2018 May 08 - PlantaSonya - O seu blog sobre cultivo de plantas e flores
Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




damiana_44

Originária do México, América Central, Antilhas e em partes da América do Sul, a damiana é uma planta da família das Turneraceae. Ela é bastante conhecida, sobretudo pelas suas propriedades medicinais. Dependendo do local onde ela é encontrada, também pode ser conhecida por damiane.

A espécie é identificada por possuir folhas serrilhadas, flores amarelas pequenas, que brotam no início do verão e frutos com cheiro e um sabor doce. Outra característica bastante marcante da damiana é o aroma. Muitas pessoas, inclusive, falam que é semelhante a camomila.

A belíssima flor amarela é também uma poderosa erva medicinal, contendo propriedades afrodisíacas e funcionando como tônico para os nervos. Constitui-se em um pequeno arbusto resistente que pode ser cultivado em diferentes solos e, assim, em diferentes locais.

No entanto, não possui a mesma resistência às geadas e, por isso, em regiões de invernos rigorosos é preciso que essa espécie se desenvolva em ambientes fechados e adequados. Para saber mais sobre essa flor e a como plantar damiana veja as dicas que sobre o assunto.

damiana

Passos a seguir:
* Para saber como plantar damiana é preciso ter em mãos as suas sementes, recipientes pequenos para plantá-las, terra e composto orgânico. Você pode começar colocando um pouco de terra e composto no pote, que não precisa ser muito grande, o que vai ajudar a germinação da planta.

Assim, quando ela estiver maior, a muda pode ser transplantada para o vaso onde vai crescer e mesmo para o solo. As sementes podem ficar levemente enterradas, a menos de um centímetro de profundidade.

* Por fim, regue os potes onde as sementes foram colocadas e, de preferência, deixe-os em lugares bem iluminados, o que vai ajudar na germinação da damiana. Já quando for transplantar a damiana para o seu local definitivo, é importante que a planta receba de 8 a 10 horas de sol por dia.

Além disso, a troca de lugar, de preferência, deve ser feita quando já estiver bem quente. Desse modo, o indicado é que o cultivo da damiana seja realizada um mês e meio antes do verão chegar.

* Depois que a damiana for colocada diretamente no solo ou no vaso onde vai permanecer é importante que ela seja irrigada logo em seguida. No entanto, como ela não precisa ser molhada com muita frequência é preciso cuidar para não dar mais água do que o necessário.

Em lugares e épocas do ano em que chove bastante, ela pode nem ter que ser irrigada.

Além disso, para o momento do transplante é melhor escolher um dia que esteja nublado ou mesmo fazer o procedimento no final do dia. Esses cuidados reduzem o risco da planta morrer, sendo a troca de lugar uma ocasião que as mudas de forma geral estão mais sensíveis.

damiana_1

* O solo onde a planta for cultivada pode receber composto orgânico para se tornar mais nutritivo para a espécie. Se for plantar damiana em vasos, não se esqueça de colocar no fundo uma camada de cascalho para ajudar na drenagem e evitar que a terra fique encharcada.

* O vaso também pode receber terra e composto. Além disso, em lugares frios o melhor é ter a planta em vasos, assim, nos dias com temperaturas muito baixas eles podem ser abrigados em lugar seco. Mesmo assim, os vasos precisam receber luminosidade em abundância.

* Ao completar dois anos do plantio da damiana já é possível colher as flores da damiana, sendo que as flores e folhas que secarem podem ser usadas para fazer infusões. Para que a sua planta fique sempre bela e cresça forte tenha o costume de remover folhas e partes secas.

casinha na chuva

tulipas

Muitas pessoas, principalmente as que vivem na cidade grande, sonham em ter em casa alguma coisa da natureza para sentir o perfume e respirar o ar puro e uma boa opção é plantar flores em vasos, como as tulipas.

As tulipas são belas flores que podem ser encontradas em diversas espécies, formatos e cores, elas geralmente são plantadas nos meses mais frios do ano e florescem na primavera, por isso a melhor época para plantar tulipas em vasos é o outono.

Dicas para plantar tulipas em vasos
*
A melhor época do ano para plantar tulipas em vasos é no outono, já que o seu bulbo, que dá origem à planta, precisa de frio para se desenvolver. Com isso, a tulipa floresce no final da primavera. Isso significa que essas flores gostam de temperaturas frias, o que não significa que em regiões mais quentes não possa ser cultivada.

* Escolha a espécie certa de tulipa – Para plantar tulipas em casa é necessário escolher a espécie certa, pois são muitas as variações. Evite as espécies gigantes, ao menos que tenha um grande espaço no jardim da sua casa. Para um vaso de 30 cm, escolha uma espécie de tulipa que cresça de 30 a 35 cm. Já se for plantar as tulipas em vasos ainda menores, escolha uma espécie que cresça no máximo 25 cm.

* Brotos de tulipa – Adquira os brotos de tulipa pelo menos três meses antes do período que quer que elas floresçam. Os brotos devem ser mantidos frios por diversos meses para crescer na primavera. Ponha os brotos no vaso assim que comprá-los.

* Escolha os vasos certos – Para plantar tulipas é preciso optar por vasos com furos de drenagem, pois as tulipas não crescem bem enquanto os brotos estiverem encharcados, por isso os vasos devem ter furos no fundo para drenar o excesso de água.

