2018 May 10 - PlantaSonya - O seu blog sobre cultivo de plantas e flores
Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




danubio-azul-8

O danúbio é uma planta herbácea, perene e de muitas flores. Ela é nativa do sul dos Estados Unidos.

Pequenas rosetas são formadas, cheias, com folhas basais verde-escuras, lanceoladas, estreitas e pecioladas. No verão surgem raminhos eretos, com folhas menores.

As flores são compostas, terminais, com pétalas franjadas e podem ser azuis, roxas, brancas, róseas ou amarelas, de acordo com a cultivar. As hastes florais podem pender ou quebrar após chuvas torrenciais.

Suas características de cultivo são o que a tornam uma planta excelente para plantar em jardins, conforme você verá mais à frente. Pode-se dizer que além de bela, a planta não apresenta um cultivo difícil ou problemático, bastando, apenas, alguns pequenos cuidados para ter sempre belas flores entre suas folhagens.

Neste artigo algumas dicas de como plantar a danúbio.
Passos a seguir:
* A floração do danúbio varia de acordo com o clima da região quando se trata de quantidade e época do ano, por exemplo, em regiões de clima temperado, a floração ocorre na primavera e verão, mas em locais onde o inverno é ameno, já em regiões onde o inverno não costuma ser rigoroso, ou seja, é mais ameno, a floração pode ocorrer mesmo durante estes períodos, como o inverno e o outono.

As flores do danúbio podem ser azuis, roxas, rosas, brancas ou amarelas, dependendo do cultivar da planta.

danubio
* O danúbio é indicado principalmente para o plantio em jardins campestres, por exigirem pouca manutenção, além de suas características de beleza, como já dissemos, e também podem ser cultivados em janelas ou jardins verticais.

* O melhor ambiente para o danúbio é aquele que o favorece em questões de intensidade de luz solar, pois o Danúbio desenvolve-se muito bem com muita luz do sol, mesmo que possa ser cultivado à meia-sombra.

* O solo para plantar danúbio deve ser fértil, rico em matéria orgânica (você pode adubá-la se quiser, com adubo orgânico ou o NPK 5-5-5, mas se utilizar o químico, faça-o no máximo uma vez por mês).

O solo pode ser irrigado regularmente, mas vale lembrar que este tipo de planta não gosta muito de alta umidade. Regue-a apenas quando a terra estiver seca, mas sem esperar que ela se torne quebradiça, para que a planta não chegue a sentir “sede”.

* A multiplicação do Danúbio pode ser feita a partir de touceiras enraizadas, ou por métodos como a estaquia, alporquia ou megulhia. Para propagá-la através de sementes, saiba que a quebra de dormência é feita com frio de 4ºC por um período de 6 semanas.

danubio-azul-
Importante
* O Danúbio gosta de sol intenso para se desenvolver.

* Pode não parecer, mas a planta possui grande resistência durante as temperaturas mais baixas.

* Apesar de também poder ser cultivado à meia-sombra, neste estado, o Danúbio costuma apresentar uma quantidade muito inferior de flores, ao contrário da outra condição.

* Pode sobreviver muito bem a períodos de estiagem.

* Solo preferencialmente ácido, com riqueza em matéria orgânica e, se possível, um pouco seco (mas não ao ponto de deixar a terra quebradiça)

folhasaovento9

cravo-vermelho

O cravo é uma flor cultivada há muitos séculos nos jardins e tem um extenso simbolismo em diversas culturas. O craveiro é uma planta herbácea perene que atinge até 80 cm de altura, embora seja geralmente menor.

Apresenta folhas verde-acinzentadas e flores de várias cores, incluindo entre outras, o rosa, vermelho, branco, laranja e amarelo. As flores são geralmente muito aromáticas, mas há cultivares sem cheiro. Há um grande número de cultivares e também um grande número de híbridos.

O cravo pode ser cultivado no jardim ou em vasos, e também é cultivado em plantações para abastecer o mercado de flores de corte, sendo uma das mais populares flores do mundo, apesar de exigir um clima ameno para seu cultivo.

Os cravos são uma das flores mais comuns e usadas como decoração em uma infinidade de casas e jardins, já que são muito chamativas e, além disso, precisam de poucos cuidados para crescerem corretamente.

Assim, existe uma grande de variedades de cravos, entre os quais se destacam, por exemplo, o denominado cravo comum, o cravo chinês ou a cravina. Se quiser desfrutar destas bonitas plantas em  casa, Dê uma lida no texto abaixo, onde há passo à passo como cuidar da planta de cravo.

cravo bicolor

Passos a seguir
* O cravo é uma flor que precisa de grandes quantidades de luz solar, por isso será necessário escolher corretamente o lugar onde irá colocá-lo, para que assim possa receber os raios de sol durante a maior parte do dia.

Por isso, se você mora em uma região de clima frio, deverá protegê-los das baixas temperaturas.

* Em espécies anuais, é no começo da primavera quando se costuma cultivar os cravos através de estacas, enquanto que os transplantes costumam ser realizados durante o outono.

Vale referir que também é possível plantar cravos através de sementes, que você deverá colocar a 10 cm de distância umas das outras.

* Do mesmo modo, será fundamental que o solo onde irá plantar os cravos seja poroso e – na medida do possível – calcário. Também deverá contar com um correto sistema de drenagem para garantir que a água não fica parada e evitar, assim, o apodrecimento das raízes.

cravos
* Quanto à irrigação dos cravos, é importante dizer que esta planta precisa de água constante, mas pouco abundante, que evidentemente deverá ser aumentada durante a primavera e o verão por serem as épocas mais quentes do ano.

* O adubo deverá ser utilizado nos cravos, é importante adicionar nutrientes à terra semanalmente durante o verão, enquanto no resto do ano será suficiente adubá-los uma vez por mês.

* Informe-se na sua loja de jardinagem a respeito das necessidades concretas das diferentes espécies de cravo, já que algumas podem precisar de cuidados diferentes a outras variedades mais genéricas.

lguinho