2018 February 09 - PlantaSonya - O seu blog sobre cultivo de plantas e flores
Subscribe to PlantaSonya Subscribe to PlantaSonya's comments




vitória-régia

A variedade de plantas na natureza é praticamente incontável. Encontramos plantas de todas as formas, cores, reprodução e para facilitar as pesquisas e estudos para aprofundamento e conhecimento da espécie, biólogos e cientistas resolveram dividir todas essas espécies de seres em categorias.

Claro que isso acontece com praticamente tudo na vida, sabemos que existem os animais domésticos, selvagens, aquáticos, etc. Isso é comum para melhor identificarmos as espécies e automaticamente associarmos à qual tipo de ser estamos tratando

Com as plantas acontece o mesmo e as categorias que estas estão divididas são quase as mesmas de todos os seres vivos. Aqui vamos saber um pouco sobre plantas que vivem, nascem ou se reproduzem na água.

Todos nós sabemos muito bem que todas as plantas precisam de água para sobreviver e florescerem, porém algumas só se reproduzem e nascem mesmo em rios, mares ou até simples aquários que temos em casa.

O que acha então de conhecer um pouco mais sobre esse tipo de planta, como elas nascem, reproduzem e conhecer alguns tipos? Com certeza você vai descobrir de repente, alguma planta que goste e se identifique para cultivar em casa.

flor-de-lotus

O que são flores aquáticas
Esse tipo de planta é chamado por pesquisadores e biólogos como Macrófitas aquáticas, devido os seus tamanhos, já que a maioria das plantas aquática é grande.
Macrófita = Macro-grande – Fita-panta

A maioria dessas plantas não são originalmente aquáticas porém as espécies se evoluem e desenvolvem-se em ambientes aquáticos e passam a sobreviver apenas em rios, lados, mares ou qualquer local com espaço e condições suficiente para isso. Como a maioria é originada de vegetais terrestres, a maioria das flores aquáticas apresentam características desse tipo também.

A importância das flores aquáticas
Esse tipo de planta é uma das que apresentam maior importância para o funcionamento perfeito do ecossistema ao qual elas desenvolvem-se. Isso acontece porque, como falamos mais acima, elas tem características muito semelhantes aos vegetais terrestres e acaba tornando-se uma ligação entre o sistema aquático e o terrestre o qual essas plantas se desenvolvem.

Elas são produtores primários na cadeia alimentar representando o papel base em ambientes aquáticos, pois são alimentos de peixes ou qualquer outro organismo aquático como aves e animais.

plaant aquática

Liberam ainda sedimentos com componentes de nutrientes importantes para os locais que são usados como habitat, assim como retém os sedimentos impróprios para as águas. Ajudam no controle da luz principalmente para espécies que não sobrevivem sob a ação direta de raios solares.

São excelentes abrigos de peixes recém-nascidos e alguns pequenos animais marinhos, entre diversas outras funções.

passaro

água-energia

A água é essencial para a vida da planta. Para sobreviver, necessitam H2O, bem como de nutrientes, que são absorvidos por raízes a partir do solo.

Confira as dicas
As plantas são compostas de 90 por cento de água, transportada em toda a estrutura quase de maneira contínua para manter os processos vitais de trabalho.

Sistema de raiz
Raízes absorvem água do solo, o qual é então transportado através da planta. Muita quantidade fica absorvida através dos pelos radiculares, que são pequenas radículas quê penetram no solo em torno das raízes e aumentar a área das suas superfícies.

A água é solvente que se move minerais do solo para cima através da planta. Como terra seca o crescimento da raiz diminui, ao passo que no caso do excesso elas podem se afogar.

agua-plantas

Fotossíntese: Necessidade de água
A água é usada para os processos químicos e bioquímicos apoiando o metabolismo, que utiliza a luz solar para dividir o conteúdo em hidrogênio e oxigênio. O primeiro em seguida, usa o dióxido de carbono no ar para produzir açúcar. O segundo fica descartado para a atmosfera como vapor de água.

As plantas usam oxigênio para queimar açúcar e produzir energia para os processos da vida. O único propósito de folhas é coletar a luz e fazer açúcar. Folhas obtém água a partir das raízes, o ar entra nos pequenos orifícios chamados de estomas.

O processo abre os estômatos, mas também faz com que a planta perca água por evaporação. Se fechar os buracos para conservar a fotossíntese, H2O e produção de açúcar são interrompidas.

crescimento

Crescimento e divisão celular
Na divisão celular e expansão das células acontece o crescimento das plantas. Células crescem tomando na água. A divisão celular cria unidades adicionais. Se o H2O é limitado durante o período de crescimento acontece diminuição da célula, o que leva a menos folhas e menores de tamanho de frutas, caules mais espessos e um sistema de raiz considerado pequeno.

