Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




aroeira-mansa

Conhecida popularmente como aroeira-do-paraná, aroeira-vermelha, fruto-de-sabiá, pimenta-rosa, cabuí, aroeira-da-praia, aroeira-do-brejo entre outros nomes essa planta usada medicinalmente e pertence à família Anacardiaceae.
A origem da Aroeira-Mansa é a América do Sul em especial o Brasil, Argentina e Paraguai.

Essa árvore pode ser encaixada nas categorias de árvores ornamentais, medicinais ou mesmo de ervas condimentares. Os climas que preferidos dessa planta são o tropical, subtropical e equatorial.

A luminosidade preferida dessa planta é a sol pleno e o seu ciclo de vida é perene.

Descrição da planta
O porte dessa árvore fica entre pequeno e médio, a sua altura média varia entre 5 e 9 m. Seu caule é um pouco tortuoso e possui casca fissurada e escura. As árvores aroeira-mansa são dióicas o que significa que existem as fêmeas e os machos.

As folhas que compõem essa árvore tem entre 8 e 12 cm de comprimento e contam com 7 a 13 folíolos verdes elípticos a obovados e possui nervuras claras.

As flores são pequeninas e possuem uma cor branca esverdeada, com terminais do tipo racemo as inflorescências dessa planta são bastante chamativas para abelhas. É uma árvore que também produz frutos que são esféricas, tipo pequenas drupas e possuem um tom que vai do rosa ao vermelho. Os frutos alimentam aves silvestres.

O período de florescimento dessas plantas acontece durante a primavera, uma curiosidade é que durante o outono as flores produzem muito pólen e assim podem provocar alguns tipos de reações alérgicas e irritações em pessoas que tenham sensibilidade a plantas.

O fruto dessa árvore é a pimenta-rosa, um fruto bem popular na França e que pode ser usado para ornamentação e também em algumas receitas. O sabor desse fruto é levemente doce e picante. Além do seu fruto essa árvore oferece a sua madeira que é bastante utilizada para lenha e moirões. Na fitoterapia a planta pode ser usada para dar origem aos óleos essenciais.

Schinus terebinthifolius2

Uso da aroeira-mansa
É uma planta rústica que além de boa resistência oferece um visual diferenciado para as áreas urbanas. Aliás, essa planta é bem versátil podendo tanto ser usada como arvoreta como cerca viva. A aroeira-mansa pode ser uma ótima escolha também para reflorestar áreas que se encontrem degradadas.

Cultivo
O cultivo dessa planta dessa ser feito sob sol pleno e o solo deve ser fértil, de preferência enriquecido com matéria orgânica. A dica é irrigar o solo com mais atenção nos primeiros anos de cultivo. Para estimular a copa da árvore a ficar mais densa é interessante realizar podas.

No caso de desejo usar a aroeira-mansa como cerca viva é necessário começar as podas logo cedo para que assim haja estimulação do aparecimento de caules múltiplos.

Ressalta-se ainda que a aroeira-mansa é considerada uma planta invasiva em vários países em que é exótica, isso porque tem grande facilidade de propagação. A multiplicação dessas plantas pode ser feita por meio de sementes e estacas.

Schinus_terebinthifolius

Dicas de cultivo
Uma forma de fazer o cultivo da aroeira-mansa é usar os seus frutos recém-colhidos num substrato que pode ser terra de horta, tem que ser rico em nutrientes.

A produção das mudas pode ser feita em tubetes e sacos plásticos. Quando o cultivo é feito em saco plástico as mudas crescem mais e assim tem mais chance de sobreviver à primeira fase.

Se o cultivo da aroeira-mansa é feito num viveiro é possível que ela floresça e frutifique já no primeiro ano de vida, um retorno rápido do seu investimento. A estaquia é uma forma interessante de multiplicar a aroeira-mansa.

As árvores cultivadas dessa forma podem chegar a produzir cerca de 6 kg de frutos frescos todos os anos. A frutificação dessa árvore acontece geralmente entre o período de janeira e julho no Brasil, porém, pode haver variação desse período de acordo com o clima de cada região.

Nesse período é feita a coleta dos frutos, em geral esse trabalho de coleta é bem simples, pode ser feito manualmente.

00-Schinus-Terebinthifolius

Propriedades e usos da Aroeira-mansa
Para alguns agricultores a aroeira-mansa é tida como uma verdadeira praga pelo fato de se alastrar pelas lavouras. Porém, essa planta pode ter diversas aplicações, confira algumas delas abaixo:

Fabricação de produtos bioquímicos
Uma das principais características da aroeira-mansa é ter a casca bem forte e rica em tanantes que podem ser utilizados para fazer tinta de tecidos ou mesmo tanino que serve para a curtição do couro bem como para fortificar redes de pesca. Também é possível extrair o mastique da casca, um tipo de resina terebintácea aromática.

Inseticida
A casca da aroeira-mansa ainda oferece a possibilidade de extrair um óleo bastante volátil que tem propriedades inseticidas contra a mosca doméstica (Musca domestica).

Forragem
Pode ser usada como forragem para os caprinos, pois tem um elevado valor de digestibilidade.

Alimentação
Na alimentação humana os frutos da aroeira-mansa podem ser utilizados como substitutos para a pimenta-do-reino (Piper nigrum). A pimenta-rosa é bastante utilizada na culinária francesa e é chamada de poivre-rose pelos franceses.

Uso apícola
As flores dessas árvores têm um alto potencial de fornecimento de pólen e néctar. O mel produzido é uma de qualidade excelente.

pássarospordosol

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



One Response

  1. Nossa, que interessante! Moro em Rondônia e em abril de 2019 fui passear na minha terra natal na cidade de Mantena MG. Meu tio, mora numa rua que tem o nome “aroeira”, nome este pelo fato de toda rua ser arborizada com aroeira mansa. Na época eu nem sabia o que era direito só sabia que era aroeira e dei muita sorte que já tinha frutos e pude trazer as sementes que por sinal germinaram poucas mas essas poucas, já estão virando pequenas árvores. Sou diretor de meio ambiente no meu Município de Colorado do Oeste e tenho a intensão de introduzir com planejamento na aroeira mansa no plano de arborização do Município. Muito obrigado pelo esclarecimento.

Comente sobre o post