Tulipa1

Passo a passo –  Como plantar tulipas em vasos
1 – Cubra o fundo do vaso com rochas, pedrinhas ou cascalhos, isso manterá a água longe dos brotos.

2 – Em seguida, coloque uma camada de terra até a metade do vaso. Utilize terra própria para o plantio, que tem poucas bactérias e mais nutrientes para auxiliar no crescimento das flores.

3 – Ponha uma camada fina de areia por cima da terra.

4 – Coloque os brotos de tulipa no vaso. Ponha a parte pontuda para cima. Os brotos devem ficar uns 5 cm longe uns dos outros.

5 – Cubra os brotos com terra, ela deve ficar em torno de 2,5 cm abaixo da borda do vaso.

6 – Coloque os vasos em um local fresco por cerca de três meses, quando esse tempo passar, coloque os vasos com os brotos em um local ensolarado e aquecido, como varanda, jardim ou quintal.

tulipas-em-vasos

Cuidados com as tulipas
*
Mantenha as tulipas sempre regadas, porque a terra deve sempre estar úmida, mas jamais encharcada.

* Quando as tulipas começarem a perder as pétalas, retire as cabeças das flores. Quando elas começarem a morrer, retire as folhas, mas deixe que o resto da planta morra antes de tirá-la do vaso.

É importante regar a tulipa com moderação, nunca deixando o solo encharcado e apenas quando a terra estiver seca superficialmente. Depois que a tulipa secar, é possível usar mais uma vez os seus bulbos, inclusive, os filhos que devem ter brotado.

Eles devem ser plantados no outono seguinte, mas podem não florescer na próxima primavera, mesmo assim, é importante manter os cuidados quanto ao local onde vão permanecer. O bulbo pai também pode ser guardado e, depois, plantado, mas as chances de florescer são menores.

Portanto se quer dar um perfume e colorido a mais na sua casa, siga essas  dicas e o passo a passo de como plantar tulipas em vasos e verá como vale a pena, estar em constante contato com a natureza.

janel427

Ciclame-4

O ciclame, conhecido ainda como ciclame-de-alepo, é uma planta pertencente à família Myrsinaceae e pode ser encontrada do Mediterrâneo até a Grécia e também na Síria.

É uma planta que gosta de meia sombra e do clima temperado, por isso, a sua irrigação deve ser feita 2 vezes na semana. E como boa notícia, a ciclame tem floração o ano inteiro e as flores são mais bonitas ainda, na primavera e no inverno. O ciclo de vida da ciclame é classificado como perene e anual e a dificuldade de cultivo é considerada média.

Sobre o cultivo do Ciclame
É considerado uma planta com características de cultivo anual, isso porque é na verdade, uma espécie perene, o que significa, que como todas as bulbosas, as suas folhas caem no período de hibernação.

Um dos principais destaques da planta são as flores porque além delas aparecerem o ano todo, elas são lindas e diferentes, graças a forma de espiral. Além disso, as suas pétalas ficam viradas para cima e dá até para imaginar porque essa planta se chama cyclamen, redonda, como ciclo.

Suas folhas dão muito parecidas com as de alguns tipos de begônias, porque têm a mesma textura suave, um pouco aveludada e a forma oval. Para completar, elas possuem uma tonalidade marcante, de um verde escuro com umas pequenas manchas brancas. As manchinhas ficam em volta da borda da parte interna das folhas.

Cyclamen.persicum

As cores das flores também variam e podem ser encontradas em floriculturas, porém, normalmente, as mais comuns são róseas e brancas.

Apesar delas estarem presentes na planta durante o ano inteiro, a floração começa no final do inverno e início da primavera e pode-se dizer que é uma espécie que se dá bem com o frio.

No Brasil, por exemplo, o melhor lugar para cultivar a ciclame é no sul e neste caso, pode ser considerada perene. Se ela for bem cuidada, naquela região ela terá flores quase o ano inteiro, e fazendo sempre mais de um ciclo de floração, normalmente, o começo será em janeiro. Já as folhas, caem, mas não demoram muito, elas estão de volta, verdinhas, verdinhas.

Cyclamen-persicum-PomPom

Os cuidados necessários para adubação e outros básicos
Como toda planta, ela precisa ser cultivada em um bom solo, que seja úmido principalmente, uma vez que se trata de uma espécie que precisa ter o tubérculo no nível do solo.

É dessa forma que ela consegue respirar e isso deve ser observado na hora do plantio, com o mesmo cuidado, que tem que ser escolhida a terra, de preferência enriquecida.

Uma vez que o ciclame está plantado, que pode ser num vaso, uma vez que a planta é mais usada como planta de interior, ela deve ser regada duas vezes por semana ou quando for percebido que a terra está seca. Faça o teste com os dedos, coloca-se um dedo na terra e se ele ficar sujo, a planta não precisa de água, mas se ao contrário, ele estiver limpo, é hora de regá-la, não precisa esperar mais nada.

O ciclame pode ser plantado fora de casa, mas neste caso, é necessário deixá-lo sob a sombra de alguma coisa, no caso de um jardim, perto de uma árvore.

A planta atrai muitos predadores, para evitar que eles destruam a planta é aconselhável colocar em volta do vaso areia. Esse é um modo de manter bem longe de insetos rastejantes como lesmas e lagartas. Para esses bichos, esse tipo de  planta é um verdadeiro banquete, então, é melhor protegê-las muito bem.

barco1