2018 May - PlantaSonya - O seu blog sobre cultivo de plantas e flores
Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




mini-rose

A rosa é uma flor de jardim, no entanto podemos ter esta bela e cheirosa flor dentro de casa, na varanda, etc. Um vaso com mini-rosas, alegra muito a casa. Mas, para ter essa flor tão popular no mundo dentro de casa, é necessário cuidados que deve ter para manter a roseira saudável e bonita.

A forma de cuidar de mini rosas é diferente, não se deve cuidar da mesma maneira que se cuida das rosas do jardim, então aí vai uma pequena explicação, de forma simples,  como cuidar de mini rosas.

Cuidados da mini-rosa em vasos
Os cuidados gerais a ter com as mini rosas são, as regas que devem ser controladas, isto é deve manter a terra sempre úmida mas não encharcar com água. Quando o tempo estiver mais quente a rega deve ser diária para o solo não secar completamente, nas estações do ano mais frescas deve regar apenas 2 vezes por semana.

Regue a planta logo de manhã cedinho para evitar as horas de maior calor, convém que as mini-rosas já estejam úmidas nessa fase do dia. Outro cuidado muito importante é o local onde coloca as mini rosas, as rosas precisam muito de sol para poderem florescer, portanto deve colocar o vaso perto de uma janela, ou em outro local onde receba muita luz diária.

rosinhas

Como mudar a mini-rosa de vaso
O vaso onde foi comprado as mini-rosas nunca é aquele que pretendemos que elas fiquem, para umas mini rosas bonitas, tem que ter um vaso à altura. No entanto não deve assim que chega a casa com as mini rosas novinhas, mudá-las logo de vaso. Tenha calma espere uns 10 dias para elas se habituarem ao novo espaço e depois coloque-as no vaso que escolhido.

Antes de plantá-las precisamos cuidar do solo, para que as mini-rosas se mantenham bonitas. O solo deve ser muito rico, argiloso e que tenha uma boa drenagem da água. O vaso deve ter furinhos no fundo para permitir que a água escoe e deve também conter uma camada de argila expandida no fundo para facilitar essa drenagem.

Antes de transplantar a rosa deve-se molhá-la bem, encher o vaso com 1/3 de terra e fazer uma covinha. Retire cuidadosamente a rosa do vaso onde está, tendo atenção para não danificar as raízes, coloque a planta na cova anteriormente feita e preencha com um pouco de terra os espaços até que ela fique firme. Regue mais uma vez a mini-rosa e continue regando todos os dias até a mini-rosa pegar.

mini-rosa

Manutenção
Não se descuide da mini-rosa. Pelo menos uma vez por semana deve focar-se nelas durante um tempinho, cortar as folhas secas e contemplá-las com carinho de modo a observar se está tudo certo com elas.

Três vezes por ano fertilize a mini-rosa. A adubação ideal para que ela se desenvolva e floresça é a orgânica. As mini rosas são tão pequenas que não é necessário podá-las, a menos que o queira fazer para dar forma à roseira.

Caso decida podá-las escolha os meses de julho ou agosto, e nunca pode as mini rosas antes estarem plantadas.

Pronto, agora você pode ter muitas outras flores que normalmente se encontram em jardins, dentro da sua casa em vasos bonitinhos, precisa apenas de ter alguns cuidados e muita dedicação.

barcos

portulaca

A onze-horas, é uma planta nativa da América do sul e florífera, cujas flores tem a curiosa característica de florescer todos os dias próximo ao meio dia, por isso o seu nome onze-horas.

Essa flor é conhecida por florescer durante todos os períodos do ano, possuir folhas arredondadas e carnudas e suas flores, comuns em jardins pois essa planta não possui flores de apenas uma cor, mas de uma variação delas e com a sua estatura que pode chegar até 20 cm, faz dela uma planta essencial para colorir a parte inferior de um jardim.

Plantas como as onze-horas, folhas “suculentas” tem grande capacidade de armazenar líquidos e sobreviver a ambientes extremos passando muito tempo sem água ou nutrientes mas se você quer que a sua planta alcance o máximo de beleza possível não é recomendado deixar que ela fique tanto tempo sem água.