A falta de água resulta em plantas menores e fracas. A frutificação tem tempo crítico após o florescimento, quando o fruto começa a crescer. Frutas, brotos e folhas novas requerem muita quantidade de H20 e quase todo o açúcar produzidos por folhas.

A escassez minimiza o crescimento de novos rebentos e folhas, o que significa menos de açúcar disponível para o desenvolvimento dos frutos. A evolução do sistema radicular fica lenta por isso pode ser necessária ao uso de irrigação para manter as raízes úmidas.

Plantas bem irrigadas mantêm a forma devido à forma interna da água nas células, denominada pressão de turgescência. Quando há insuficiência de água, o nível cai e faz com que a planta murche. Esta pressão também é essencial para a expansão de células.

Estresse de água nas plantas
A água regula a abertura e fechamento dos estômatos, que por sua vez regulam a transpiração e fotossíntese. Com pouca quantidade acontece redução da quantidade perdida por transpiração. Isso faz com que a fotossíntese reduz o dióxido de carbono necessário que entra na planta através dos estômatos.

água

A importância da água às plantas
*
A água ajuda na germinação de sementes e no processo da fotossíntese, através da qual as plantas preparam os alimentos;

* Assistência no transporte de nutrientes e minerais do solo para as plantas;

* Manutenção da estrutura da planta, proporcionando a pressão adequada para os tecidos;

* Água fornece o habitat, na forma de lagos, rios, lagos e no mar por um grande número de plantas.

A água é essencial para a cultura de plantas. É necessária para a transferência de alimentos, produção de vitaminas e nutrientes à folhagem saudável. Embora a quantidade requerida por determinada espécie varie a completa ausência da substância prejudica o crescimento causa a morte precoce.

No nível microscópico, as plantas crescem quando as células nos tecidos estão divididas. Sem quantidades adequadas de água, este processo produz novas células pequenas e fracas.

Os caules e folhas de plantas necessitam de água para permanecerem firmes e rígidas. Caules e folhas murcham quando se tornam secos. As plantas usam a luz solar e água para produzir alimentos.

agua2_22

Em termos gerais, plantas produzem o próprio alimento, utilizando a energia solar para gerar açúcares nutritivos. Sem o hidrogênio encontrado em água, estes açúcares não podem ser formados.

As vitaminas e os sais minerais necessários para o crescimento saudável das plantas não pode ser absorvidos a partir do solo, a menos que se dissolvem na água.

A água é fundamental para toda a vida. Até mesmo as planta resistentes do deserto possuem o mínimo de H2O. Se o solo de uma planta tem muita água, as raízes podem apodrecer e a espécie não recebe oxigênio suficiente da terra.

Caso não existe o suficiente para o vegetal, os nutrientes não podem viajar. Uma planta não cresce se não tem raízes saudáveis, de modo que o equilíbrio adequado é fundamental no cultivo.

Existem algumas coisas simples que podem ser feitas fazer para verificar a quantidade de água no solo e assegurar que não há entrada de incorreta na planta. Uma das maneiras mais rápidas colocar o dedo no solo. Se sentir que não está úmido, existe carência de H2O o suficiente, se é seco, então a água necessita de maior nível.

Se o vaso se sente mais leve do que o normal, ou o solo fica afastando dos lados dos potes, então existe maior necessidade de água.

rega

Nutrientes são retirados do solo e usados pela planta. Sem água suficiente nas células, a planta não fica de pé. Carrega o açúcar dissolvido em nutrientes. Assim, sem o equilíbrio adequado, ela não apenas está desnutrida, mas também é fisicamente fraca e não pode suportar o próprio peso.

Diferentes tipos de plantas requerem quantidades de água distintas. Com vegetais ao ar livre, não pode controlar as plantas recebendo muita água se a área recebe grande quantidade de chuva.

A água que entra na planta utiliza sistema radicular. Em seguida se desloca através da haste para as folhas, flores ou frutos. A água se desloca através de vasos do xilema, que são como capilares, que movem o H2O para as diferentes partes.

chuva-4

Aquilegia vulgaris_1

Diante uma quantidade incontável de flores que existem, podemos encontrar a linda aquilégia, também conhecida como luvas-de-nossa-senhora é uma flor com uma harmonia de cores e composição de seu formato incrível e de tamanhos variados.

Principais características
Da família das Ranunculaceae, essa planta é de origem Europeia e Asiática e pode chegar até 1,20 m de comprimento e são flores solitárias podendo ocorrer casos de cachos com poucas flores.

A aquilégia é constituída de flores perenes com aspecto muito gracioso e delicado. Essa flor começa a desabrochar na primavera principalmente ou em regiões de clima mediterrâneo, subtropical, temperado e tropical.

