Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Posts para categoria ‘Bulbosas’

bulbo de Amaryllis

Você pode comprar excelentes bulbos em floriculturas e pela internet. As lojas online costumam ser bem especializadas e por não necessitarem expor os produtos em prateleiras, eles ficam bem armazenados e cuidados. Além disso, este tipo de negócio depende muito da confiança e do marketing boca a boca, e costuma enviar produtos de qualidade para conquistar seus clientes.

Ao comprar neste tipo de loja você tem chance de planejar sua compra no conforto da sua casa e muitas vezes pode negociar e encomendar quantidades maiores por e-mail ou telefone.

Evite adquirir bulbos em supermercados e lojas de departamentos. Mesmo que sejam de boa procedência, os bulbos nestes locais ficam mal armazenados e tendem a desidratar, apodrecer e mofar com muita rapidez. Além disso, raramente os bulbos velhos e estragados são removidos das prateleiras e dos estoques.

bulbos

Outra alternativa bastante duvidosa são os sites de leilão. Apesar de interessante à primeira vista, este tipo de comércio de bulbos pode apresentar uma série de irregularidades. A mais frequente diz respeito à qualidade dos bulbos, que muitas vezes são refugos (lotes velhos ou de bulbos pequenos).

Outra, também comum, é a venda de bulbos importados ilegalmente, que têm seu desenvolvimento comprometido, pois não foram aclimatados ao nosso país, e podem ter uma série de doenças e pragas exóticas, já que não passaram pelo período de quarentena e fiscalização agrícola.

Como escolher?
Se você tiver a oportunidade de escolher os bulbos pessoalmente, use o bom senso e escolha da mesma forma que seleciona legumes e frutas. Pegue o bulbo nas mãos e verifique se está firme, pesado, sólido, sem pragas, cortes, partes amolecidas, manchadas, mofadas, com brotações pálidas e longas de raízes e folhas, ou exsudando líquidos.

Leve em consideração que alguns bulbos são naturalmente mais macios, como os bulbos de mini-amarílis. Outros precisam necessariamente ser cortados, como os rizomas em geral. A túnica (casca que recobre os bulbos) deve estar íntegra de preferência.

bulbo cebola

As dálias em especial podem conter alguns tubérculos murchos e secos, que nada mais são que os tubérculos mãe que foram gerados no ano passado. Por ser necessária a preservação de uma pequena porção do caule nas dálias, às vezes não é possível remover estes tubérculos murchos do conjunto, o que não compromete a saúde geral dos outros tubérculos novos.

Dálias, angélicas, alguns amarílis, alpínias, bulbines, lírios-do-brejo entre outros bulbos tropicais vêm com brotações, o que não compromete o sucesso do seu cultivo.

Este fato é bem frequente em bulbos que estão saindo do período de dormência, ou que são perenes naturalmente, ou seja, não perdem as folhas em um período do ano e permanecem em atividade vegetativa mesmo no ponto de venda.

Bulbos com brotações são viáveis, mas não devem ser comprados para armazenar, eles precisam ser plantados o mais breve possível.

bulbos_1

Quando comprar?
Uma dúvida frequente é sobre a época de compra dos bulbos. A resposta depende do tipo de bulbo e da região do país em que você se encontra. A maioria dos bulbos no Brasil pode ser adquirida o ano todo, pois são plantas tropicais que não precisam de período de dormência e deste modo estão sempre disponíveis no mercado.

Isso inclui todo tipo de antúrio, alpínia, lírio-do-brejo perfumado, helicônia, bastão-do-imperador, gengibre ornamental, caládio, cana, moréia, trevo-da-sorte, etc. No sul do país, assim como em regiões de altitude do sudeste, é conveniente plantar bulbos tropicais na primavera e verão, para que as primeiras brotações não se ressintam com o frio.

Alguns bulbos anuais são sensíveis a geadas, mas podem ser plantados mesmo assim, pois você pode protegê-los com um plástico, caso tenham brotado antes da primavera.

Bulbosas de clima subtropical, ou até mesmo algumas de clima temperado, que já estão aclimatadas ao nosso país, podem ser plantadas em regiões tropicais sem problemas. Salvo aquelas que não toleram calor excessivo, a maioria brotará e florescerá, sendo que algumas poderão perenizar, florescendo posteriormente ou não, enquanto outras vão definhar por serem anuais.

bulbo

A experiência é sempre válida e você não precisa abrir mão de tê-las no jardim, mas precisa aceitar o fato de algumas vão se adaptar, enquanto outras não.

