Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




O gênero Aucuba inclui algumas espécies, mas apenas uma, A.japonica, se tornou vulgar como planta de interior. Embora ao ar livre as aucubas possam atingir uma altura de 4,50m, nenhuma das várias formas cultivadas em interior excederá os 90cm. As suas folhas opostas, de 10-17,5cm de comprimento e pecíolos de 1,5cm, são ovais, lustrosas e ligeiramente dentadas.
Todas produzem flores roxas, insignificantes no Verão, a que se seguem, em algumas espécies, pequenos grupos de bagas vermelho-vivo. Todas as inúmeras formas da A.japonica apresentam folhas variegadas (as da espécie original são de um verde médio). A forma mais conhecida é provavelmente a A.j.”Variegata”, com as folhas profusamente salpicadas de amarelo-dourado.

Cuidados

Luz – As aucubas de interior requerem luz forte ou sol direto velado.

Temperatura – Estas plantas estão particularmente indicadas para locais frios e sujeitos a correntes de ar; suportam mesmo frio intenso. Não toleram, no entanto, as temperaturas muito acima dos 23ºC. Nas divisões quentes proporcione um elevado grau de humidade.

Rega – Regue abundantemente durante todo o ano com a frequência necessária para manter a mistura bem húmida, mas nunca deixe os vasos em água.

Adubação – Aplique um vulgar adubo líquido uma vez por mês.

Envasamento e reenvasamento – Utilize uma mistura à base de terra. Estas plantas dão-se bem em vasos relativamente pequenos; vasos de 12 a 20cm têm espaço suficiente para as raízes de uma planta bastante grande. As plantas pequenas podem ser mudadas na Primavera para vasos do tamanho acima quando necessário. Uma vez atingido o vaso do tamanho máximo aconselhável, é conveniente proceder à substituição superficial da mistura todas as Primaveras.

Propagação – As estacas de 10-15cm de comprimento enraizarão facilmente na Primavera se forem plantadas em vasos pequenos com uma mistura humedecida de turfa e areia grossa ou perlite. Coloque cada vaso num saco de plástico e mantenha-o à temperatura normal de interior em sol directo velado, não voltando a deitar água até que o aparecimento de novas folhas revele que já se deu o enraizamento. Em seguida, retire o vaso do saco de plástico, regue ligeiramente a nova planta e comece a adubá-la mensalmente com um adubo líquido. Quando a planta tiver atingido 30cm de altura, mude-a para um vaso de 10cm com a mistura indicada para plantas adultas e trate-a como tal.

Observações especiais – Se as plantas se tornarem demasiado grandes, pode-as no inicio da Primavera.

Fonte: http://plantasdeinterior.com


Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post