Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




Colmanara wildcat

A orquídea colmanara faz parte da família Orchidaceae. É uma planta híbrida que  gosta do clima subtropical e as flores só surgem durante o verão. A flor da orquídea colmanara aparece no fim da longa haste, são amareladas com manchas marrons e são muito vistosas. A cor lembra vagamente a pele de alguns felinos.

Muito se falam de plantas, principalmente, as pessoas apaixonadas pela beleza e perfume das espécies, que são várias, mas é bem verdade que sempre tem aquela favorita, como as orquídeas, por exemplo.

A colmanara é um tipo de orquídea, porém, é bem diferente das outras. Para começar o seu tamanho é bem maior do que os outros tipos, então, prepare um vaso bem grande para poder acomodá-la.

Seus pseudobulbos são potentes e ela solta os brotos muito rapidamente. Mesmo que as raízes não sejam profundas, como ela se “move” no vaso, o ideal é que ele tenha pelo menos 20 cm de profundidade e de diâmetro, entre 40 a 50 cm.

colmanara1

Quando a orquídea colmanara estiver no fim  da sua inflorescência, é hora de colocar uma camada de pedra, que pode ser substituída por isopor picado no fundo do vaso. Depois é só fazer um substrato misto, use: pedaços, de carvão, cascas de pinus ou casca de coco.

A parte de trás da planta deve ficar bem próxima à parede do vaso. Esse lado que deve ficar colocado no vaso é aquele em que ficam os pseudobulbos secos, sem folhas e mais velhos e já a parte da frente é onde sairá a haste das flores e os brotos novos.

Pegue a planta com firmeza e na hora de colocá-la no vaso observe a distância de 3 dedos abaixo da borda do vaso, nem mais e nem menos. Termine o substrato e levemente aperte em volta da orquídea plantada, em modo que ela fique bem firme dentro do vaso.

Caso sinta que ela não está muito firme depois que terminou de fazer o transplante, use um pedaço de madeira ou arame para prender o tutor.

Terminada essa fase é só regar bem a plantinha de modo que o substrato fique úmido. Como todos nós sabemos não existe nenhuma flor que goste de terra encharcada, então, cuidado com o excesso de água.

Para terminar use NPK 20 20 20 para borrifar nas folhas, faça isso pelo menos uma vez por semana e quando a haste floral começar a aparecer, não use mais adubo.

colmanara_yy

Dicas para quem quer cultivar uma Colmanara
* Substrato é aquela terra que fica lá no fundo do vaso e que serve para não deixar que a água se acumule. Por isso, é bom que sempre tenha um pouco de areia ou pedrinhas nesta mistura. Não plante nenhuma espécie sem preparar bem o substrato.

* Não se esqueça de fazer aqueles furinhos no fundo do vaso. Sem eles, você corre um sério risco de inundar a terra e acabar com a sua plantinha.

* Dicas de substrato, mistura perfeita: terra com areia, areia pura, terra com composto orgânico e o ideal mesmo é composto orgânico, areia, e terra.

* As orquídeas gostam de casca de pinus, musgo e casca de ovo e não só isso. Veja o que mais pode “incrementar” o substrato da sua orquídea: sabugo de milho, caroço de açaí, toco de cabo de vassoura, casca de arroz carbonizada, osso de boi e castanha-do-pará.

orquídea colmanara

Dicas importantes
1 – No Brasil, a grande parte das orquídeas é epífita, isto é, elas vão crescendo junto à árvore, porém, a boa notícia é que elas não roubam os nutrientes da árvore.

2 – Existem várias espécies de orquídeas e para que elas cresçam bonitas e fortes, dê preferência àquelas que são adequadas a sua região. Observe também que algumas só darão flores uma vez por ano e por isso, valeria apena ter mais de uma, para ter sempre flores em casa ou no jardim.

3 – Irrigação: terra úmida e nada encharcada. Saiba que é mais fácil que uma orquídea morra pelo excesso de água do que pela falta dela. E nada de colocar água no prato embaixo do vaso, isso pode acabar levando ao apodrecimento a raiz da sua planta.

Molhe entre 2 a 3 vezes por semana e espere que a água escorra completamente. Na parte da manhã vaporize água nas folhas.

4 – Luz solar é importante para as orquídeas e o ideal é que elas tomem sol até as 9 e depois das 16. Sem sol a orquídea não irá florescer.

5 – A sua orquídea também precisa ficar em um lugar arejado, ela precisa de ventilação, mas que não seja muito forte.

colmanara

6 – Na hora de adubar dê preferência aos produtos líquidos, os foliares, que podem ser comprados em lojas especializadas e em supermercados.

7 – O cultivo correto ajuda a manter longe as doenças e pragas.  Porém, o excesso de umidade pode fazer com que fungos ataquem e o melhor remédio é prevenir. Podemos dizer que as cochonilhas são os grandes inimigos das orquídeas. Eles conseguem sugar a seiva da planta e isso faz com que ela morra.

8 – Caso tenha várias orquídeas em casa e não quer errar na hora de cuidar delas, é melhor identificá-las com placas. Coloque outras informações também como a floração de cada uma delas. Caso a orquídea não volte a florescer no mesma época, considere um sinal de alerta. Pode ser que a planta esteja com alguma coisa que não esteja favorecendo o crescimento dela. Atenção à luminosidade, a irrigação e a ventilação.

9 – Se queres ficar por dentro de tudo o que diz respeito às orquídeas, visite uma associação de orquidófilos. É um bom lugar para trocas de ideias e aprendizado sobre a espécie de planta que precisa de alguns cuidados especiais. O conhecimento de como tratar uma orquídea pode fazer com que você consiga manter a sua linda por muito e muito tempo.

10 – Observe todas as dicas de cultivo. Lembre-se que é muito importante essa fase para evitar problemas no futuro.

46

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post