Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Cymbidium
Adubação orgânica
O adubo orgânico pode ser formado por matéria animal ou vegetal decomposta.
Na natureza as orquídeas acumulam grande quantidade de detritos orgânicos em suas touceiras, e com a simbiose de fungos, bactérias, insetos e a ação da umidade, calor e luz do sol, ocorre a decomposição e transformação destes componentes orgânicos em alimentos essenciais para as plantas.

Nos orquidários caseiros, onde temos uma boa variedade de espécies, e também uma densidade ou acumulo de plantas em pequeno espaço, é praticamente impossível pensar em conseguir um cultivo exclusivamente orgânico, como ocorre na natureza.

A adubação orgânica é aquele cujos elementos químicos são provenientes da decomposição de matéria de origem animal ou vegetal. É o caso dos estercos, compostos, farinhas e tortas, como a torta de mamona, por exemplo.

Há alguns anos atrás a adubação orgânica era a única possibilidade. No caso das orquídeas cultivadas em vaso, no entanto, estes adubos, quando em estado sólido, têm o inconveniente de entupirem parcialmente os espaços entre o substrato utilizado, prejudicando a aeração das raízes da planta. Além disso, costumam alterar o índice de pH do substrato e transmitir fungos.

Os adubos orgânicos mais utilizados nas orquídeas são a farinha de osso que é rica em cálcio e fósforo e a torta de mamona que é rica em nitrogênio. Esses elementos possuem baixa solubilidade na água e não são prontamente disponibilizados pelas orquídeas, como os adubos químicos.

A quantidade destes adubos que são utilizados para promoção do crescimento das orquídeas é de 3 partes de torta de mamona para uma parte de farinha de osso, e a dosagem recomendada para ser colocada em cada vaso é de 0,5 gramas aplicados a cada 4 meses. Estas medidas são genéricas e podem ter variações em função do tipo de orquidário, do clima, do substrato utilizado, da idade da planta, da espécie cultivada, da mudanças bruscas da temperatura, etc.

Outro fator que devemos considerar na utilização destes adubos (farinha de osso e torta de mamona) é a procedência dos mesmos, prazo de validade, acondicionamento, embalagens, etc…

Acreditamos que hoje não mais seja necessário os orquidófilos amadores se preocuparem em adquirir estes adubos de forma isolada e realizarem a mistura dos mesmos, pois já existe no mercado nacional produtos prontos que satisfazem estas necessidades. Entre eles podemos mencionar.

Adubação química foliar
A adubação química ou inorgânica, mais pratica e recomendável é a foliar com produtos químicos de alta pureza, não contendo componentes tóxicos, produz resultados bastante significativos na cultura das orquídeas. Este tipo de adubação não obstrui os espaços do substrato, não dificultando a ventilação das raízes, além do que não provoca a rápida deteriorização do substrato.

Adubo ideais para serem usados em Orquídeas:
Peters Professional 08- 45-14 (Plant Starter).
Indicação: Enraizamento.

Características: Arranque. Contém alto nível de P (fósforo) o qual é indispensável para o rápido crescimento das raízes, especialmente em transplantes ou quando a cultura necessita de energia. Auxilia as plantas em condições de baixa temperatura. Deve ser usado antes e durante a fase de transplante. Deve ser usado também na época de pré-floração.

Instruções de Uso: Diluir o Fertilizante Peters em água de acordo com a dosagem recomendada. Aplicação via irrigação/pulverização foliar.

Modo de Usar: 2 gramas por litro d’água em aplicações semanais. Aplicar o produto nas horas com temperatura amena ou fim do dia. Após a quarta aplicação regue as plantas em abundância para uma lavagem geral (planta + substrato), evitando o acúmulo de sais que poderão ser prejudiciais ao bom desenvolvimento de sua planta.

Armazenagem: Mantenha o pote fechado, ao abrigo de luz e local limpo e seco. Mantenha fora do alcance de crianças e animais. Use epi’s (Equipamentos de Proteção Individual).

