plantas e até algumas árvores de pequeno porte. Além disso, podem ser utilizados tanto em áreas internas quanto externas.

Confira algumas das plantas que podem crescer neles:
* Ráfia;
* Árvore da Felicidade;
* Limoeiro;
* Camedorea-elegante;
* Areca-bambu;
* Samambaia.

Aliadas com plantas pequenas para apartamento, essas plantas podem fazer parte de um lindo jardim vertical. Fique atento caso alguma dessas plantas de porte médio queira crescer mais do que o vaso suporta. Talvez seja necessário reenvasá-las.

vasos grandes

Vasos grandes
Seja para comportar plantas maiores ou para ser um novo lar para plantas de porte médio que cresceram demais, vasos de planta grande são decoração-chave para áreas externas.

Por isso, algumas plantas que podem ser colocados no jardim são:
* Palmeira;
* Jiboia;
* Zâmia;
* Leia-vermelha;
* Filodendro;
* Tinhorão.

Cuidado ao escolher o local onde plantas grandes irão ficar. Elas precisam ter espaço suficiente não só no vaso, mas também na área visível para que sua folhagem não cresça amassada ou torta. Algumas podem exigir apoio vertical.

trovador

plantas

Poucas coisas trazem tanta vida para um ambiente quanto asplantas. Até que, de repente, sem que você faça nada errado, suas espécies começam a murchar ou aparecem manchas estranhas.

Talvez elas precisem de um novo vaso, um pouco mais de sol ou estejam sofrendo com pragas. Descubra como fortalecer a saúde das suas plantas em 6 truques básicos:

1. Trocar de vaso
Mover a sua plantinha tristonha para um novo vaso pode fazer uma grande diferença. O principal é escolher um vaso maior do que o anterior, com cerca de 3 cm a mais na largura. Isso pode ser suficiente para fazer as raízes crescerem mais fortes.

2. Alimente-as melhor
As plantas também precisam de alimentos saudáveis. Que tal turbinar aquela terra antiga com uma mistura de adubos naturais de extrema qualidade? Vale usar borra de café, leite e cascas de ovo e de frutas, por exemplo.

plantas

Você pode ainda criar uma composteira em casa que, além de ajudar a criar o adubo das plantas, diminuirá em até 90% o volume do lixo da sua casa.

3. Com sol, mas nem tanto
Nós sabemos que o sol é importante para grande parte das plantas, mas quando a sua espécie já se encontra fragilizada, ser exposta diretamente ao sol forte e muito quente pode só piorar as coisas.

Até que ela se recupere, aposte no sol indireto e por um curto período do dia – de preferência pela manhã.

agua xzO