Nos estados com inverno mais marcado pelo frio, será possível cultivar bulbos que necessitam de vernalização. Alguns bulbos, como os lírios-asiáticos, narcisos e gladíolos precisarão de mais tempo plantados para quebra de dormência, ou armazenamento em câmara fria, pois são anuais e a temperatura no inverno pode não ser suficientemente baixa para induzir uma rápida brotação.

Outros, como tulipas e jacintos, permanecem sem aclimatação para nosso país, mas podem ser cultivados como anuais sem problemas.

O principal fato que devemos ter em mente é que a maioria dos bulbos podem ser comprados e plantados o ano todo. Mas algumas espécies anuais podem não brotar tão rápido, pois entram em dormência logo que são colhidos.

begonia - dalia

Outros bulbos podem florescer apenas uma vez, o que significa que devem ser tratados como anuais, e serão adquiridos a cada ano, sendo descartados após a floração (ou enviados a um amigo que mora no sul). Na dúvida pesquise, se informe, pergunte, estude as espécies desejadas.

Aqui não existem as regras impostas pelas estações do ano nos países de clima frio, por isso pode parecer confuso à primeira vista, mas é maravilhoso.

Você pode ter certeza que temos condições de cultivo e uma ampla variedade de bulbosas tropicais e subtropicais invejada por jardineiros do mundo todo.

brisa_5

tulipabarcelona

Delicadas, sensíveis ao calor e de beleza única. Assim são as tulipas. Símbolo da Holanda, essas flores originárias da Turquia e Ásia Central.

No Brasil a produção vai de março a setembro, porém os meses de pico são junho e julho, quando as flores estão mais bonitas.

Ao redor do mundo são conhecidas cerca de 2.500 variações, que resultam em diversas cores e formas, mas a barcelona, a inzel, ile de france e a hollandia são as variedades mais encontradas em nosso país, onde há maior procura por tonalidades fortes. Além disso, são as espécies que se adaptam melhor ao clima tropical.

113114

Cuidados
Para manter a beleza das tulipas é preciso tomar alguns cuidados especiais, que começam desde a compra. Escolha aquelas que estiverem com os botões mais fechados e folhas bem vigorosas.

O charme da planta cai bem em qualquer lugar da casa. No entanto há restrições. Escolha apenas ambientes arejados e evite locais abafados, pois ela é muito sensível ao calor.

ile de france
Um truque para fazê-las durar por mais tempo é usar água gelada ou cubinhos de gelo na rega ou na base dos arranjos para manter a temperatura ideal. Vale colocá-las na geladeira à noite, medida que prolonga a durabilidade da flor.

hollandia

Para quem mora em regiões mais frias, é possível transplantá-la para o jardim, desde que não receba luz solar direta.

passarinho

Cyclamen persicum

Esse friozinho de inverno me faz lembrar do Ciclame, planta com flor delicada que gosta de climas amenos, e que por isso, é também conhecida como: a-bela-do-gelo, rainha-do-inverno e violeta-dos-Alpes em alguns países da Europa, devido seu florescimento ocorrer no final do outono atingindo o ápice da sua floração durante o inverno.

Por aqui não temos invernos tão rigorosos, e o cultivo da planta já passou por adaptações, mas mesmo assim, ela continua gostando do clima ameno, sombra e água fresca, pois gosta de solos úmidos durante os meses de floração.

A origem do ciclame é da Europa, Oriente Médio e norte da África, é encontrado também do sul da Turquia à Israel e Jordânia, crescendo também na Argélia, na Tunísia e em algumas ilhas Gregas.

Pertence à família Primulaceae, cuja etimologia deriva do grego Kyclamenos, que significa forma circular e na flor se reflete tanto no tubérculo, quanto na folhagem que a planta apresenta.

Cyclamen.persicum

No Brasil, a planta é mais conhecida com nomes populares que variam entre ciclame-da-Pérsia e ciclame-de-Alepo. Sua flor é muito apreciada pela forma delicada e diferente de suas flores, que se distribuem nas pontas de suas hastes, em pétalas que parecem se dobrar para fora do botão, lembrando as asas encolhidas de borboletas que se preparam para alçarem voo.

