Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




MammillariaElongata2

Cactácea florífera e muito popular, nativa de áreas rochosas, da região central do México.

É um cacto de pequeno porte, que chegam a 30 cm de largura por 15 cm de altura, muito procurado por colecionadores.

A planta é desprovida de folhas, e se caracteriza por ramos alongados, verdes, cilíndricos, suculentos, semelhantes a dedos e recobertos por espinhos.

Os ramos formam grupos densos, podem ser retos ou recurvados, e de diversas cores, como branco, amarelo, creme, castanho, marrom e vermelho. A cor dos espinhos tem importância primordial na cor geral da planta, pois eles cobrem grande parte da superfície dos ramos e surgem em grupos radiais, formando pequenas estrelas.

As flores surgem na primavera, dispostas em circunferência no topo dos ramos. Elas podem ser brancas, amarelas ou róseas. Os frutos que se seguem são bagas vermelhas, globosas e contém numerosas sementes.

No cultivo em vasos, estes podem o de plástico usado na produção da planta ou de cerâmica.

O substrato usado deverá ser uma mistura de húmus de minhoca, areia com granulometria grosseira e adubo animal de curral bem curtido, na proporção de 3:2: 1/2 .

Caso seja usado em ambientes internos, usar somente adubo NPK na formulação10-10-10, usando uma colherinha das de chá da medida que acompanha o granulado para um vasinho de tamanho médio. Misturar bem tudo.

Forrar o fundo do vaso com um pedaço de geomanta e colocar areia úmida.

Depois o substrato, acondicionar o torrão da muda e completar com o restante do substrato regando bem.

Como regar os cactos
- As regas dos cactos devem ser abundantes e muito espaçadas;
-
Evitar molhar a planta, colocar somente no substrato.;
- No inverno, deixar a água a utilizar repousar para ficar na mesma temperatura do ambiente onde está a planta, evitando causar um choque térmico;
- Água sobre o corpo dos cactos costuma ocasionar manchas acastanhadas, sintoma de necrose dos tecidos.

Como repor adubo no Cacto Dedo-de-dama
-
A adubação de reposição poderá ser feita com adubo NPK granulado na formulação , 4-14-8, no inverno;
- Dissolver 1 colher de sopa em água, regar o substrato que deverá estar úmido de rega no dia anterior;
- A rega antecipada com água propicia a formação de um bulbo úmido ao redor das raízes;
- Assim, quando no dia seguinte o adubo dissolvido penetrará mais facilmente no substrato, alcançando as raízes das plantas.
- Fertilize também na primavera ou verão, com adubos químicos ou orgânicos.

Multiplicação do Cacto Dedo-de-moça por sementes
Os cactos se multiplicam facilmente por sementes.
- Use sementeira comercial ou qualquer recipiente descartável;
- Peneire o substrato, que deverá ser húmus de minhoca e casca de arroz carbonizada.
- Caso não disponha desta última, substitua por areia de construção. Alisar a superfície e semear;
- Peneire o substrato seco para cobrir em camada bem fina. Depois regar com jato bem fino;
- Cubra com plástico e mantenha em cultivo protegido longe do sol. Após a emergência descubra a sementeira e mantenha certa umidade no substrato;
- O transplante ocorrerá quando puder manusear a plantinha;
- Plante em vasos coletivos ou individuais proporcionais ao tamanho da planta. O substrato deverá ser o mesmo indicado para o plantio.
- A multiplicação também pode ser feita muito mais facilmente por separação dos ramos. Coloque os ramos para cicatrizar à sombra, por pelo menos 24 horas antes do plantio.

No paisagismo:
Este cacto pode ser plantado isolado ou formando conjuntos com outros cactos e suculentas. Apesar de ser mais comum seu cultivo em vasos, também pode ser apreciado no jardim, em canteiros pedregosos, com inspiração desértica e em jardins modernos e contemporâneos, que valorizem a textura e forma curiosa da planta. Presta-se também como forração, mas não tolera pisoteio.

Esta espécie de cacto também tem grande efeito decorativo, ideal para adornar interiores, sobre aparadores ou mesinhas, que sejam iluminadas pelo sol por pelo menos algumas horas do dia. Escolha vasos e cachepôs bonitos, de cerâmica, resina ou metal, rasos e com boca larga para valorizá-los.

É possível fazer uma coleção destas plantas num peitoril de janela ou num balcão, onde terão luz natural para se desenvolver.

Ambientes com ar condicionado não são problema, pois os cactos apreciam ar seco.
Não se esquecer de regar, no entanto, senão começam a murchar.

Pessoas que residem em apartamentos com sacada poderão fazer cultivo em condomínio, isto é, plantar uma coleção de pequenos cactos em um vaso baixo de boca larga.

Por ser bastante tolerante à seca, é ideal para terraços e sacadas expostas, assim como salas e quartos com ar condicionado.

Seu cultivo deve ser sob pleno sol ou meia sombra, em solo arenoso, perfeitamente drenável, enriquecido com matéria orgânica e irrigado abundantemente, mas a intervalos bem espaçados.

Não resiste ao encharcamento, que provoca o rápido apodrecimento da planta. Reduza as regas no inverno, para que possa resistir ao frio intenso.

jjo5f9

Obrigada pela sua visita. Se você tem sugestões ou dicas sobre o assunto, coloque aí nos comentários, eles podem acabar virando temas para novos posts.

OBS: Este site não trabalha com vendas de plantas,sementes e afins, apenas são postados artigos com informações sobre como cultivar as plantas. Você pode adquirir sua planta desejada em qualquer bom Garden Center de sua região.



Comente sobre o post