Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




diclidanthera elliptica

Nome popular: Jabuticaba-de-Cipó, Uva-do-mato; Parreira-brava

Nome indígena: Ibátyrama vem do tupi guarani e significa “fruta de ramalhete” em alusão a disposição das flores e frutos formados em racemos terminais da planta.

Origem:É uma espécie rara, aparecendo em alguns lugares na floresta semidecidua de altitude do litoral, serras interioranas e cerradões dos estados de Espírito Santo, Minas gerais, São Paulo e Paraná; Brasil.

Características: é uma arbusto trepador, com ramagem escandente que se apóia em outras plantas, com ramos novos pubescentes  (coberto de pelos) e caule de casca amarelada. As folhas são simples, oblongas, com a nervura central amarelada e piloda quando jovem. As flores nascem em racemos simples, longos e terminais, cada flor tem cálice esverdeado e corola com pétalas cremes formando um pequeno tubo

Dicas para cultivo: Trepadeira de crescimento lento que resiste a temperaturas de até 0 grau, vegeta bem em altitudes variando de 400 a 1.000 m acima do nível do mar. O solo deve ser profundo, úmido, acido, com constituição arenosa ou argilosa (solo vermelho). É preciso plantas no mínimo 2 plantas para uma melhor frutificação. É preciso fazer uma parreira na horizontal com arames formando uma malha da 40 cm entre arames para sustentar a planta. As plantas iniciam a frutificação no 3ª ou 4ª ano após o plantio, dependendo das condições do solo.

Mudas: As sementes são frágeis, arredondadas, tomentosas (cobertas de pelos) e recalcitantes (que perde o poder germinativo rapidamente). A germinação ocorre em 30 a 45 dias em qualquer tipo de substrato rico em matéria orgânica, poroso, deixado em ambiente sombreado. As mudas crescem lentamente, sendo necessário 1 ano para irem para o lugar definitivo, também são resistentes a secas. É melhor planta-las no inicio do verão, porém, é necessário fazer uma cobertura para sombrear a planta no primeiro ano após o plantio.

Plantando: Pode ser plantada a pleno sol, bem como na sombra bosques com arvores grandes bem espaçadas, nesta situação demora mais para frutificar. Espaçamento entre plantas 4 x4 m. A parreira deve ter 6 mourões, distanciados a 2 m entre si e 3 metros entre os pares, com altura de 1,60 para facilitar a colheita dos frutos. Adicione a cova 100g de calcário e1 kg de cinzas e 8 litros de matéria orgânica. Irrigar a cada quinze dias nos primeiros 3 meses se faltar água.

Cultivando: Fazer apenas podas de formação e eliminar os brotos que nascerem na base do caule, manejando os ramos num tutor e continuar amarrando os ramos na parreira para não caírem. Adubar com composto orgânico, pode ser (4litros) cama de frango + 20 gr de N-P-K 10-10-10 nos meses de novembro e dezembro, distribuído-os a 30 cm do caule. Manter cobertura morta por volta do pé para manter a umidade.

Usos: Os frutos são semelhantes a jabuticaba de arvore e tem sabor adocicado e ótimos para o consumo in-natura. Também servem para fazer doces e sucos.

* A classificação dessa espécie ainda é muito confusa, pois alguns botânicos classificam a Jabuticaba-de-cipó como chondodendron phatyphylum, e outros classificam como pertencente ao gênero diclidanthera, sendo esse a classificação correta, pois possuem flores vistosas e hemafroditas muito diferentes do gênero chondodendron que pertencem a família menispermaceae e possuem flores minúsculas , não vistosas e na maioria dos casos as plantas são dióicas com indivíduos masculinos e femininos em plantas separadas.

i105986583_49534

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post