Peters Professional – 10-30-20 (Blossom Booster).
Indicação: Florescimento

Características: Acelera o florescimento e o crescimento dos botões florais, melhorando a coloração e tamanho das pétalas. Balanceado com as quantidades ideais de NO3 e NO4. Mais flores e mais cores, em todas as plantas em cultivos internos (estufas) e externos (telados). A taxa de N-P-K, permite o desenvolvimento de botões fortes. O alto nível de P (Fósforo) na fórmula pode ser usado para o enraizamento das plantas. Fórmula desenvolvida há mais de 40 anos que auxilia na transformação dos botões florais em flores vibrantes, lindas e de um colorido mais intenso. A fórmula também contém alto nível de magnésio, elemento secundário vital, que mantém as folhas verdes e saudáveis.

Instruções de Uso: Diluir o Fertilizante Peters em água de acordo com a dosagem recomendada. Aplicação via irrigação/pulverização foliar.

Modo de Usar: 2 gramas por litro d’água em aplicações semanais. Aplicar o produto nas horas com temperatura amena ou fim do dia. Após a quarta aplicação regue as plantas em abundância para uma lavagem geral (planta + substrato), evitando o acúmulo de sais que poderão ser prejudiciais ao bom desenvolvimento de sua planta.

Armazenagem: Mantenha o pote fechado, ao abrigo de luz e local limpo e seco. Mantenha fora do alcance de crianças e animais. Use epi’s (Equipamentos de Proteção Individual).

Peters Professional – 20-20-20 (General Purpose).
Indicação: Uso Geral

Características: Uso genérico para viveiros e a alta relação de NO3 e NH4, possibilita o uso nas diversas estações do ano, com variações de temperatura. Esta fórmula clássica é um dos produtos mais versáteis de toda a linha Peters. As taxas de N (Nitrogênio), P (Fósforo) e K (Potássio), são ideais para suplementação básica da planta. Pode ser usado em pulverizadores via foliar. Excelente para o uso geral em estufas e viveiros.

Instruções de Uso: Diluir o Fertilizante Peters em água de acordo com a dosagem recomendada. Aplicação via irrigação/pulverização foliar.

Modo de Usar: 2 gramas por litro d’água em aplicações semanais. Aplicar o produto nas horas com temperatura amena ou fim do dia. Após a quarta aplicação regue as plantas em abundância para uma lavagem geral (planta + substrato), evitando o acúmulo de sais que poderão ser prejudiciais ao bom desenvolvimento de sua planta.

Armazenagem: Mantenha o pote fechado, ao abrigo de luz e local limpo e seco. Mantenha fora do alcance de crianças e animais. Use epi’s (Equipamentos de Proteção Individual).

Peters Professional – 30-10-10 (Hi-Nitro).
Indicação: Aceleração/Reativação do crescimento

Características: Pode ser usado via irrigação/pulverização foliar para rápido “esverdeamento” das folhas deficiência de N (Nitrogênio), devido ao alto índice de uréia, usado como tratamento no auxilio à redução do pH no solo/substrato, baixo custo como fonte de nitrogênio, excelente histórico com orquídeas, principalmente seedlings, surpreendente resultado em folhagens (palmeiras, samambaias, fícus, entre outros.) resumidamente, põe o estado vegetativo no “HI” (máximo).

Instruções de Uso: Diluir o Fertilizante Peters em água de acordo com a dosagem recomendada. Aplicação via irrigação/pulverização foliar.

Modo de Usar: 2 gramas por litro d’água em aplicações semanais. Aplicar o produto nas horas com temperatura amena ou fim do dia. Após a quarta aplicação regue as plantas em abundância para uma lavagem geral (planta + substrato), evitando o acúmulo de sais que poderão ser prejudiciais a bom desenvolvimento de sua planta.