Você pode regar a sua onze-horas assim que perceber que a terra está seca mas sem encharcar o solo ou as suas flores para evitar doenças ou proliferação de fungos.

Você pode e até deve cultivá-la em local bem ensolarado, esta planta além de apresentar resistência a dias muito quentes também se desenvolve muito bem neles pois o sol estimula as flores e se abrirem.

Antes de plantar a onze-horas misture ao solo uma boa quantidade de adubo orgânico e depois de plantada, quando a planta começar a florescer adicione de tempos em tempos adubo NPK 5-5-5 (Nitrogênio, Fósforo e Potássio) para que nunca falte as substâncias necessárias para a onze-horas produzir flores cada veis mais atraentes, além de reforçar a fertilidade do solo.

onze-horas

Se pretende plantar onze-horas em vasos, as dicas são semelhantes. Você deve deixar o solo fértil e permeável, ou seja, com boa fluidez de água.

Utilize pedras pequenas ou cacos de telha no fundo do vaso, neste caso não é recomendado usar areia na terra para aumentar a fluidez por ela ser muito salgada para uma planta tão suculenta como a onze-horas.

A onze-horas pode ser propagada por sementes ou por estaquia – a opção mais comum. A dobrada, no entanto, é comercializada somente por sementes. Mudas e sementes podem ser compradas em lojas de flores, centrais de abastecimento (Ceasa), viveiristas e até pela internet.

O plantio deve ser feito durante o verão, em solos férteis, permeáveis e irrigados, apesar de a onze–horas suportar terrenos levemente secos. O ideal é misturar uma parte de terra comum a uma parte de terra vegetal e duas partes de areia. A planta apresenta floração em abundância quando fertilizada.

Como a onze-horas tolera geadas ela pode ser cultivada em todas as regiões do país. Porém, ela precisa receber, pelo menos, quatro horas de sol por dia. O mais indicado é que o plantio da flor seja realizado em áreas abertas, com iluminação direta.

Para o espaçamento no plantio deve-se calcular uma densidade de 25 a 45 mudas de onze-horas por metro quadrado. A adubação recomendada é a básica, com o uso de calcário, fórmula N, P, K 10-10-10 e matéria orgânica.

portulacas

A irrigação no verão devem ser mais frequentes, pelo menos uma vez por dia. No inverno, podem ser mais espaçadas, a cada dois ou três dias. Evite molhar as flores abertas.

O florescimento da onze-horas ocorre principalmente na primavera e no verão, durante os meses mais quentes do ano. As flores abrem e fecham diariamente, mantendo o ambiente colorido durante o período de luminosidade mais intensa.

As sementes começam a germinar por volta de dez a 15 dias do plantio e florescem com cerca de um mês do início do desenvolvimento das plantas. Em geral, as mudas vendidas já apresentam botões e flores, tornando praticamente imediato o florescimento no jardim.

Seguindo as dicas acima você terá uma linda e saudável onze-horas, e não se preocupe com as flores fechando ao anoitecer, elas voltam a florir quando houver sol.

barquinho22

árvore-aljava

O aloé-aljava é uma espécie de aloé arborescente da família Xanthorrhoeaceae. Está presente na natureza apenas numa área árida restrita, que vai do norte da África do Sul até a Namíbia, e se revela uma espécie muito resistente à seca e às variações climáticas, podendo acomodar-se em terrenos rochosos e secos e chegar a mais de 400 anos.

Características
A planta pode atingir os 9 m de altura e 6 de envergadura, crescendo num tronco único, produzindo folhas longas de 20 a 30 cm, carnudas e espinhosas nas  bordas.

No extremo de cada ramo, nascem cachos de folhas suculentas, com a mesma gosma da babosa.

As folhas mais jovens ainda são verdes e guardam a clorofila. Com a idade, elas se colorem, gradativamente, de amarelo, laranja e marrom. Uma aloé-aljava adulta chega a ter mais de 100 cachos e seu desenho simples é emblemático, usado em diversos logotipos e gráficos.