Quanto a terrenos, elas adaptam-se fáceis a todos os tipos de solo desde que seja bem arenoso e bem drenado também já que elas precisam ser regadas constantemente.

Caso se interesse em plantar esse tipo de flor, opte pelo mês de julho e por sementeiras que elas com certeza florescerão mais rápido. Apesar de algumas variedades de cores, a roxa com branca é a mais comum entre essas flores.

Aquilegia vulgaris

Fazendo brotar a aquilégia
Essa flor apresenta duas características bem contraditórias quando o assunto é plantação das mesmas. Elas são flores que se adaptam facilmente em um terreno como falamos mais acima, desde que ele esteja bem drenado e seja bem arenoso.

Ao mesmo tempo, apesar do seu nome vulgaris que no latim significa “vulgar” ou “expansiva”, essas flores não são comumente encontradas em todas as regiões, como elas são plantas ornamentais, raramente você irá encontrar dezenas de canteiros da aquilégia, apenas poucos ramos decorativos ou em ocasiões especiais.

A semente dessa planta não é cara e você pode encontrar por 5 reais apenas o pacote com 10 sementes da flor. Assim como acontecem com todas as plantas, para serem germinadas corretamente você precisa realizar o processo todo sem pular ou substituir fases ou componentes.

Caso contrário sua flor irá germinar, porém isso não acontecerá tão rapidamente e talvez a flor não desabroche tão bem. Para germinar uma semente de Aquilégia, você precisa fazer um processo de estratificação a frio. Antes de saber como fazer esse processo, vamos entender melhor o que significa fazer uma estratificação.

Como a aquilégia desenvolvem-se em climas específicos, você vai “enganar” as suas sementes para que elas sintam que passaram por um período determinado e germinem mais corretamente.

Por exemplo, uma muda de planta que só germina após o inverno, você usando a estratificação de deixando as sementes algumas poucas semanas na geladeira, elas sentirão que tenha passado o inverno e germinarão melhor.

No caso da aquilégia você não precisará deixar tanto tempo assim, mas o processo existe com a mesma finalidade. Agora que você já sabe o que é estratificação, você fará esse processo com suas sementes tranquilamente pois é bem simples e fácil.

Aquilegia_vulgaris_2

Em um substrato ou até mesmo envoltas com papel toalha umedecido, você deixará suas sementes por 1 semana contadas na geladeira em temperatura habitual. Após o período de estratificação, você precisa apenas semear as sementes de aquilégia sobre a superfície escolhida para a plantação e cobrir com uma pequena camada e somente em algumas áreas da semente, pois ela precisa de luz para germinar perfeitamente.

Além desse processo, atente-se para os seguintes fatores de cultivo:
* Umidade do solo entre média e alta.
* Luz a meia sombra
* Temperatura de 10 a 30º C
* Irrigação regular
* Climas mais amenos para desenvolver-se mais rapidamente, mas a planta desenvolve bem em qualquer clima citado nas características.
* Pode ser plantada em vasos ou no solo, sendo esse último em terrenos que retenham água, tenha uma boa drenagem e seja bem fértil. O tempo para germinação da aquilégia é de 14 a 30 dias.

Uso medicinal
Além de uma linda flor, a aquilégia vulgaris pode ser usada como medicamento natural. Suas propriedades de adstringentes são conhecidas e você pode comprar cremes já fabricados ou fazer sua própria mistura em casa, que vamos ensinar mais abaixo.

Esse creme é indicado para pessoas com pele oleosa, pode ser usado também em caso de calvície, queda de cabelo, estomatites, desinfetar gengivas inflamadas, lavar ulcerações entre outras. O medicamento é todo feito com a raiz, portanto atente-se com a forma de preparo além de nunca deixar de limpar a raiz bastante para evitar resíduos que possam causar algum tipo de problema.

AQUILEGIA_VULGARIS_-_GUIXERS

A ingestão do suco dessa planta só deve ser feito com consulta médica, pois como ele é usado em caso de doenças no fígado e cólicas, algumas pessoas podem apresentar algumas restrições.

Para tratamento na pele, lavagem de cabelos, deve-se preparar uma espécie de chá com 5 gramas de raiz da aquilégia com 1 litro de água. Deixar a água ferver junto com a raiz da planta e então desligar o fogo e deixar por 10 minutos. Após esse tempo, você terá que filtrar cuidadosamente para retirar toda a raiz para somente assim fazer os gargarejos, bochechos ou lavagens e aplicações na pele.

Evite guardar essa mistura para usar depois em uma próxima aplicação, faça apenas a quantidade necessária para usar uma vez. A marca Polla Rennon fabrica um adstringente maravilhoso feito a base da raiz de aquilégia e que você pode comprar pela internet com toda a segurança.

flor-chuva