Armazenagem: Mantenha o pote fechado, ao abrigo de luz e local limpo e seco. Mantenha fora do alcance de crianças e animais. Use epi’s (Equipamentos de Proteção Individual).

Peters Professional 20-10-20 (General Purpose).
Indicação: Manutenção de Plantas Adultas.

Características: Grande versatilidade; uso genérico; ideal para viveiros; alta relação No3/NH4 possibilitando o uso nas diversas estações do ano (temperatura).

Instruções de Uso: Diluir o Fertilizante Peters em água de acordo com a dosagem recomendada. Aplicação via irrigação/pulverização foliar.

Modo de Usar: 2 gramas por litro d’água em aplicações semanais. Aplicar o produto nas horas com temperatura amena ou fim do dia. Após a quarta aplicação regue as plantas em abundância para uma lavagem geral (planta + substrato), evitando o acúmulo de sais que poderão ser prejudiciais a bom desenvolvimento de sua planta.

Armazenagem: Mantenha o pote fechado, ao abrigo de luz e local limpo e seco. Mantenha fora do alcance de crianças e animais. Use epi’s (Equipamentos de Proteção Individual).

Peters Excel Professional 15-05-15 (Excel Ca- Mg).
Indicação: Único produto 100% solúvel com P, Ca e Mg presentes. Bom para quem possui água mediante alcalina. Esta formula ressalta o cálcio e o magnésio para plantas com deficiências destes nutrientes. Não precipita quando nitrato de cálcio e magnésio estão presentes na solução.

Características: Peters Excel fertilizante solúvel em água, é uma superior mistura balanceada, com o Scotts exclusivo M-77 pacote de micronutrientes.

Instruções de Uso: Diluir o Fertilizante Peters em água de acordo com a dosagem recomendada. Aplicação via irrigação/pulverização foliar.

Modo de Usar: 2 gramas por litro d’água em aplicações mensais. Aplicar o produto nas horas com temperatura amena ou fim do dia. Após a quarta aplicação regue as plantas em abundância para uma lavagem geral (planta + substrato), evitando o acúmulo de sais que poderão ser prejudiciais a bom desenvolvimento de sua planta.

Armazenagem: Mantenha o pote fechado, ao abrigo de luz e local limpo e seco. Mantenha fora do alcance de crianças e animais. Use epi’s (Equipamentos de Proteção Individual).

Fórmulas mais Usadas nas Adubações Químicas/Foliares.

Plantas Adultas.
Fase I – do início da brotação até o crescimento máximo do broto, isto é, quando o broto novo para de crescer vegetativamente. Nesta fase as orquídeas requerem maiores quantidades de Nitrogênio, então o mesmo deverá ser fornecido em maior quantidade em relação ao Fósforo e o Nitrogênio.
- NPK 30–10–10.
- NPK 30-15-15.
- NPK 10-05-05.
Aplicação deverá ser de 15 em 15 dias.

Fase II – pré-floração, antes da emissão da inflorescência até a formação completa dos botões florais. Nesta fase para que se possa obter uma grande quantidade de flores, deve ser ministrado adubo com maiores quantidades de Fósforo e Potássio, entre 3 e 4 meses antes do aparecimento das flores.
- NPK 00–30–20.
- NPK 08-45-14.
- NPK 10-30-20.
Aplicação deverá ser de 15 em 15 dias.

Fase III – Após o período de florescimento, há um período de dormência e inicia-se a fase de brotamento, em função disto, deve ser iniciada uma adubação balanceada, devendo ser aplicada até 3 meses antes do florescimento, quando começa a adubação de pré-florescimento.
- NPK 20-20-20.
- NPK 18-18-18.
Aplicação deverá ser de 15 em 15 dias.

Plantas Novas.
Plantas novas que ainda não floriram (seedlings), deste a retirada dos frascos até a floração.
-  NPK 30-10-10.
-  NPK 10-05-05.
Aplicação deverá ser de 15 em 15 dias.

