Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




As Tulipas são plantas que pertencem à família das Liláceas. São originárias da Ásia Central, porém, também se considera a Rússia e França como países de origem. Um país em que as Tulipas são bem difundidas é a Holanda.

São flores bem comuns de encontrar nos jardins de várias casas isso porque são flores bonitas, fáceis de cultivar e com uma elegância bastante particular. Para quem está pensando em cultivar esse tipo de planta a dica é conhecer os diferentes tipos dessa espécie que existem.

Algumas informações interessantes sobre os tipos de Tulipas, poderá ajudar a cultivar essa flor exótica nos jardins.

As Tulipas em geral podem chegar a atingir entre 30 cm e 60 cm, tudo depende do tipo que for escolhida para ser cultivada.

É um vegetal que faz parte da divisão das angiospermas, plantas que produzem florações. Essa planta pode ser encontrada em mais ou menos 100 espécies diferentes, possui uma folhagem bastante longa e ovalada num formato que lembra lanças.

Elas encantam tantas a todos que gostam de flores porque podem ser encontradas em formas e cores variadas. Atualmente, é possível encontrar uma grande variedade de espécimes e também incalculáveis híbridos de cores e tonalidades diversas. Uma curiosidade é que as Tulipas quando manuseadas podem liberar um pó que causa rinites e em casos mais extremos crises alérgicas.

O período de floração das Tulipas é bastante curto e pode ser previsto de acordo com o escalonamento das variedades. Podemos dividir a classificação das Tulipas basicamente em:

Tulipas precoces – Aquele tipo que floresce na Europa no período que vai do final de Fevereiro até o final de Março.

Tulipas semitardias – Aquelas que florescem desde Março até o começo de Abril.

Tulipas tardias – São aquelas que florescem de Abril até o começo de Maio.

Tipos exóticos de tulipas
São muitos os tipos de Tulipas que existem e uma grande variedade de cores que começam no branco, passando por tons de amarelo, laranja e chegando próximos a um tom de vermelho. Dentre tantas espécies de Tulipas existem aquelas que se destacam por suas diferenças e por serem o que podemos identificar de exóticas.

tuafro

Tulipa-africana (Spathodea campanulata)
A Tulipa-africana é uma dessas espécies que podemos considerar como exótica, trata-se de uma tulipeira, ou seja, uma árvore de madeira clara que tem a casca fina. No que se refere à altura, essa planta pode alcançar uns 24 m. Porém, na África, local de origem dessa planta, é possível observar espécimes de até 30 m de altura. O tronco da Tulipa-africana tem em média um diâmetro que fica entre 30 cm e 50 cm. As flores dessa árvore crescem bem rapidamente e é bastante utilizada para a ornamentação. Apesar de todo o seu tamanho a Tulipa-africana precisa de cuidados bem comuns para as demais espécies de Tulipa. Essa planta é tropical, logo não suporta regiões em que o clima seja demasiado frio.

tulipas-negras
Tulipa-negra
Esse é um outro tipo de Tulipa que chama muito a atenção devido as suas características exóticas. A  flor é muito ornamental, solitária, formada por seis pétalas, uma haste reta que pode atingir de 30 a 60 cm de altura e folhas alongadas. É chamada “a rainha da noite”.

Apesar do nome ela não é verdadeiramente negra, apenas possui uma tonalidade um pouco mais escura.

Necessidades das Tulipas
As espécies de Tulipas não são muito exigentes, mas com alguns pequenos cuidados podem ter um desenvolvimento bem mais saudável. Uma boa dica é contar com um solo solto e bastante rico em matéria orgânica

É um tipo de planta que suporta bem o frio e que precisa passar por um período de temperaturas mais baixas durante o inverno para conseguir florescer com qualidade. Se a região em que estão sendo cultivadas tem um inverno quente pode causar alguns problemas na floração da Tulipa.

O cultivo das Tulipas
Os melhores tipos de locais para plantar Tulipas são em lugares úmidos, pois assim o solo rico em nutrientes ajuda a planta a encontrar o que precisa para crescer e florescer. É sempre positivo utilizar adubos orgânicos periodicamente nas suas Tulipas.

A rega dessa planta deve acontecer conforme for necessário. Uma dica para saber quando é necessário regar novamente é verificar se o solo da planta se encontra úmido. Regue novamente somente quando ele estiver completamente seco, pois de outra forma você arrisca encharcar a planta.

A iluminação é um fator absolutamente essencial para que a Tulipa possa se desenvolver. Em regiões muito secas e quentes é interessante que elas permaneçam a meia sombra.

Uma questão bem importante também é a limpeza das Tulipas, ou seja, a remoção das folhas mortas da planta. Tenha sempre um dia na sua rotina para fazer essa limpeza, pois, se você deixar as folhas mortas na planta poderá prejudicá-la.

tumblr_lv6rwiRaZp1qcay1ao1_500

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post