Aloe '

Floresce no inverno até janeiro ou fevereiro, apresentando vistosas flores amarelas que podem ser ingeridas, tendo um gosto que se assemelha ao aspargo. O tronco é revestido por uma película branca que ajuda a repelir os raios solares formando pequenas escamas afiadas e cortantes.

A aloe dichotoma é recoberta por um fino pó esbranquiçado capaz de refletir a luz do sol, servindo assim de refúgio para pequenos pássaros que buscam a segurança da aloe para botar seus ovos.

O nome científico desta planta se denomina dichotoma porque, quando da ramificação, cada broto se divide em dois ao crescer.

Como cresce em regiões extremamente áridas da África meridional, a planta aproveita qualquer fonte de umidade disponível para sua sobrevivência, inclusive o orvalho da madrugada.

O crescimento lento e a sua raridade, fazem desta uma espécie única e especial.

Aljava

Cultivo
A aloe dichotoma multiplica-se por meio de sementes. Para a germinação das sementes semeie sobre a superfície, sem cobrir as sementes com substrato.

Feche a boca do vaso ou recipiente com plástico transparente para manter umidade e temperatura e mantenha úmido e em local aquecido (24 a 28˚C)

Utilize um substrato bem drenado (exemplo: metade areia, perlita ou vermiculita, e metade terra vegetal, húmus ou algum substrato comercial já pronto). Germina em 5 a 15 dias.

O solo pode ser qualquer substrato que tenha boa drenagem é suficiente. Se seu substrato não tiver muita aeração, deve incluir areia, perlita, vermiculita ou turfa.

A irrigação deve ser feita 1 vez por semana. Diminua no inverno, regando apenas 1 vez por mês.

Pode ser plantada em vasos grandes e exteriores, sempre usando vasos com furos para escoar a água excedente e com argila expandida no fundo para ajudar na drenagem.

folhas caindo_1

As hortênsias são flores de exterior muito bonitas e fáceis de cuidar, requerem pouca atenção para estarem bem bonitas e saudáveis. Abaixo uma breve explicação  de como plantar hortênsias a partir de mudas ou estacas. Continue a ler os passos que lhe explicamos e olhe sobretudo para as imagens para ver como se faz.

Procure hortênsias bem bonitas e corte alguns ramos, não devem ter mais de 15 cm. A melhor época para plantar estacas de hortênsias é a primavera e o verão.

mudahortensia

Deixe as estacas num frasco ou jarro com dois dedos de água, durante pelo menos 1 hora.

Corte as folhas ao meio, este é um bom truque para aumentar as possibilidades de a planta sobreviver e reduzir as necessidades de alimentação das folhas em prol da planta.

estacas hortensia

Coloque um filtro de café dentro dos vasos. Isto evitará que a terra saia fora do vaso, para além de permitir que a terra se mantenha úmida.

filtro de café

Misture terra para vasos, adubos e composto. Recomendamos, 1/2 de terra de vaso, 1/4 de adubo e 1/4 de composto. Encha os vasos com esta composição.

Regue a terra que colocou para que fique compacta. É importante que regue as hortênsias um pouco todos os dias, mas não demasiado de maneira a que as raízes não apodreçam.

muda hortensia

Em seguida, ponha as varas de madeira cravadas na terra, estas duas varas devem ser um pouco mais altas que as estacas de hortênsia. Além disso, deve colocar uma bolsa de plástico em cima da planta.

Certifique-se de utilizar uma bolsa suficientemente grande, para que a planta não toque na bolsa. As varas servem para isso mesmo, para evitar que as plantas toquem no plástico e assim produzir um efeito de estufa.

Coloque-as num lugar com sombra onde não recebam luz solar direta. Lembre-se de as regar com frequência.

Passadas 3 semanas as estacas devem ter raízes e estarão prontas para retirar o plástico. Retire a bolsa e deixe-as ao sol no exterior.

ondas