Quando fechadas em botão, as flores em conjunto com as hastes, formam o desenho característico de um cisne com o esguio pescoço que sustenta a cabeça e bico voltados para baixo.

Sua folhagem em tons de verde intenso com efeito marmorizado e formato de coração, além de muito bonita, agrega um valor a mais à planta, mesmo depois que suas flores caem. Mas é a beleza delicada e diferente das flores que encantam e conquistam os olhares de todos os apreciadores dos caprichos da natureza.

Lindas, lindas, lindas, as flores dos Ciclame se apresentam em muitas cores, sendo mais comuns o branco, o vermelho, o lilás, o rosa, pink e salmão, com uma diversidade de flores bicolores cuja maioria possui bordas brancas.

Cyclamen-persicum-PomPom

Plantio
O Ciclame é uma planta de climas amenos, não gosta de temperaturas muito baixas, nem de altas temperaturas, por isso no verão a planta permanece em dormência. A planta pode ser cultivada em vasos e jardineiras e também diretamente no solo, em jardins formando maciços ou bordaduras sempre a meia sombra (locais protegidos da luz direta do sol).

Sua propagação pode ser feita por divisão de tubérculos ou por sementes que podem ser semeadas em sementeiras ou pequenos vasos.
* Semeie a uma profundidade de no máximo cinco centímetros no solo e mantenha a sementeira ou vaso em local escuro até que a germinação ocorra.

* Mantenha o solo úmido sem encharcar.

* A germinação é demorada, podendo levar até 15 meses.

* Quando a estrutura das plantas germinadas permitir, faça sua remoção para o vaso definitivo.

* Utilize terra rica em matéria orgânica totalmente drenável. Para isso faça um substrato com uma mistura homogeneizada de húmus, areia grossa, esterco animal bem curtido ou folhas em decomposição na proporção de 2: 1: 1.

* Regue para manter o substrato levemente umedecido, +/- duas vezes por semana.

* Quando a planta estiver no inicio do período de emissão das hastes florais, coloque o vaso sobre um prato com pedriscos úmidos. Esse detalhe irá aumentar a umidade relativa do ar, beneficiando o desenvolvimento da planta.

cyclamen_

O Ciclame é uma planta de ciclo perene, mas como perdem as folhas no período em que entra em dormência vegetativa, acaba sendo considerada como planta anual. Quando as folhas da planta secam as pessoas que não conhecem seu ciclo reprodutivo pensam que a planta morreu.

Porém seu tubérculo estará salvo, guardado para retomar o ciclo vegetativo na próxima estação. Quem souber esperar, verá e continuará a desfrutar dos encantos das próximas florações.

janela-café

copo-de-leite

As flores copo-de-leite receberam esse nome pelo fato de parecerem um copo pela sua forma e por serem brancas. Através da alteração do código genético da planta, foram obtidas novas variedades com cores e formatos diferentes.  É a variedade colorida  chamada Calla colorida.

O gênero a que essa planta pertence é o Zantedeschia e a sua família é a das Aráceas (mesmo família do lírio-da-paz e do antúrio). Sua origem é da África do Sul.

A versão colorida do copo-de-leite pode ser encontrada com cores que vão do amarelo, passando pelo laranja chegando até o lilás..

Além das cores essas plantas criadas a partir da hibridação tornou mais fácil a manutenção da calla colorida. Com um solo fofo que tenha a capacidade de reter metade da água e com regas feitas de uma a duas vezes por semana é possível ter lindos exemplares dessas flores em seu jardim.

calla

O ambiente de cultivo
A reprodução dos copos-de-leite é feita através da separação de bulbinhos e pode acontecer tanto em vasos como em canteiros. É importante que o local em que os copos-de-leite serão plantados receba sol pleno durante pelo menos metade do dia. Vale lembrar que essas plantas não toleram a incidência direta do sol.

A dica para quem for cultivar a calla colorida é procurar um local que receba sol pela manhã e a tarde colocar uma proteção para evitar que as flores tenham incidência direta dos raios do astro-rei. Nas estações do ano em que o sol está mais forte, como a primavera e o verão, é interessante providenciar uma sombra.

