2017 December 29 - PlantaSonya - O seu blog sobre cultivo de plantas e flores
Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Bracatinga-rósea

A bracatinga-rósea é uma arvoreta ramificada de folhas verde-prateadas, nativa da América do Sul – Brasil e Paraguaio e pertence à família Fabaceae.

As folhas são típicas da família das mimosas, assim como na caliandra e na albizia, elas são compostas, com folíolos pequenos.

As inflorescências são terminais e ramificadas, com capítulos de coloração rósea, felpudos devido aos numerosos estames.

A floração da bracatinga ocorre no verão e dá origem a frutos do tipo vagem que amadurecem em de julho a outubro. O crescimento é rápido no primeiro ano após plantio, atingindo 2 a 4 m de altura.

Bracatinga-rósea (Mimosa flocculosa)

Pode ser plantada isolada ou em grupos, formando belos contrastes com outras plantas no jardim, devido à coloração de sua folhagem.

Deve ser cultivada a pleno sol, num solo fértil, enriquecido com matéria orgânica e regas regulares. Adapta-se melhor a solos úmidos, como planta palustre em lagos e córregos, do que em solos drenados, onde sua sobrevivência é baixa.

É uma planta tolerante ao frio e sua multiplicação é feita por sementes.

janelas

Ochna_serrulata-1

A ócna é uma planta arbustiva, de textura lenhosa e florescimento e frutificação ornamentais. Pertence á família Ochnaceae e sua origem é da África do Sul.

Essa planta também é popularmente conhecida por Mickey (parecem com as orelhas do famoso rato da Disney, o Mickey Mouse), principalmente nos Estados Unidos.

Se caracteriza por ser um arbusto de médio porte, que atinge em média uma altura que varia de 1,20 m a 2,40 m. As vezes ocorre das plantas ultrapassarem a altura média, chegando a transformar-se em uma pequena arvore (arvoreta) quando chegam aos 6 m de altura.

O caule da ócna é delgado, apresentando uma casca lisa, que possui coloração castanha e galhos ramificados. Os galhos são cobertos por pontos claros e que apresentam saliências.

As folhas são de formato elíptico a oval, são coriáceas e possuam as suas margens serrilhadas. Quando as folhas são novas elas apresentam uma coloração bronzeada e com o passar do tempo elas passam a ter a coloração verde e brilhante.

flores da Ochna_serrulata

As flores da ócna apresentam coloração amarelada, são delicadas, efêmeras e comumente aparecem na primavera ao longo dos ramos dos galhos da planta. Elas têm a característica de atrair alguns animais, como por exemplo: as abelhas e as borboletas.

Após a primavera, as flores caem, no entanto o cálice persiste, e com o passar do tempo ele se torna vermelho e vistoso, sendo a grande beleza desta planta. Junto ao cálice fica o receptáculo floral, hipertrofiado e de coloração vermelha, com os frutos que se encontram em desenvolvimento. Essa combinação resulta em um conjunto bastante exótico e curioso.

Os frutos da ócna se caracterizam por serem bagas ovoides (ovais), que possuem a cor verde no inicio e depois passam a ter a coloração preta quando estão maduros e são muito atraentes para as aves.

Os frutos se caracterizam por serem bastante brilhantes e por nascerem em suas sépalas, todos encostados. A medida que vão crescendo, os frutos da ócna se torcem para parte de trás e assim ficam afastados um do outro.

O colorido que possuem os frutos concede a planta, um aspecto interessante, bonito e exótico, que chamam a atenção das pessoas durante as semanas em que a planta está no processo de frutificação. As sementes da se espalham pela ação dos pássaros que são atraídos pelos frutos da espécie.

Ócna 4

Cultivo
A ócna é considerada uma planta fácil de ser cultivada. É uma planta típica de clima tropical, no entanto ela se adapta a regiões que apresentam clima subtropical, equatorial e temperado. Ela é uma espécie que deve ser cultivada a pleno sol, ou no máximo a meia sombra.

A ócna não é uma planta exigente quanto ao solo. O solo para cultivo da precisa ser humoso, com boa capacidade de drenagem, e deve ser enriquecido com a aplicação de material orgânico.

É interessante que sejam feitas regas de forma regular. A ócna é um tipo de planta que gosta do calor e da umidade, por isso ela floresce e cresce de uma forma mais apropriada quando cultivada em regiões que estão livres de clima extremamente frio e que não tenha geada. No entanto, ela tem a capacidade de resistir a geadas leves.

Ochna serrulata

Multiplicação da Ócna
A ócna é uma planta que se reproduz de duas formas: através de suas sementes ou por estaquia. Na multiplicação por sementes, estas devem ser colocadas para germinação ainda frescas, sem nenhum tipo de armazenamento.

A germinação das sementes  leva em torno de 06 semanas. A multiplicação por sementes pode ser feita pela ação humana, no entanto quem ajuda bastante a ócna a se multiplicar são os pássaros que se alimentam de seus frutos e acabam espalhando as sementes.

Na multiplicação por estaquia, são formadas estacas com os ramos semi-lenhosos. Esses ramos utilizados na formação das estacas precisam ter folhas e raízes para que quando as estacas forem colocadas em outros locais, elas tenham a capacidade de gerar uma nova planta.

De uma forma geral, as estacas são postas pra enraizar na época da primavera e do verão. Devido a facilidade de propagação da ócna, ela pode acabar se tornando uma planta invasiva.

A ócna que é bastante utilizada no paisagismo, devido as suas características ornamentais. Ela pode ser utilizada de diversas formas no paisagismo e composição de jardins: isolado ou em grupos.

Ócna-2

Quando cultivado em grupos, pode formar renques, pois além de possuir uma bela formação natural. É uma plana apta e tolera podas com o intuito de formação.

Quando a ócna é podada após a época da frutificação, é estimulada para que apresente um aspecto mais denso, o que permite que seja dado o formato desejado a planta.

A ócna é uma espécie excelente para produzir cercas vivas, apresentando grande resistência ao vento. É é uma planta que também pode ser cultivada em vasos.

Esse tipo de cultivo geralmente acontece nos locais de clima temperado, pois nesses locais ela fica exposta ao ar livre nos períodos mais quentes e nos períodos mais frios ela é protegida, sendo cultivada em ambientes interiores.

bebedouro