Adubação Biológoca
O adubo biológico é um adubo orgânico tendo como base farelos fermentados acrescidos com micro organismos benéficos de várias espécies, tratando-se por tanto de um biofertilizante, sendo utilizado no Japão e na China milenarmente.

Ele pode substituir os adubos químicos. O Bokashi é uma palavra japonesa que significa “matéria orgânica fermentada”. Portanto o mesmo é conseguido a partir de misturas fermentadas por microorganismos, esta fermentação é controlada.

Possui liberação extremamente lenta e fornece substâncias, de acordo com a decomposição da flora bacteriana ali encontradas.  Contém os nutrientes N, P, K, Ca, Mg, S e é rico em micro-nutrientes.

Composição: Torta de mamona, farinha de osso, farelo de peixe e materiais orgânicos fermentados e queimados, com alta concentração de nutrientes.

Recomendações de uso: 01 colher de sopa, aplicada a cada 4 meses diretamente sobre o substrato e espalhado de forma uniforme. Regar após aplicação.

Adubo HB 101
O adubo HB-101 é formado por um extrato de plantas puramente natural composto de ingredientes que são eficazes para ativar e vitalizar plantas.

O uso correto do HB-101 provou o estimulo todas as fases do crescimento das plantas e repelir insetos.

O HB-101, um extrato manufaturado completamente de recursos renováveis de plantas e sem uso de produtos químicos, serve como um nutriente e vitalizador para a planta. Age para aprimorar os processos de crescimento das plantas e proteger suas funções para ajudá-las a realizar suas melhores e legítimas capacidades.

Matéria-prima HB-101: Cedros, ciprestes, pinheiros e plátanos são as matérias-primas utilizadas na fabricação deste produto. Estratos destas plantas e árvores são refinados e misturados para produzir uma fórmula altamente concentrada e benéfica para realmente todas as fases de reprodução e cultivo da plantas.

Os cedros, ciprestes e pinheiros são árvores de vida longa com fortes poderes desinfetantes e de supressão de bactérias.

As seivas e os metabólitos secundários destas árvores são responsáveis por manterem a saúde e a longevidade das árvores, repelindo os invasores nocivos e protegendo-as contra doenças.

Os plátanos são conhecidos por suas propriedades medicinais e tem sido por muito tempo usados em diversos medicamentos humanos.

Classificação do HB-101: O HB-101 não é uma substância química agrícola nem um fertilizante. É uma solução totalmente natural que estimula o crescimento da plantas. Conseqüentemente, o HB-101 é considerado um vitalizador ou um fortificante para o crescimento das plantas.

Os efeitos do HB-101 nas plantas.
No desenvolvimento foliar:
-
As plantas necessitam de luz solar, ar (gás carbônico e mi-croorganismos) para crescerem. Se o equilíbrio delicado destes elementos não é mantido, o crescimento é retardado ou cessado.
- A luz solar e o gás carbônico são absorvidos pelo sistema da planta através de suas folhas e folhagem onde a fotossíntese produz glicose e outros nutrientes necessários para a sobrevivência. Quando a solução de HB-101 é pulverizada sobre a folhagem e aplicada no substrato, a planta absorve mais fósforo (P) e nitrogênio (N) da terra. Estes nutrientes são combinados com cálcio e sódio ionizados do HB-101 e são absorvidos pelas células das folhas, fortalecendo assim as células e aumentando a eficiência fotossintética. Isto resulta em folhas mais verdes e plantas mais fortes e mais saudáveis.