O cultivo pode ser feito em locais que estejam protegidos do vento, que tenham sol pleno ou mesmo a meia-sombra. Você ainda pode escolher cultivar em vasos, canteiros ou mesmo rente a muros. Quem quiser pode cultivar em conjuntos com terra e bastante matéria orgânica. A umidade deve ser constante, mas sem exagerar.

Temperatura
Uma forma de tornar a temperatura amena é providenciar sombra com o uso de telas ou mesmo dos ventos naturais. O cuidado com a temperatura pode ajudar a reduzir a incidência de uma bactéria chamada de erwinia.

Para diminuir a temperatura do solo e manter a temperatura constante uma dica é aplicar serragem ou bagaço de cana como cobertura morta no canteiro. Faça uma camada de 8 a 10 cm.

copo-vermelho-vermelho

Regas
Essa planta não suporta encharcamento podendo ficar com as suas raízes podres. Sendo assim evite fazer o cultivo durante a época de chuvas. Se o lugar em que você mora chove muito é importante que haja uma boa drenagem do solo, prefira o solo o tipo arenoso.

Quando a calla colorida está cultivada em substrato ideal a rega pode ser feita duas vezes por semana. Além de ter atenção com a umidade dos bulbos da planta é necessário manter outros cuidados como remover a terra que fica aderida aos bulbos antes de fazer um novo plantio. Nos canteiros é necessário dar o espaçamento ideal de 20 cm entre um bulbo e outro.

Flores
As flores da calla colorida costumam abrir entre 60 e 90 dias depois que o plantio dos bulbos foi feito. Em geral a planta se mantém florida por um período de 30 a 40 dias, dura bastante em vasos e em forma de arranjos florais. Trata-se de uma planta herbácea que pode chegar a medir até 90 cm de altura.

As flores copo-de-leite podem florescer o ano todo desde que cultivadas em solo fértil e com a devida proteção contra o excesso de sol. Quem está pensando em começar uma produção deve comprar os bulbos de empresas especializadas.

calla amarela

Tóxica
Apesar de muita bonita essa planta, branca ou nas variações coloridas, é tóxica. A toxicidade se deve a presença da substância oxalato de cálcio. O contato com esse substância pode causar uma sensação de queimação, edema na boca, lábios e língua bem como uma sensação de náuseas.

Pode causar vômitos, diarreia, salivação em excesso, dificuldade para engolir e até mesmo asfixia. Quando o contato da planta é com os olhos pode causar uma forte irritação e também lesão da córnea.

Alerta
Existe um fator que atua como limitante no cultivo de copo-de-leite, a temperatura. Quando a temperatura a noite é muito mais baixa que durante o dia a planta pode ter dificuldades para se desenvolver.

Dicas básicas para cuidar da Calla colorida
Cuidado com o calor:
A calla colorida não deve ser deixada em locais muito quentes por muito tempo ou mesmo expostas diretamente ao sol ou a qualquer luz. Sendo assim na hora de escolher onde irá cultivar as suas flores leve isso em consideração.

Não exagere na rega: Já alertamos que a calla colorida não pode ser encharcada podendo ficar com as raízes podres, mas nunca é demais lembrar. As regas em geral devem ser feitas de uma a duas vezes por semana. Toque o substrato para verificar se ele está seco, se estiver você poderá regar novamente. O solo deve ser bem drenado.

Cuidado com as bactérias: Para ter lindos exemplares de calla colorida é importante ficar atento ao aparecimento de bactérias e pragas que podem comprometer o cultivo. Um cuidado simples, mas que faz toda a diferença é secar ao redor da planta para que não fique muito úmido, isso atrai fungos e pode prejudicar o cultivo. As bactérias e pragas podem destruir as flores.

CALLA-COLORIDA_1

Poda: Tenha o hábito de cortar os caules que ficam embaixo da terra para que a planta possa crescer mais.

Não deixe a planta secar: É essencial que você não deixe a planta secar, pois ela pode acabar morrendo e murchando.

Tenha Paciência e dedicação: Quando se está começando a cultivar qualquer tipo de planta é muito importante ter muita dedicação e paciência para aguardar os resultados.

A calla colorida é uma planta que oferece um belo resultado quando cultivada corretamente, mas que precisa de cuidados especiais de manutenção. Tire um tempo na sua rotina para cuidar bem da sua planta.

folhas3