Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




(Columneia microphylla)2

A Columéia é uma planta da família Gesneriaceae e tem a sua origem na Costa Rica. Popularmente ela é conhecida como Planta-batom.

É uma planta herbácea e possui folhas pequeninas que são ovais e variegadas. Seus ramos são flexíveis, pendentes e pode chegar a atingir cerca de 1,50 m de comprimento.

O tom das folhas é um verde-acinzentado com um toque de creme. Possui flores tubulares de um belo tom de laranja e costumam receber a visita de borboletas e beija-flores. O florescimento da Columéia acontece durante toda a primavera e dura até o final do verão, mas tudo depende da região em que ela está sendo cultivada. O cultivo pode ser feito no país como um todo, porém, como se trata de uma planta sensível a baixas temperaturas precisa de mais cuidados no sul. É importante proteger a Columéia de ventos e também do frio que se instala no inverno.

O cultivo da Columéia pode ser feito até em vasos de plástico desde que esses contenham substrato previamente enriquecido com material orgânico. Ainda é possível fazer o cultivo em vasos de fibra de coco. Quem desejar pode usar esses vasos como pendentes ou mesmo para criar ornamentos nas paredes. Uma dica bem útil é colocar no fundo do vaso um pedaço de manta geotêxtil isso porque os pedriscos podem aumentar o peso do vaso como um todo. Para esse cultivo a dica é colocar um substrato orgânico e acrescentar uma colher de sopa de adubo granulado NPK na formulação 10-10-10, tudo deve ser bem misturado. O passo seguinte é fazer o acomodamento do torrão da muda e em seguida adicionar uma mistura nas laterais. Regue bem.

(Columneia microphylla)
Adubação
Para garantir a saúde da Columéia o mais indicado é que se faça duas adubações de reposição de nutrientes. Uma deve ser feita no inverno e a outra no verão momentos em que a planta fica mais fragilizada. Essa adubação deverá ser feita colocando uma colher de sopa de adubo numa garrafa PET de 2 litros. Adicione ainda água e sacuda de forma que tudo fique bem misturado e o adubo dissolvido. Depois deverá ser colocado um copo dessa mistura líquida no substrato do vaso da Columéia. O que sobrar do adubo deverá ser usado para regar outras plantas de vaso. Um dia antes de fazer a adubação da planta é importante regar o seu substrato. Será formado um tipo de bulbo úmido no entorno das raízes e assim quando você colocar o adubo será mais fácil para ele se juntar as raízes. Isso faz com que a planta absorva mais rapidamente o adubo. É também uma medida que ajuda a evitar o aparecimento de uma mancha acinzentada no topo do substrato da Columéia. Quando essa mancha aparece é um sinal de que a planta foi adubada sem uma umidade prévia.

Como fazer mudas da Columéia
Para fazer mudas de Columéia alguns passos devem ser seguidos. A seguir os detalhes de como deverá ser feito.
A primeira coisa a se fazer é cortar pedaços pequenos dos seus talos para fazer as mudas. Em seguida limpe as folhas de base e tome cuidado para não acabar rompendo as gemas. O passo seguinte é enterrar esses talos num substrato que seja poroso, ele pode ser composto de perlita, casca de arroz carbonizada, areia de construção ou mesmo vermiculita. O cultivo deve ser protegido e não deve ser esquecido a manutenção da umidade.

Para ajudar, pode ser usado um saco plástico transparente sobre o recipiente, isso vai evitar que haja a perda de água por evaporação. Assim que for percebido que já existe a emissão de novos talos na sua planta, transporte a mesma para um substrato que deve ser parecido com aquele indicado para o plantio. No caso de um vaso maior pode ser colocado entre 5 e 10 mudas. A dica para as mudas é que sejam cultivadas em vasos que tenham a boca mais larga do que os convencionais, pois isso irá ajudar a fazer com que a planta ganhe um efeito bem interessante de cascata.

(Columneia microphylla)1
O uso no paisagismo
Essa é uma planta pendente que é bastante utilizada no paisagismo devido ao seu sucesso. Conta com largos fios de folhas que dão um efeito bem legal para corredores e locais em que se deseje criar uma ilusão visual de que é mais amplo. As flores da Columéia contribuem para o belo visual da planta tornando-a perfeita para ser usada no paisagismo. O resultado fica ótimo e vai bem em diversos tipos de jardim.

Dicas sobre o cultivo em vasos
A seguir algumas dicas de como cultivar plantas em vasos, isso porque grande parte dos casos de morte prematura das flores e de não florescimento acontece porque os jardineiros de primeira viagem cometem pequenos erros.
- Evite misturar espécies de flores, essa mistura funciona bem somente as espécies de flores do campo;
- Não se deve encher o vaso até a sua borda, a água deve ser colocada até cerca de metade do vaso;
- A água dos vasos deve ser trocada todos os dias;
- Se perceber que tem folhas do caule que estão dentro da água retire-os;
- Quem está cultivando rosas deverá dar uma amassadinha na ponta do talo antes de colocá-las na água;
- As flores que possuem talo grosso como a gérbera, por exemplo, tem uma vida maior, pois demoram para murchar, porém, você deverá colocar o seu talo dentro da água;
- Uma dica para quem enfrenta o problema de sair água é tampar o talo com a ajuda de algodão;
- Se você deseja que as suas flores durem mais tempo deve usar conservantes em pó que são adequados para essa finalidade. Você encontra esse tipo de produto nas lojas de produtos para fazer arranjos florais;
- Quando precisar fazer arranjos de flores opte por comprar flores frescas que tenham os botões firmes e que estejam um pouco fechados.

fantasia-878

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post