No desenvolvimento dos caules e raízes:
-
A principal função das raízes e do caule de uma planta é a absorção e transporte de água e outros nutrientes. Folhas saudáveis dependem de raízes saudáveis. Água e nutrientes, especialmente o cálcio, são necessários para o desenvolvimento das folhas e raízes, mas muitos minerais, inclusive o potássio, não podem ser absorvidos em sua forma sólida pelo sistema da planta.  Estes minerais tem que ser convertidos para um estado iônico para serem facilmente absorvidos pelas raízes e isto é feito por microorganismos que vivem na terra.
- Ao aplicar o HB-101 que contém em si mesmo minerais ionizados a atividade destes microorganismos é fortificada, e assegura que o equilíbrio necessário de nutrientes seja mantido. O resultado é um sistema de raízes mais forte, capaz de armazenar quantidades significativas de paponina, um metabólito que repõe oxigênio para os microorganismos.
- O caule é a via pela qual os nutrientes são transportados para partes das folhas e raízes é também a espinha dorsal da planta. São necessárias membranas celulares sólidas para a função. Células saudáveis e nutrição suficiente resultam na distribuição suave de carboidratos que são necessários para fortalecer as membranas celulares. Com a introdução do HB-101, o fluxo de nutrientes das folhas e raízes é maximizado, contribuindo para o desenvolvimento saudável do caule.

Os efeitos nas criaturas nocivas.
-
Conforme declarado o HB-101 é um produto seguro para criaturas vivas. Portanto, não é um inseticida. No entanto contém uma substancia chamada pineno que é conhecida por repelir insetos.
- As plantas também tem mecanismos de defesa naturais, semelhantes ao sistema imunológico de humanos, para defender-se contra insetos. Entretanto, se uma planta não está em ótimas condições, seu sistema imunológico não será tão eficaz, e conseqüentemente estará vulnerável a ataques de insetos nocivos. Melhorando o sistema imunológico da planta, o HB-101 ajudará a remediar isto.
Modo de usar: Dilua o HB-101 em água de 1.000 à 1000.000 vezes dependendo do uso.    Para uso geral não utilizar o HB-101 diluído menos de 1.000 vezes.
Rendimento: Embalagem de 100 ml rende de 100 à 10.000 litros de solução.

Lavagem
O processo denominado de lavagem nas orquídeas provoca a saída/retirada de adubos das folhas e de demais partes áreas das mesmas. A lavagem ocorre em função da água da chuva, orvalho ou neblina, em condições normais ela é fator regulador da composição mineral e orgânica das partes áreas das orquídeas.
Os nutrientes que são eliminados pela lavagem, são os macro e micronutrientes, carboidratos, aminoácidos e ácidos orgânicos.

Lembretes sobre adubações
-
Orquídeas devem ser adubadas sim, mas só nos meses quentes ou quando estão em pleno desenvolvimento vegetativo.
- Como o crescimento dessas plantas é bastante lento, é tolice dar às orquídeas doses grandes de fertilizantes de uma só vez. Elas simplesmente não usam, e você desperdiça o fertilizante e joga o seu dinheiro no lixo.
-  luz é indispensável no processo de absorção de fertilizantes através das folhas. A umidade do substrato também é fundamental. Quando a planta está desidratada, a absorção foliar diminui drasticamente.
- Evite fazer a adubação nas horas mais quentes do dia. A temperatura ideal gira em torno de 20º C. Regar as orquídeas na véspera da adubação foliar também é muito recomendável.

222

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



5 Responses

  1. #1
    Amauri Antonio da Silva 
    Thursday, 2. February 2012

    se o caule das orquideas estiver verde,mas as raizes mortas ela pode brotar de novo

  2. Uma excelente aula sobre orquídeas para amadores, como eu.
    Obrigada.

  3. #3
    maria jose 
    Thursday, 16. August 2012

    as plantas estao amarelando as folhas é queria sabe se é pq aduba toda semana? sao mudas novas em fase de crescimento!!

  4. #4
    alexandre 
    Monday, 22. October 2012

    ola , bom dia
    por favor , vc pode me informar onde consigo comprar o hb101?
    obrigado
    alexandre

  5. #5
    Amauri Antonio da Silva 
    Friday, 2. November 2012

    existe um hormonio de crescimento para as orquideas

Comente sobre o post